Cuiabá, Sábado 20/10/2018

Cidades - A | + A

13.02.2018 | 09h20

Foliões podem contar com a tarifa social nesta terça-feira de carnaval

Facebook Print google plus

Os foliões que quiserem aproveitar o carnaval este ano, poderá contar com a Tarifa Social neste dia 13 de fevereiro, feriado nacional. Garantida pelo decreto nº 6482/17 assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro, com a tarifa social, o usuário pagará este ano R$ 1,92 na passagem do transporte coletivo. O intuito é beneficiar a população, nos dias de feriados, com 50% de desconto no valor da passagem normal, que hoje está em R$ 3,85.

Divulgação

O programa que tem o objetivo de incentivar o convívio social entre as comunidades, em espaços diversos da Capital e permite que a cidade continue movimentada nos dias de feriados.

Assim, nesta terça-feira (13), a população poderá visitar parques e outros locais, sem que isso represente um grande gasto no seu orçamento e a notie, a partir das 20 horas, participar de uma série de atividades preparadas pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria dos 300 anos, fechando a programação do Carnaval 2018, com o desfile dos Blocos Carnavalescos, na

"Queremos que nossos munícipes possam participar dessa bela festa preparada pela Secretaria dos 300 anos, a custo zero para a prefeitura e que nem por isso deixou de ser planejado com carinho para a população. Então, nada mais justo que os usuários do transporte público, possam usufruir da tarifa reduzida e consigam levar a família para ver o desfile”, afirma o Secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.

Em 2017, mais de 282 mil passageiros fizeram uso do benefício. A significativa redução do valor não apenas imprimiu uma economia valiosa para o usuário, como também incentivou o desfrute dos diversos pontos de lazer da Capital em dias considerados de baixa movimentação.

“Lembrando que Cuiabá também terá outros pontos de comemoração e mais dois eventos evangélicos, há aqueles que queiram aproveitar o feriado visitando parentes ou indo a outros pontos turísticos da cidade. O usuário poderá passear, sem afetar o orçamento familiar”, explica o Secretário.

A Tarifa Social é também fruto de um estudo orçamentário feito pelo município que assegurou o não comprometimento das despesas do poder público, tão pouco da prestação regular do serviço ao cidadão.

Para o usuário do transporte coletivo a Tarifa Social possibilita uma economia correspondente a R$ 28,875 ao longo dos feriados em 2018. Aparentemente a redução pode ser pequena mas gera grandes reflexos para o passageiro, que muitas vezes evitava os deslocamentos em feriados devido ao valor integral a ser pago.

Sobre o programa

A Tarifa Social é fruto de uma união de forças entre o poder público e a Associação Matogrossense dos Transportadores Urbanos (AMTU). O decreto n° 6.254 de 26 de abril de 2017 dispôs sobre a implantação da tarifa social na Capital, em datas comemorativas e passou a valer no feriado de 1° de maio de 2017.

O entendimento foi possível a partir de uma reunião do prefeito Emanuel Pinheiro, com o promotor de Justiça, Ezequiel Borges de Campos e representantes das empresas, em razão da importância social da proposta. 

Voltar Imprimir

Comentários

GD

GD

Enquete

Quanto do seu tempo você dedica à diversão?

Parcial

Edição digital

Sábado, 20/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,15 -0,41%

Algodão R$ 117,24 -0,23%

Boi a Vista R$ 128,75 -0,87%

Soja Disponível R$ 69,50 -0,71%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.