Cuiabá, Quinta-feira 20/09/2018

Polícia - A | + A

12.03.2018 | 16h05

Comando Vermelho intimida alunos em pátio de escola e deixa recado - veja vídeo

Facebook Print google plus

Membros da facção criminosa Comando Vermelho (CV) deixaram recado para estudantes do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Prof. Almira de Amorim Silva, no bairro CPA 3, em Cuiabá. De acordo com o vídeo, que já circula nas redes sociais, os suspeitos mandaram o aviso de que não querem mais ser chamados para ficar 'de olho neles' por estar vendendo drogas dentro da unidade de ensino.

Caso a ordem for desobedecida, os alunos iriam receber "um salve", termo usado por membros da facção para se referir a sessões de espancamento e tortura praticadas contra quem desrespeita as regras e determinações impostas pelos líderes do CV.

Na gravação, os criminosos alertam que são do grupo que atua em Mato Grosso e afirmam que têm apoio da diretoria e do guarda do colégio para fazer o acompanhamento, pois, segundo eles, a polícia "não tem dado jeito na cidade". Na filmagem, é possível verificar que todos os alunos foram colocados de joelho e ameaçados. Confira abaixo no vídeo divulgado pelo site O Livre.

                     

“Meu sangue ferve só de saber que eu tive que sair de casa pra vir aqui passar esse recado pra vocês, sendo que eu tinha tantas outras coisas pra fazer. Vocês tem que se ligar que tem criança especial e filho de preso que estuda aqui. Fora daqui ou na casa de vocês isso não nos desrespeita, mas aqui dentro é pra respeitar. Se não vai tomar um salve. Ou se eu ver alguém fumando por ai, vou dar tiros", fala um dos integrantes da facção.

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação afirmou que já tem conhecimento do vídeo, confirmou tratar-se de uma escola sob sua responsabilidade e destacou que a Polícia Civil já está investigando o caso.

Confira a íntegra da nota da Seduc

Sobre o vídeo que circula pelas redes sociais no Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Prof. Almira de Amorim Silva, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa que:

1 – Na manhã desta segunda-feira (12), uma equipe da Secretaria se reuniu com a gestão da escola e com investigadores da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Judiciária Civil – que atendeu a uma denúncia de notícia-crime;

2 – A própria autoridade policial registrou Boletim de Ocorrência e iniciou as investigações sobre o caso, a fim de identificar os envolvidos e se os jovens que aparecem na gravação são, realmente, alunos da instituição;

3 – A Secretaria ressalta que cabe às autoridades policiais a investigação e esclarecimento dos fatos. Para tanto, fornecerá todas as informações e apoio necessário para elucidação dos mesmos;

4 – Sobre as ações pedagógicas no ambiente escolar, a Seduc destaca tem desenvolvido atividades integradas para reduzir a evasão escolar, combater a indisciplina, a infrenquência e a infração no ambiente escolar;

5 – Criou também o projeto Anjos da Escola que atua em parceria com a Rede de Proteção Integral, formada por órgãos como Ministério Público (Vara da Infância e Juventude, PROCEVE); Poder Judiciário-MT (Núcleo de Mediação e Conciliação de Conflitos); Defensoria Pública (Núcleo de Mediação e Conciliação de Conflitos); SES-MT - Programa de Saúde na Escola (PSE); SSP: Polícia Militar (Rede Cidadã, Proerd, Batalhão Escolar) /Polícia Civil (Delegacia da Infância e Juventude); Conselho Tutelar; e CRAS);

6 – Por fim, a Seduc reafirma seu compromisso com a qualidade do ensino e segurança dos cerca de 400 mil estudantes da rede estadual, das suas 763 unidades escolares, e esclarece que, assim como a gestão do Ceja Almira, não compactua com atos de violência e constrangimento como os registrados.

Crimes

Em Cuiabá e Várzea Grande, vários ocorrências de torturas e decapitações estão sendo investigadas como supostas ações dos membros do Comando Vermelho.

Kelves Gonçalves da Silva, 28, conhecido popularmente como Kelvinho, que estava entre os criminosos mais procurados de Mato Grosso nos últimos meses e que foi morto na madrugada desta terça-feira (27), pode estar envolvido nas decapitações filmadas e divulgadas nas redes sociais. A morte do foragido foi em decorrência de um confronto com a Polícia no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.

Outro vídeo que circulou nas redes sociais mostra dois suspeitos de assassinar a grávida Viviane da Silva Ângelo, 18, sendo decapitados por um suposto membro do crime organizado que atua em Mato Grosso. A Polícia Civil, no entanto, ainda investiga o caso, uma vez que não foi encontrado nenhum dos corpos. 

Voltar Imprimir

Comentários

Ana - 13/03/2018

Basta quebrar o sigilo da dietora e seus cúmplices, de dez ano ate o dia 12/02/2018. Aqui nessa escola tem tanta coisa errada patrocinada que até Deus duvida. Esse lugar é conhecido como "a casa da mamaezinha", aqui pode tudo. Muitos estão pulando que nem pipoca p raspar o que está posto inveridicamente no sistema (força tarefa). Caberia interdição p conhecer dez por cento das mazelas. Tem mais uma, para peitar tem que ser aroeira. Todo movimento é rastreado p gestào p uso próprio.

Liber - 12/03/2018

Mesmo a causa sendo nobre não devemos aceitar o crime organizado comandar a nossa cidade, eles fazem isso para fazer propaganda e ganhar novos membros. Ainda vai chegar a hora que esses caras vão começar a cobrar pedágio da população para compensar a segurança que eles dão, ai eu quero ver quem vai aplaudir eles.

2 comentários

1 de 1

Enquete

O que você acha da imunidade eleitoral, que proíbe a prisão de candidatos e eleitores?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 20/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.900 0.920

Algodão R$ 121.140 0.520

Boi a Vista R$ 125.200 0.160

Soja Disponível R$ 70.000 -0.710

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.