Câmeras flagram fiscais de Cuiabá arrancando placa de fachada - Veja vídeo | Gazeta Digital

Quinta, 18 de maio de 2017, 17h16

Câmeras flagram fiscais de Cuiabá arrancando placa de fachada - Veja vídeo

Silvana Ribas, repórter do GD


Ação ilegal de fiscal da Secretaria de Ordem Pública de Cuiabá é flagrada por câmeras de segurança, na calada da noite. Imagens mostram ação na noite do dia 11 de maio, entre as 22h27 e 22h31, diante da pequena empresa localizada nas esquinas das avenida Oito de Abril e Ipiranga, no bairro Cidade Alta.

Segundo a proprietária Jaqueline Alves Senabio, a empresa as portas recentemente, há 40 dias e tinha acabado de colocar a placa que foi levada pelo fiscal. Ao lado do comércio mora o irmão e o pai dela. As imagens mostram inclusive ambos saindo de casa para conversar com o homem que havia retirado a placa da fachada. Mas segundo Jaqueline, foram ofendidos pelo fiscal com palavras de baixo calão.

Divulgação

Marmitaria agora está sem qualquer identificação na fachada

As imagens mostram um homem e uma mulher descendo do veículo. Com a ajuda de uma ferramenta o homem retira a placa da fachada enquanto que a mulher fotografa a fachada. Colocam o material no veículo e deixam o local após breve discussão. Não se identificam e nem apresentam qualquer notificação sobre a ação.

Jaqueline soube que ambos eram servidores da prefeitura através dos dados da placa do Fiat Uno JYW- 3745, que foram anotadas e que está em nome da prefeitura da Capital.

Jaqueline disse que no dia seguinte foi até a sede da prefeitura, questionar a ação, quando servidores disseram que a ação não partiu de lá e que a vítima deveria registrar ocorrência na Polícia pois se tratava de furto.

Na segunda-feira (15), já com as imagens em mãos, decidiu procurar a Secretaria de Ordem Pública, quando foi recebida por um dos diretores, que teve acesso às imagens. Segundo ela, ele assegurou que o homem e a mulher que aparecem nas imagens são fiscais da secretaria, mas estavam lotados em outro órgão.

Mas confirmou que os fiscais não poderiam ter atuado naquele horário e nem retirado a placa sem uma notificação prévia. Depois da ação, como antes, ela não recebeu qualquer notificação da prefeitura.

Enquanto isso, a micro empresária agora teve que desembolsar dinheiro para pagar por uma nova placa, já que o pequeno comércio ficou sem identificação.

Outro lado . Em nota, a Secretaria Municipal de Ordem Pública informou que está apurando os fatos por meio de uma investigação e tão logo o servidor em questão for identificado, as devidas medidas judiciais e administrativas serão tomadas.

Veja vídeo:

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Domingo, 27 de maio de 2018

20:05 - Várzea Grande mantém os serviços públicos e avaliará situação diariamente

20:00 - Transporte coletivo opera com metade da frota em Cuiabá e VG nesta segunda-feira

15:55 - PRF escolta caminhões de combustível em MT

15:04 - Cuiabá adota medidas para garantir funcionamento dos serviços públicos - confira

12:53 - Princípio de incêndio atinge prédio no bairro Goiabeiras

12:33 - Empresário morre ao perder controle de moto e cair de ponte

11:52 - Greve dos caminhoneiros completa uma semana com 30 pontos de bloqueio em MT

10:25 - Pai e filho morrem em acidente na divisa de MT e GO

08:42 - 69% dos presos que passam por audiência não vão para prisão

Sábado, 26 de maio de 2018

17:58 - Empresas de ônibus cancelam e reduzem viagens por falta de combustível


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 28/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 28/05/2018
B2364398e2b46c1e9ec5913337d6d80a anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Lei municipal em São Paulo proíbe queima de fogos com barulho e permite os luminosos




Logo_classifacil









Loja Virtual