Cuiabá, Domingo 23/09/2018

Judiciário - A | + A

12.11.2017 | 10h03

Ação penal contra réus por fraude de R$ 7 milhões aguarda sentença

Facebook Print google plus

A juíza Selma Rosane Santos Arruda, titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, está prestes a proferir sentença na ação penal relativa à operação Seven, que apurou o desvio de R$ 7 milhões na desapropriação de uma área rural na região do Manso, em 2014, e que foi incorporada ao Parque Estadual Águas do Rio Cuiabá, fraude investigada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

João Vieira

Juíza Selma deve proferir sentença ainda este ano

Respondem ao processo o ex-governador Silval Barbosa (PMDB), seus ex-secretários Pedro Nadaf (Casa Civil), José de Jesus Nunes Cordeiro (adjunto de Administração), Arnaldo Alves de Souza Neto (Planejamento), Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima (Procuradoria Geral), Wilson Gamboji Pinheiro Taques (adjunto de Meio Ambiente), os servidores da Secretaria de Meio Ambiente Francisval Akerley da Costa e Cláudio Takayuki Shida, o ex-presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) Afonso Dalberto e o pecuarista Filinto Corrêa da Costa.

Decisão publicada no começo deste mês mostra que a magistrada analisou os pedidos de diligências apresentados pelas defesas dos réus e negou a maioria deles. O próximo passo do processo é a remessa ao Ministério Público Estadual (MPE) para que dê seu parecer. Nesse caso, quem tem atuado é o promotor de Justiça, Marcos Bulhões.

Além das vistas ao MPE, a magistrada concedeu mais 10 dias de prazo para que as defesas apresentem as alegações finais. Depois disso, o processo já está apto para ser sentenciado. “Com as alegações finais nos autos, voltem conclusos para prolatação da sentença”, destacou Selma Arruda.

Caso os prazos sejam seguidos conforme o determinado pela magistrada, a previsão é de que ainda neste ano saia uma decisão final no processo decorrente da operação policial que investigou um dos vários esquemas de corrupção ocorridos ao longo da gestão Silval Barbosa.

Leia também - Juíza nega absolvição sumária ao procurador Chico Lima e mais 2 réus

A operação Seven gerou outro processo, que apura a lavagem dos R$ 7 milhões desviados, sobre a forma como o dinheiro ilícito foi empregado pelas pessoas que receberam alguma parte do montante. Esta ação ainda está em fase inicial.

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre os aplicativos para denúncias de infrações eleitorais?

Parcial

Edição digital

Domingo, 23/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.500 0.700

Algodão R$ 100.280 -0.280

Boi a Vista R$ 128.000 0.000

Soja Disponível R$ 69.800 -0.710

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

Enquete

Que importância tem o candidato a vice?

Parcial

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.