Acumulado de chuva é o maior em 20 anos em Cuiabá | Gazeta Digital

Terça, 27 de fevereiro de 2018, 14h27

Acumulado de chuva é o maior em 20 anos em Cuiabá

Valquiria Castil, repórter do GD


Chico Ferreira

Levantamento realizado pela Defesa Civil de Cuiabá apontou que o período de verão que começou em dezembro de 2017 é considerado atípico em relação aos anos anteriores. A média do acumulado de chuvas registrado antes mesmo do fim de fevereiro deste ano já atingiu índice histórico, sendo o maior dos últimos 20 anos, segundo o órgão de proteção.

Para se ter ideia, desde dezembro o volume de chuvas tem superado as expectativas correspondentes a 200 milímetros, alcançando a marca de 300 milímetros. Em janeiro de 2018, o acumulado ultrapassou a marca anterior de 215 milímetros e atingiu o montante de 380 milímetros.

Contudo, os dados que surpreenderam a Defesa Civil foram de fevereiro, que antes mesmo de encerrar o mês bateram recorde. Com uma média referente a 209 milímetros, o volume alcançou 381,9 milímetros, conforme a medição da precipitação chuvosa realizada no último sábado (24).

“Apuramos um acréscimo avassalador do acúmulo do mês de fevereiro. O volume está 83% acima do esperado, tivemos semanas permeadas por fortes e longas chuvas e é crucial que saibamos lidar com estas intempéries climáticas para evitar ocorrências, incidentes e acidentes indesejáveis”, afirmou o diretor de Proteção e Defesa Civil do Município, coronel Paulo Wolkmer.

A Defesa Civil orienta para que condutores e pedestres tenham cuidado ao trafegar pelas ruas durante as tempestades. “Evite passar por áreas inundadas, pois há a possibilidade de que o solo tenha sofrido uma densa erosão mediante o acúmulo das águas, além das tampas de bueiros terem sido retiradas diante da força do vento e da chuva. Se a travessia for insegura, pare o carro e ligue o pisca alerta. Em casos de descargas atmosféricas, permaneça dentro do caso - desde que ele esteja seco por dentro”, pontua Wolkmer.

Alguns cuidados devem ser tomados de forma redobrada ao buscar abrigo para se proteger, de acordo com o diretor da Defesa Civil, refugiar-se sob árvore, guarda-chuva ou qualquer local que sirva como um ‘pára-raio’ é um dos principais riscos que existe em casos de tempestade.

“O ideal é evitar essas opções e buscar proteção em instalações de alvenaria e concreto. Em casa, fique no centro do espaço e evite qualquer proximidade de janelas e portas de metal. Ao verificar os riscos de alagamento na cidade, não deixe crianças trancadas sozinhas na residência. Mantenha alimentos, roupas, remédios, documentos e água potável em posições elevadas, para evitar a contaminação ou perda dos objetos”, orienta.

“Não use telefones com fio, pois pode haver uma descarga na rede de energia, possibilitando a ocorrência de uma descarga indireta. Celulares que não estiverem conectados na tomada são inofensivos e podem ser utilizados sem qualquer risco à saúde. Estes cuidados são atitudes simples, mas que compõem o grande diferencial para que possamos enfrentar este estágio em plena segurança”, conclui Paulo.

Em casos de emergência ou assistência o cidadão deve ligar para o Corpo de Bombeiros, pelo 193, para os devidos socorros. Ao se tratar de casas com suspeitas de desmoronamento ou precisão de vistorias ou denúncias, a Defesa Civil deve ser acionada através do telefone (65) 3623-9633.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 13 de agosto de 2018

17:19 - Com umidade de 12%, Cuiabá tem 'clima de deserto' e alerta de emergência

Domingo, 12 de agosto de 2018

08:20 - Médico ensina 'dieta' para enfrentar tempo seco

Quinta, 09 de agosto de 2018

09:28 - Tempo vira em Mato Grosso com mínima de 16ºC até sexta-feira

Segunda, 06 de agosto de 2018

07:36 - Semana começa com 13º C de mínima na Capital e 9º C em Chapada

Segunda, 30 de julho de 2018

11:30 - Frio volta a atingir baixada cuiabana com temperatura mínima de 15º C

Quinta, 26 de julho de 2018

15:52 - Temperaturas amenas permanecem em Cuiabá e Chapada

Sábado, 21 de julho de 2018

08:01 - Nova frente fria chega em MT e derruba temperaturas em Cuiabá e VG

Quarta, 11 de julho de 2018

08:00 - Moradores de rua evitam albergues até mesmo no frio

Terça, 10 de julho de 2018

08:55 - Termômetros marcam 13°C e Cuiabá e VG têm a noite mais fria do inverno

Sexta, 22 de junho de 2018

13:35 - Chegada do inverno traz baixa umidade do ar e dias quentes aos mato-grossenses


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

18:00 - Homem bêbado atravessa fora da faixa e é atropelado

15:37 - Após 3 meses, exames confirmam vírus H3N2 como causa de morte

14:53 - Frigorífico é evacuado após vazamento de gás amônia

11:46 - Bimotor apresenta problema no trem de pouso e tomba na pista em Sinop

09:43 - Motociclista morre ao ser atropelado por ônibus escolar

09:09 - Criança morre ao cair sobre copo de vidro e ter o tórax perfurado

07:42 - Mato Grosso possui 7,4 mil membros em duas facções criminosas

Quarta, 15 de agosto de 2018

18:06 - MP investiga médico que é ex-BBB e candidato a deputado em MT

17:22 - Vídeo mostra motorista bêbado em zigue-zague antes de sofrer acidente - assista

15:53 - Carreta descontrolada com carga de algodão tomba e pega fogo na BR-364


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quinta, 16/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 16/08/2018
7d0914d59343b99cfc78f130aba8eeb9 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Cuiabá é uma cidade acolhedora para ciclistas?




Logo_classifacil









Loja Virtual