Cuiabá, Terça-feira 18/09/2018

Brasil - A | + A

04.07.2018 | 11h34

Menina Vitória teria sido morta confundida com irmã de traficante

Facebook Print google plus

 Um possível traficante da região de Araçariguama disse à Polícia Civil, nesta terça-feira (3), que a menina Vitória Gabrielly, 12 anos, foi morta confundida com sua irmã, que tem o mesmo nome, idade e características da vítima. A informação foi apurada pela RecordTV.


Reprodução/Internet

Vitória foi encontrada morta, em uma mata de Araçariguama (55 km de São Paulo), no dia 16 de junho, depois de ficar desaparecida por oito dias.

De acordo com a testemunha, as meninas se conheciam e estudavam na mesma escola. No depoimento, o suposto traficante teria dito que devia para outro traficante da região. Esse criminoso, de acordo com a apuração, seria conhecido por matar familiares de desafetos.

A testemunha prestou depoimento no DHPP (Departamento de Homicídio e Preteção à Pessoa) e não teve a identidade revelada por estar no programa de proteção à testemunha.

"Virou uma novela, cada hora vão para uma linha, voltam à estaca zero", disse a mãe da vítima, Rosana Guimarães, à RecordTV. Até agora, três pessoas foram presas suspeitas de terem participado do crime.

Voltar Imprimir

Comentários

Edição digital

Terça-feira, 18/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21.350 0.710

Algodão R$ 115.180 1.080

Boi a Vista R$ 131.000 0.000

Soja Disponível R$ 74.000 -0.670

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.