Cuiabá, Domingo 23/09/2018

Celebridades - A | + A

27.12.2016 | 09h42

Saiba quais foram as séries mais pirateadas em 2016

Facebook Print google plus

Pelo quinto ano consecutivo o "Game de Thrones" levou uma coroa que não deixa os produtores da série muito felizes: venceu novamente como a série mais pirateada de 2016.

Segundo o site Bit Torrent, que realiza levamento sobre séries pirateadas, a superprodução da HBO foi novamente a série de TV mais assistida ilegalmente no mundo.

Na vice-liderança surge "The Walking Dead", como sempre.

Em terceiro lugar veio mais uma produção grandiosa da HBO, a novata "WestWord", que vai ganhar segunda temporada só em 2018.

As tramas com heróis como "Flash" e "Arrow" também tiveram muitos downloads piratas e aparecem bem posicionadas no ranking das piratas.

Isso não significa necessariamente que não há crescimento na pirataria. Mas houve um aumento da procura de piratas por vídeos em alta qualidade, com melhor resolução.

Confira o ranking das série mais pirateadas em 2016:

Game of Thrones
The Walking Dead
Westworld
The Flash
Arrow
The Big Bang Theory
Vikings
Lucifer
Suits
The Grand Tour

 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Que importância tem o candidato a vice?

Parcial

Edição digital

Domingo, 23/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26.000 -1.140

Algodão R$ 121.140 0.520

Boi a Vista R$ 128.330 -0.210

Soja Disponível R$ 73.500 0.000

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.