Cuiabá, Domingo 21/10/2018

Política de MT - A | + A

17.01.2018 | 07h00

Assembleia Legislativa será posto de cadastramento biométrico até maio

Facebook Print google plus

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso será posto de cadastramento biométrico de eleitores até o dia 9 de maio, podendo ser prorrogado se necessário. O termo de cooperação entre o Poder Legislativo e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT) foi assinado na tarde desta terça-feira (16) pelo presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (PSB) e o vice-presidente do TRE, desembargador Pedro Sakamoto.

Reprodução

A equipe técnica já prepara o saguão do Teatro Zulmira Canavarros para a instalação de 10 guichês para o atendimento ao público. Nos últimos dias, a procura pelo serviço intensificou e superlotou os postos de coleta do TRE. Outros novos locais deverão ser anunciados nos próximos dias.

Conforme o termo, a cooperação vai agregar maior agilidade, segurança e robustez ao processo eleitoral, em especial na coleta de dados biométricos na Capital, que servirá de base para a Identificação Civil Nacional (ICN). “Agradeço a colaboração inestimável da Assembleia Legislativa por ceder o espaço para podermos ampliar o atendimento na Capital.

A pretensão é que na semana que vem comece o trabalho de biometria, com a expectativa de atender 350 eleitores por dia, para que ao final sejam 128 mil eleitores somente aqui na Assembleia Legislativa”, afirmou Sakamoto, ao destacar que o eleitor ainda poderá fazer a biometria após o processo eleitoral, contudo, alerta que paralelamente está sendo feita a revisão eleitoral, processo que pode cancelar o título do eleitor que não se recadastrar.

Botelho destacou a importância do movimento democrático, que dará mais segurança nas eleições, além de servir, futuramente, para o documento único do cidadão. “Então, estamos ajudando a população a efetuar a biometria. Vamos disponibilizar 10 guichês e atender o maior número de pessoas possível, dando tranquilidade aqueles que ainda não se cadastraram”, afirmou Botelho, ao destacar a agilidade da equipe técnica. “Falamos ontem sobre a possibilidade da parceria e hoje já assinamos o termo”.

Agora, inicia o processo de montagem dos guichês e treinamento da equipe para o atendimento na ALMT. Enquanto isso, além da sede do TRE, a população pode obter o serviço nos shoppings Goiabeiras e Três Américas. “Nossa meta é a de atingir 100% de Mato Grosso até 2022, sendo 80% do eleitorado”, esclareceu o diretor-geral do TRE, Nilson Fernando gomes Bezerra.

Em Mato Grosso, a biometria começou em 2010. Em Campo Verde e Rondonópolis o processo já está 100% concluído e segue em andamento Cuiabá, Várzea Grande e Sinop. Na sequência serão contemplados os municípios de médio porte. (Com assessoria)

Voltar Imprimir

Comentários

Caio Oliveira - 17/01/2018

Hãmmm... Eu havia entendido que os Servidores da Assembleia terão ponto eletrônico BIOMÉTRICO de controle de frequência..

1 comentários

1 de 1

GD

GD

Enquete

Qual sua avaliação do governo Temer nesse final de mandato?

Parcial

Edição digital

Domingo, 21/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,87 -1,93%

Algodão R$ 95,74 -0,47%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 71,90 -1,37%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.