Cuiabá, Segunda-feira 22/10/2018

Cidades - A | + A

05.06.2018 | 10h13

Jovem sem CNH bate na lateral de ônibus durante ultrapassagem e morre - veja fotos

Facebook Print google plus
Reprodução/Facebook

Karen Laviola não tinha CNH e pilotava uma motocicleta Honda Pop 100

Atualizada às 11h - A jovem Karen Karoline Laviola, 18, morreu na manhã desta terça-feira (5), depois de se envolver em um acidente com ônibus da empresa Simarelli na Avenida Presidente Arthur Bernades, em Várzea Grande. O caso foi registrado às 6h, em frente ao Hotel Hits Pantanal.

Karen não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH), conforme afirmou ao Gazeta Digital um dos investigadores da Polícia Civil que atendeu o acidente. "Ela tinha acabado de completar 18 anos", disse o investigador.

A jovem estava em uma Honda Pop 100 e teve algumas fraturas depois de atingir a lateral do coletivo. Apesar de não ter permissão para pilotar, a motocicleta era de propriedade de Karen.

Welington Sabino

Motocicleta pilotada pela jovem

Conforme relatos do investigador e também do motorista do ônibus, Benedito Fontoura Silveira, ela ultrapassava pela direita e tentou desviar de alguns blocos de cimento (tartarugas) instalados no asfalto perto do meio-fio quando se desequilibrou, bateu na lateral direita do coletivo e caiu. 

Na lataria do ônibus ficaram as marcas da pancada. 

 As causas do acidente serão apuradas pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) sob a titularidade do delegado Christian Cabral. Imagens do acidente gravadas por câmeras do Hotel Hits Pantanal foram solicitadas e vão ajudar na investigação para esclarecer a dinâmica dos fatos. O inquérito levará cerca de 30 dias para ser concluído.

A jovem foi socorrida por uma equipe do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Porém, morreu minutos depois de dar entrada no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG).

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi ao local para iniciar as investigações. Após coletar informações do acidente, uma equipe da Deletran se deslocou até o Pronto-Socorro para liberar o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por exames de necropsia.  

Versão do motorista do ônibus 

Ao Gazeta Digital, Benedito Fontoura Silveira, que trabalha como motorista profissional há 29 anos, relatou sua versão sobre o acidente. Ele estava bastante abalado. "Ela estava vindo ali pelo acostamento ultrapassando pela direita e quando encontrou as tartarugas desviou e eu ia passando. Ela bateu no ônibus, desgovernou e caiu. Ai eu parei o ônibus", relata ele.

No coletivo estavam cerca de 20 trabalhadores que eram levados para o serviço na região do Distrito Industrial, em Cuiabá. "Eu busco o pessoal aqui e levo para o serviço. Após o acidente veio outro carro e levou eles para o Distrito", relatou. 

Fotos: Welington Sabino

 

 



Benedito Fontoura Silveira, motorista do ônibus

 

 

 

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre a influência das redes sociais e WhatsApp nessas eleições?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 22/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 27,35 -1,80%

Algodão R$ 95,91 -0,97%

Boi a Vista R$ 135,70 -0,22%

Soja Disponível R$ 75,00 -0,66%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.