Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Política de MT - A | + A

15.05.2018 | 13h30

Leitão busca aliança com DEM, mas Jayme Campos quer disputa majoritária

Facebook Print google plus

O deputado federal e pré-candidato a senador Nilson Leitão (PSDB) manifestou o interesse em fazer uma aliança entre seu partido e o Democratas (DEM) para as eleições gerais deste ano, em que o governador Pedro Taques (PSDB) tenta a reeleição. “É uma luta diária para estarmos juntos tanto na nacional, quanto na estadual [...] A nossa relação com o Jayme [Campos], com o Dilmar [Dal Bosco], com o Júlio Campos é sempre muito amistosa, muito respeitosa. O desejo nosso é estar juntos”, disse o parlamentar.

Chico Ferreira

Nilson Leitão e Jayme Campos

Após a declaração do tucano, o ex-senador Jayme Campos,  possível candidato do DEM ao governo ou ao senado, agradeceu a manifestação de interesse por aliança com os democratas, mas lembrou que o projeto do partido “até que se prove o contrário” é disputar a chapa majoritária, ou seja, contra o governador Pedro Taques.

“Em política tudo é possível, no entanto, o partido tem um projeto hoje, até que se prove o contrário, de ter candidatura própria, mas não se descarta também nenhuma coligação partidária”, ponderou.

“O que é mais importante é que as portas estão abertas. Esse é o fundamento da política: quando você tem bom relacionamento com os partidos, com as lideranças políticas e, sobretudo, com a sociedade. Isso se faz na prática”, afirmou Jayme.

Ele lembrou que o PSDB e o DEM sempre foram parceiros, tanto nacional quanto regionalmente, e que por isso não vê nenhuma dificuldade de ambos caminharem juntos no futuro. “Isso faz parte da democracia e, acima de tudo, numa prática em que possamos discutir bons projetos, boas teses em relação às eleições de 2018”, disse.

Nos últimos meses, desde que o DEM sinalizou que pretende ter candidatura própria ao governo do Estado, seus líderes passaram a disparar críticas à gestão do governador Pedro Taques, que passou a rebater os comentários, algumas vezes de forma irônica, como quando aconselhava os opositores a ler a Bíblia.

O argumento do DEM para se afastar do atual governo é que o partido possui nomes suficientes para sustentar uma chapa a governo e Senado, cujos principais cotados são o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes e o próprio Jayme Campos.  

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 -1,74%

Algodão R$ 117,24 -0,22%

Boi a Vista R$ 135,50 0,13%

Soja Disponível R$ 70,50 0,86%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.