Cartão Reforma distribuirá entre R$ 2 e R$ 9 mil | Gazeta Digital

Quarta, 17 de maio de 2017, 11h50

no país, 120 mil famílias

Cartão Reforma distribuirá entre R$ 2 e R$ 9 mil

Silvana Ribas, repórter do GD


Ainda não há previsão de quantos cuiabanos poderão ter acesso ao novo programa social do Governo Federal, o Cartão Reforma, que disponibilizará entre R$ 2 mil a R$ 9 mil, com valor médio de R$ 5 mil para reformas de imóveis.

Marcus Vaillant/Arquivo

Programa atenderá famílias com renda de no máximo 3 salários mínimos

Recurso será disponibilizado via Caixa Econômica Federal (CEF), a fundo perdido, ou seja, nem necessidade de devolução, beneficiando entre 85 mil e 120 mil famílias ainda este ano.

Numa primeira etapa 1.930 municípios estarão aptos a participar. Porém, a expectativa é que desse total, metade seja contemplada ou seja, cerca de 900 municípios. O primeiro edital vai prever R$ 150 milhões para repasses a famílias, segundo o Ministério das Cidades.

Segundo Djalma Sabo Mendes Júnior, Secretário de Habitação e Regularização Fundiária da Prefeitura de Cuiabá, a diretoria de Habitação da Secretaria já busca informações junto ao Ministério, bem como a CEF, para que Cuiabá esteja entre os municípios aptos a oferecer o programa a população carente.

Lembra que existem vários procedimentos a serem adotados, além da capacitação dos funcionários para seleção das famílias, dentro das diretrizes impostas pelo programa. Como a aprovação é recente, (lei aprovada em 28 de abril), ainda não há informações precisas sobre o quando de recurso poderá ser viabilizado para a Capital e quando a prefeitura estará apta a operar o “Cartão Reforma”. O projeto piloto deve ser desenvolvido em um ano.

O primeiro cartão reforma será lançado no final de junho, no município de Caruaru, em Pernambuco.

Podem se cadastrar no programa famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.811,00. O beneficiário precisa residir no imóvel a ser reformado e ser maior de 18 anos ou emancipado. O imóvel precisa estar em área indicada pelo poder municipal para receber o benefício, além de ser regularizada ou passível de regularização na forma da lei.
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quarta, 18 de maio de 2016

10:34 - MT tem deficit habitacional de 80 mil unidades


// leia também

Domingo, 28 de maio de 2017

12:18 - Vida sexual está 'fraca' para 475 mil casados de MT

Sábado, 27 de maio de 2017

12:15 - Sema, Saúde e mais 4 órgãos jogam esgoto sem tratamento em lagoa

Sexta, 26 de maio de 2017

19:31 - Mostra de Cinema exibe filmes a adolescentes do Complexo Pomeri

19:22 - Associação quer construir estátua em homenagem a tenente

17:07 - Mulher atropelada em VG está em estado grave e não foi identificada - Veja vídeo

16:16 - Velocidade excessiva está entre as principais causas de acidentes graves

15:36 - Empresários do transporte de cargas doam drone e equipamentos à Polícia

14:58 - Foguete produzido por alunos de Cuiabá pode ser premiado em setembro

13:50 - Distribuidora de carne é interditada por falta de alvarás

12:27 - UPA tem que ser higienizada após caso de H1N1


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 28/05/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Domingo, 28/05/2017
745201164383996eb0a29412c52e67f4 anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Você concorda com a ideia de Escola Sem Partido, que prega ensino político totalmente neutro aos alunos?



Logo_classifacil









Loja Virtual