Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Política de MT - A | + A

17.05.2018 | 11h20

Pedro Taques questiona acusações contra primo e ex-chefe da Casa Civil

Facebook Print google plus
Rodinei Crescêncio

O governador Pedro Taques (PSDB) evitou comentar a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), contra o seu primo e ex-secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, 7 deputados estaduais e mais 50 pessoas, por conta das investigações oriundas das Operações Bereré e Bônus, por fraudes de aproximadamente R$ 30 milhões em contratos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

Porém, questionou possíveis fatos que levaram seu ex-secretário a ser denunciado. "Eu não tenho a denúncia e não a li. Mas qual fato, ação ou conduta foi praticada pelo Paulo [Taques]? Qual gestão ele fez? Ligou para alguém? Falou com alguém?", indagou o governador.

Taques disse em entrevista ao Gazeta Digital que pretende ler o processo e classificou a denúncia do MP como o "início". Ressalta que qualquer pessoa só é condenada ou absolvida pela justiça "depois do devido processo legal".

O governador também voltou o desafiar os adversários a mostrarem qual ato o seu governo teria cometido ou deixado de praticar no caso do Detran. "Veja todos os atos relacionados no decreto de intervenção, atos praticados desde o início do meu governo".

Chico Ferreira

Questionado sobre quem estaria tentando manchar o nome de sua família com a prisão dos seus 2 primos - Paulo Taques e Pedro Zamar, o governador disse que no "momento certo será revelador".

Paulo Taques e o irmão Pedro Zamar, foram presos no dia 9 de maio, durante a operação Bônus, 2ª fase da Bereré.

O ex-secretário-chefe da Casa Civil é acusado de ter recebido R$ 2,4 milhões para continuar o contrato com a EIG Mercados na gestão Pedro Taques. Seu irmão seria o elo com o executivo José Kobori, que na época era diretor da EIG e apontado como responsável pelo esquema. Paulo Taques, Pedro Zamar e José Kobori negam as acusações. 

Voltar Imprimir

Comentários

jose antonio silva - 17/05/2018

SERÁ QUE ESSE GOVERNADOR IDIOTA ACHA QUE ENGANA ALGUÉM? ESSES DECRETOS FORAM EDITADOS JUSTAMENTE PARA RESPALDAR AS FALCATRUAS E NÃO PARA EVITÁ-LAS! É SEU ÀLIBI, MAIS FURADO QUE PENEIRA DE GARIMPO!

1 comentários

1 de 1

GD

GD

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,25 -3,13%

Algodão R$ 93,55 -1,51%

Boi a Vista R$ 136,32 -0,26%

Soja Disponível R$ 67,60 -0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.