Guardas Municipais de Várzea Grande participam de ato contra reforma da Previdência | Gazeta Digital

Quarta, 17 de maio de 2017, 06h52

Guardas Municipais de Várzea Grande participam de ato contra reforma da Previdência

Izabel Barrizon, repórter do GD


Cerca de 20 Guardas Municipais de Várzea Grande, participam, em Brasília, nesta quarta-feira (17), de ato contra a Reforma da Previdência. Grupo se junta a outras caravanas de várias cidades brasileiras, encabeçadas por guardas de São Paulo e Rio de Janeiro, que reclamam que o novo texto não cita regimes especiais para os servidores.

Guarda Municipal de Várzea Grande

Atualmente, falta regulamentação da aposentadoria especial no regime previdenciário próprio dos municípios. A “Marcha Azul” tem objetivo de protestar contra a não inclusão dos profissionais na Reforma da Previdência.

“Na semana passada, agentes penitenciários invadiram sessão da Comissão Especial da Reforma da Previdência, em Brasília, e conseguiram ser ouvidos e contemplados no texto”, diz um Guarda Municipal que atua em Várzea Grande.

Segundo os servidores, dentre as atribuições, estão à vigilância patrimonial de bens da Administração Pública Municipal, como escolas, hospitais, etc, além de guardar pela segurança em locais de uso comum da população, como parques e praças. Nas grandes metrópoles, os Guardas Municipais podem andar armados, conforme Lei n.º 10.826/2003.

Dessa forma, a profissão envolve risco de morte, por estar ativamente inserida no cotidiano da população, porém, encontra dificuldades no que tange a aposentadoria especial, com 25 anos de labor, pois é tratada como função de serviço burocrático, sem risco.

Na semana passada, a comissão aprovou a proposta de Reforma da Previdência, que segue agora para votação no plenário da Câmara dos Deputados.



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 16 de maio de 2017

11:50 - PMDB fica mais perto de fechar questão sobre reforma da Previdência

11:46 - Sem reformas, País talvez estivesse caminhando para uma moratória, diz Maia

Segunda, 15 de maio de 2017

16:07 - Reforma trabalhista vai demorar até 8 anos para 'pegar', diz José Pastore

Sexta, 12 de maio de 2017

11:40 - Maioria dos que não declararam voto no Placar da Previdência são do PMDB e PSDB

Quinta, 11 de maio de 2017

08:45 - Governo pega dinheiro emprestado para pagar aposentados, diz Meirelles

08:38 - Após aprovação em comissão, número de deputados indecisos dobra no Placar da Previdência

Terça, 09 de maio de 2017

13:51 - Ao vivo: comissão especial vota destaques da reforma da Previdência

11:20 - Deputados cobram acesso da população à votação de destaques da comissão

09:56 - Sentimento é de indignação com agentes peninteciários, diz Arthur Maia

Segunda, 08 de maio de 2017

11:48 - Só 21% dos autônomos creem em aposentadoria confortável


// leia também

Segunda, 29 de maio de 2017

17:40 - Prefeitura lança seletivo para contratar profissionais na área da saúde

17:29 - Servidores rejeitam proposta de RGA em 2018 e votam por greve de 24 horas

17:09 - Cuiabano cria aplicativo para portadores de HIV

15:33 - Novo hospital começa a ser desenvolvido em Cuiabá

15:11 - Editais do Bolsa Atleta 2017 são lançados

14:32 - Pedágios de índios em rodovia federal ameaçam fretes ao Vale do Araguaia

10:45 - Morador filma saque a casas populares em VG

10:40 - Cuiabano ganha fama no exterior como caçador de terremotos

10:21 - Menino de 11 anos de MT conhece pais adotivos do Paraná por WhatsApp

09:15 - Trabalhador denuncia bullying rural com vespas


 veja mais
Cuiabá, Terça, 30/05/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Terça, 30/05/2017
Fe9ca0ce9e105fd40f8300de3ceeb433 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Na sua opinião, as novas gerações estão menos preocupadas com a ameaça da Aids?



Logo_classifacil









Loja Virtual