Hospitais filantrópicos fecham UTIs e deixam de receber pacientes do SUS | Gazeta Digital

Sexta, 12 de janeiro de 2018, 11h51

sem repasses do governo

Hospitais filantrópicos fecham UTIs e deixam de receber pacientes do SUS

Redação do GD


Atualizada às 14h56 - A partir da próxima segunda-feira (15), os hospitais filantrópicos Santa Helena, Hospital Geral e Santa Casa de Cuiabá vão paralisar os atendimentos para novos pacientes nas Unidades de Tratamento Intensivo. Já a Santa Casa de Rondonópolis também deverá paralisar seus serviços gradativamente nos próximos dias devido a falta de repasses da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e também por contrapartidas da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Divulgação

O Hospital Santa Casa informa que está sem receber pelos leitos de retaguarda desde março do ano passado, por isso irá paralisar todos os atendimentos que são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Na quinta-feira, os funcionários do hospital - o mais antigo de Mato Grosso - já haviam informado que vão cruzar os braços casos não recebam seus salários hoje. Eles ainda não receberam os vencimentos referentes a novembro e dezembro

A presidente da Federação dos Hospitais Filantrópicos de Mato Grosso (Fehosmt), Elizabeth Meurer, alega que o problema nos repasses comprometem a continuidade dos atendimentos nas unidades.

"Estamos devendo prestadores de serviços, funcionários e não temos mais condições de comprar os medicamentos de alto custo. Precisamos pagar as dívidas para termos condições de trabalhar, porque não temos mais de onde tirar dinheiro”.

Meurer relata que os filantrópicos são responsáveis por 85% dos atendimentos aos usuários do SUS no Estado de Mato Grosso e a maior preocupação é o atendimento à população com qualidade e eficiência.

“Infelizmente viemos comunicar à população que necessita do atendimento pelo SUS que não temos outra saída a não ser a paralisação para que não haja comprometimento na qualidade do atendimento o que mais prezamos em nossas instituições”, afirma a presidente.

Elizabeth destaca que foi realizado um acordo com a Bancada Federal e o Governo de Mato Grosso onde seria destinado recursos das emendas parlamentares no valor de R$ 33 milhões para os Hospitais Filantrópicos.

“E que infelizmente esse valor acordado ainda não foi repassado apesar do empenho da bancada federal”.

Governador nega dívidas

Na manhã desta sexta-feira (12) o governador Pedro Taques (PSDB) comentou sobre o assunto, dizendo que o Estado não deve dinheiro aos hospitais filantrópicos, uma vez que já realizou repasses ao Município de Cuiabá. “Nós não repassamos para a Santa Casa, nós repassamos para os filantrópicos via Município de Cuiabá. É fundo a fundo. Nós não estamos devendo os filantrópicos porque nós repassamos para o Município de Cuiabá”, disse.

(As informações são da assessoria de imprensa)

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 19 de janeiro de 2018

07:00 - MPE entra com ação para impedir suspensão de serviços em hospital

Quinta, 18 de janeiro de 2018

13:52 - Estado e prefeitura de Cuiabá negam dívidas com hospitais filantrópicos

Terça, 16 de janeiro de 2018

10:29 - Nova terapia para conter casos de aids no País está restrita a 3 postos públicos

Segunda, 15 de janeiro de 2018

15:22 - Funcionários da Santa Casa deflagram greve e unidade recusa pacientes

10:42 - Prefeitura de Tangará da Serra vai assumir gestão de UTI no município

07:30 - Casos de chikungunya disparam a 141% e MT Saúde faz campanha contra o Aedes

Sexta, 12 de janeiro de 2018

16:30 - Primeira morte por febre amarela em 2018 é confirmada no Rio de Janeiro

Quinta, 11 de janeiro de 2018

18:30 - Secretaria confirma a morte de 67 macacos bugios pela febre amarela

10:08 - Adolescente de 15 anos morre sem diagnóstico e família vai processar

Quarta, 10 de janeiro de 2018

17:30 - São Paulo vacinou sete milhões contra febre amarela em 2017


// leia também

Sexta, 19 de janeiro de 2018

17:21 - Fogo destrói casa de madeira em VG e família precisa de ajuda

15:09 - Prefeitura de VG deflagra ações para combater doenças urbanas tropicais

11:57 - Termina o prazo de pagar taxa de inscrição do concurso de VG

11:53 - Provas do seletivo da Educação serão aplicadas neste domingo em Cuiabá

09:09 - Multas por videomonitoramento voltarão a ser aplicadas em Cuiabá

Quinta, 18 de janeiro de 2018

14:04 - Pedestre morre atropelado ao tentar atravessar BR na madrugada

11:10 - Pai, mãe e filho morrem incinerados em grave acidente

Quarta, 17 de janeiro de 2018

16:01 - Governo lança concurso público para Secitec

14:01 - Estado tem quase 900 processos em andamento contra servidores, diz CGE

13:58 - Papiloscopistas identificam colombiano morto após assalto


 veja mais
Cuiabá, Sábado, 20/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Sábado, 20/01/2018
8606faf6320fa3698f4313217276d306 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A Prefeitura de Cuiabá voltará a aplicar multas por videomonitoramento. Qual é a sua opinião sobre isso?




Logo_classifacil









Loja Virtual