Sem receber, terceirizados do Pronto-Socorro suspendem serviço de limpeza | Gazeta Digital

Sexta, 02 de fevereiro de 2018, 19h26

Sem receber, terceirizados do Pronto-Socorro suspendem serviço de limpeza

Redação do GD


Trabalhadores terceirizados da empresa Luppa, responsável pelo setor de limpeza no Hospital Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, deflagraram nesta sexta-feira (2), uma paralisação depois de dois meses sem receber os salários. Com isso, a unidade ficou sem limpeza e os profissionais garantem que vão ficar de braços cruzados por tempo indeterminado. 

Divulgação/Assessoria

“Nosso protesto é para alertar o governo a pagar a empresa para que ela nos pague. O hospital está sujo, e a gente só vai retornar depois do pagamento”, disse Ana da Silva, uma das manifestantes. De acordo com as trabalhadoras, elas devem cumprir o horário de trabalho nos próximos dias na frente do Pronto-Socorro, sem entrar.

A justificativa dada pela empresa para a ausência de pagamento é que o Estado não fez os repasses. A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) enfrentou problema semelhante no início de 2016, também com a Luppa, o que motivou a substituição da empresa.

No entanto, a Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (Adufmat) diz que é justamente a precariedade do tipo de relação imposta pelo contrato terceirizado que preocupa a entidade.

Com um documento da Luppa em mãos, as trabalhadoras disseram que estão sem receber pelos meses de setembro, outubro, novembro, dezembro de 2017 e agora janeiro deste ano. Afirmam que nesse período estão em nenhum pagamento apesar de continuarem trabalhando, fora a repactuação há 5 anos.

A informação é de que empresa não tem como bancar sozinha, sem o repasse da Prefeitura. "Tem mais de 5 anos que eles não repassam a diferença salarial. Há uma dívida enorme da Secretaria com a empresa”, insistiram.

Além do Pronto-Socorro, também estão paralisados os trabalhadores da Luppa lotados na UPA Morada do Ouro, UPA Pascoal Ramos e outras unidades de saúde.

A Prefeitura de Cuiabá, responsável pela administração do Pronto-Socorro não se manifestou sobre o assunto até o momento. (Com informações da assessoria da Adufmat)

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 20 de fevereiro de 2018

08:54 - Em 15 anos, governo federal retém R$ 31 bilhões em gastos para saúde

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

16:30 - Preconceito e desinformação dificultam combate ao alcoolismo

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

11:38 - MPF investiga irregularidades em obra milionária do Hospital Júlio Müller

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

11:28 - Juíza condena Prefeitura a manter farmácias das policlínicas abertas

08:00 - Associação chama diabéticos de MT para fazer cadastramento

07:30 - Liminar proíbe que empresas suspendam serviços em unidades de saúde

Quinta, 08 de fevereiro de 2018

08:49 - Após 20 anos de impasse, STF decide polêmica sobre reembolso de planos ao SUS

Quarta, 07 de fevereiro de 2018

20:30 - Supremo decide que planos de saúde devem reembolsar o SUS

Domingo, 04 de fevereiro de 2018

15:20 - Governador libera R$ 300 mil para reformar hospital em Santo Antônio de Leverger

Sexta, 02 de fevereiro de 2018

14:30 - Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer este ano, segundo Inca


// leia também

Terça, 20 de fevereiro de 2018

19:45 - Politec reafirma perícia que apontou violação em envelope de provas

17:12 - Após denúncias, concurso de delegado será retomado em data não definida

15:30 - Universitários perdem aula porque linha de ônibus muda sem aviso

13:46 - Saúde confirma morte de 3 macacos por febre amarela em Cuiabá

11:28 - Raio mata 70 vacas e 23 garrotes em fazendas de MT

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

15:17 - Local e horário do concurso da Prefeitura de Várzea Grande são alterados

11:57 - Falta de aventais retém 6 corpos no IML da capital

10:58 - Semáforos inteligentes já estão sendo instalados nas avenidas de Cuiabá

10:02 - Empresário morre ao perder controle, bater em barranco e ser arremessado

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

16:04 - Ponte interditada após erosão será liberada para veículos leves


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 21/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 21/02/2018
8f70e213f4be8d228fc2aa2916150244 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Após 15 anos, Arcanjo deixa a prisão e vai cumprir regime semiaberto




Logo_classifacil









Loja Virtual