Sorteados de residencial São Benedito assinam contratos e recebem chaves | Gazeta Digital

Quarta, 17 de maio de 2017, 15h50

Sorteados de residencial São Benedito assinam contratos e recebem chaves

De Várzea Grande, por Assessoria


No segundo dia de efetiva assinatura de contratos e entrega de chaves para as pessoas sorteadas e contempladas com casas na Etapa III do Residencial São Benedito, inaugurado na última segunda-feira, 15, pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, pelo governador Pedro Taques e pela prefeita Lucimar Sacre de Campos se efetivaram no Banco do Brasil em Várzea Grande, Agência Filinto Muller.

O Residencial São Benedito inaugurado no Aniversário do Jubileu dos 150 Anos de Várzea Grande tem 1.281 casas já sorteadas tanto por unidades, como por lotes e quadras, sorteios estes feitos pela administração municipal que junto com o Governo do Estado iniciam no segundo semestre deste ano, as obras de uma Escola Estadual e um Centro Municipal de Educação Infantil – CMEI, antiga creche para atender aos mais de 5 mil moradores do residencial e das adjacências com investimentos próximos de R$ 10 milhões.

Assessoria/VG

Inauguração aconteceu na festa de 150 anos de Várzea Grande

Depois de concluída a entrega da Etapa III, será a vez da Etapa II e por fim a Etapa I.
Segundo a prefeita Lucimar Sacre de Campos, ali no Grande São Mateus está nascendo uma nova cidade, uma nova opção de vida para milhares de pessoas que aguardam a dignidade de ter um lar em suas vidas.
“Eu acredito que nada representa mais dignidade para um chefe de família do que o lar para acolher os seus”, disse a prefeita que formalizou ao ministro da Cidades, Bruno Araújo o empenho para que outras 4 mil residências que ainda tem restrições sejam liberadas para atender a população que precisa.

Em Várzea Grande as estimativas apontam para outros 10 residenciais aguardando entrega. O maior problema encontrado foi na relação comercial entre a instituição financeira e empreiteiras que passam por recuperação judicial.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Kalil Baracat, lembrou as palavras do ministro durante a inauguração de que ao chegar ao Ministério da Cidade não encontrou recursos necessários para atender a demanda existente e nem as obras já lançadas.

Bruno Araújo considerou como uma vitória da população, de Várzea Grande e de Mato Grosso, o empenho da prefeita Lucimar Campos, do governador Pedro Taques e das bancadas federais e estaduais de deputados e senadores para solucionar o impasse que impediu durante mais de dois anos a entrega daquele condomínio.

“Apesar de algumas pessoas torcerem contra Várzea Grande e seus moradores, as casas estão sendo entregues, principalmente respeitando a lei e a ordem, além da lista de contemplados que venceram os sorteios realizados pelo município com acompanhamento da Controladoria Geral da União – CGU, da Polícia Federal e do Ministério das Cidades”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Kalil Baracat.

O secretário apontou que por exigência do Banco do Brasil e da própria lei, são necessárias seis etapas finais para que a população se torne a proprietária definitiva.

“Temos seis passos a serem seguidos para os beneficiários do Residencial São Benedito:
1o Passo: Vistoria da Residência;
2o Passo: Assinatura do contrato no Banco do Brasil;
3o Passo: Recebimento das chaves no Banco do Brasil;
4o Passo: Ligação da energia elétrica na Energisa;
5o Passo: Ligação da água no DAE;
6o Passo e definitivo a Mudança”.

Segundo Nico Baracat, o sonho da casa própria em Várzea Grande se tornou uma realidade, apesar de por causa de políticas, muitos tentarem criar um clima desnecessário e que em nada ajudou aos verdadeiros proprietários.

“Várzea Grande deu um passo enorme ao diminuir o abismo que existe na questão habitacional e ao conseguir tirar do papel as primeiras de mais de 5 mil residenciais construídos através do Minhas Casa, Minha Vida e que voltará com a carga total nos próximos anos”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.
O ministro Bruno Araújo assegurou a prefeita Lucimar Sacre de Campos e ao governador Pedro Taques a retomada dos financiamentos para novos residenciais e considerou como ousada mas possível a meta de se acabar com o déficit habitacional em Mato Grosso, suas cidades e no Brasil. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 24 de maio de 2017

07:00 - Rotina e brigas tiram desejo sexual do homem

Terça, 23 de maio de 2017

19:34 - Azul lança nova rota de Barra do Garças a Goiânia a partir de junho

18:39 - Técnicos vão fazer diagnóstico da situação do Hospital Regional de Sorriso

17:05 - Prefeitura pede intervenção do MPE sobre problema de esgoto no Parque das Águas

14:07 - Homem chega aos 325 kg, mas já perdeu 92 kg

10:00 - Jornal A Gazeta completa 27 anos e 9.217 edições

09:00 - Médico chora ao falar sobre caos no Hospital Regional de Sorriso

Segunda, 22 de maio de 2017

20:18 - Nova ação retira mais de 60 invasores de garimpos na área da Serra da Borda

19:39 - Trabalhadores da Educação fazem assembleia e ameaçam com greve

19:10 - Concurso da Politec teve mais de 13 mil inscritos e gabarito é divulgado


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 24/05/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quarta, 24/05/2017
7b718983308988510a4d6943f71dd371 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Na sua opinião, o Brasil é uma nação corrupta?



Logo_classifacil









Loja Virtual