Cuiabá, Sábado 20/10/2018

Informe publicitário - A | + A

31.12.2014 | 11h16

Apenas 8 obras foram totalmente concluídas

Facebook Print google plus

Das 52 obras de mobilidade contratadas para a Copa de 2014, apenas 8 foram concluídas. São 14 encerradas sem recebimento definitivo e 22 ainda em andamento, entre elas a principal obra, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que contrariando as declarações do governador Silval Barbosa (PMDB), não ficará pronto em dezembro de 2015. E para fechar o ano, a Secretaria Extraordinária da Copa 2014 (Secopa), que tinha como missão entregar essas intervenções, será extinta, sem cumprir seu objetivo.

Segundo o balanço apresentado pelo governador eleito Pedro Taques (PDT), sobre as intervenções que fazem parte do VLT foram executados 50% das obras, sendo que 72% do valor financeiro já foi pago. Trens e sistemas foram montados, porém sem condições de operar por falta de vias e estações.

Ainda conforme o estudo, 7 obras foram rescindidas e uma nem chegou a ser executada.
Das que foram entregues, há problemas de acabamento e adequações necessárias, como é o caso do viaduto da Sefaz, que foi interditado, por apresentar falhas graves em sua estrutura.

Os problemas contidos no projeto foram criticados pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que em análise preliminar sobre informações entregues pela Secopa, verificou-se que a armadura longitudinal não atende às solicitações mais críticas de torção. A armadura existente correspondente a 195 centímetros cúbicos de ferragem, quando a necessária seria de 330 centímetros. Também não se observou normas da ABNT.

A Arena Pantanal, que recebeu os jogos da Copa, tem um custo mensal de manutenção de R$ 700mil, porém não está com o entorno concluído e a concessão ainda em andamento.

Os Centros Oficiais de Treinamento (COTs), além de não estarem finalizados, assim como o Aeroporto Marechal Rondon, ainda possuem problemas nos contratos.

Com a extinção da Secopa, as obras que não foram finalizadas ficaram inicialmente sob o comando de Gustavo Oliveira, responsável pelo Gabinete de Projetos Estratégicos, porém logo mais ela será incorporada a secretaria de Cidades. “Nós pretendemos administrar melhor do que está sendo administrado, é um objetivo que nós temos”, ressaltou o governador eleito Pedro Taques.

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Quanto do seu tempo você dedica à diversão?

Parcial

Edição digital

Sábado, 20/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,00 -0,71%

Algodão R$ 94,82 -0,49%

Boi a Vista R$ 133,00 0,00%

Soja Disponível R$ 70,30 -0,99%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.