Grupos de zoofilia serão investigados pela Polícia Federal | Gazeta Digital

Sexta, 12 de maio de 2017, 15h57

Grupos de zoofilia serão investigados pela Polícia Federal

Silvana Ribas, repórter do GD


Polícia Federal deve assumir investigação de ação de grupos de zoofilia (adeptos da prática de sexo com animais) que tem ramificações em Mato Grosso, promovendo intensa troca de vídeos de cunho sexual com animais. Apuração ainda está na esfera da Polícia Civil de Mato Grosso, mas pelas ramificações com membros de outros países, será remetida para Polícia Federal.

Divulgação

Emerson confirmou que fazia parte de 2 grupos de zoófilos

Existência de grupos que fomentam a prática foram revelados em depoimento do estudante Emerson Fernandes Pedroso, 30, preso depois de publicar um vídeo onde aparece fazendo sexo com uma cadela.

Vídeo vazou nas redes sociais no dia 19 de abril, causando grande comoção e revolta, principalmente por parte dos grupos de proteção aos animais. Emerson teve decretada a prisão temporária por cinco dias e foi preso ao se apresentar na Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Sema). A cadela "Branquinha", alvo dos abusos, foi localizada e encaminhada para exames. Outros dois cães do estudante foram retirados da guarda dele.

Segundo o delegado Gianmarco Paccola Capoani, titular da Dema, em depoimento Emerson confirmou que o vídeo foi feito para um dos grupos de zoofilia que participava. O primeiro, do qual acabou excluído, era integrado mais de 100 membros, inclusive de outros países onde havia intensa troca de material pornográfico no grupo e ele foi excluído por não compartilhar material. Depois foi adicionado no segundo grupo, do qual participavam membros do grupo anterior.

Foi para este grupo que ele produziu o vídeo que vazou e o levou a prisão. Segundo Paccola, o inquérito está em andamento e seis pessoas já foram ouvidas. Os demais depoimentos virão a partir do resultado dos laudos periciais no celular que o estudante usou para fazer o vídeo e compartilhar as imagens.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 28 de abril de 2017

21:14 - Justiça solta estudante que fez sexo com cadela

16:37 - Delegado quer manter abusador de cadela preso

Terça, 25 de abril de 2017

19:30 - Rede de zoofilia passa ser alvo de investigação

13:52 - Polícia localiza cadela abusada por estudante

Segunda, 24 de abril de 2017

20:01 - Estudante que fez sexo com cadela depõe e vai preso

18:23 - Estudante que fez sexo com cadela se apresenta

12:42 - Delegacia do Meio Ambiente resgata dois cães de estudante zoófilo

Domingo, 23 de abril de 2017

10:28 - Polícia aguarda decreto de prisão para continuar 'caça' a estudante zoófilo

Sexta, 21 de abril de 2017

09:29 - Denúncia contra zooófilo repercute no mundo

Quinta, 20 de abril de 2017

20:55 - MP dá parecer favorável à prisão de estudante que divulgou vídeo abusando de cadela


// leia também

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

15:17 - Local e horário do concurso da Prefeitura de Várzea Grande são alterados

11:57 - Falta de aventais retém 6 corpos no IML da capital

10:58 - Semáforos inteligentes já estão sendo instalados nas avenidas de Cuiabá

10:02 - Empresário morre ao perder controle, bater em barranco e ser arremessado

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

16:04 - Ponte interditada após erosão será liberada para veículos leves

12:30 - Mato-grossenses vão receber alertas de desastres naturais por mensagens

11:31 - Após tiroteio com 5 feridos, UPA Morada do Ouro não atende mais presidiários

10:00 - Com escola interditada, início das aulas é adiado e força-tarefa continua

09:51 - Motorista de van morre em colisão frontal com carreta

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

18:53 - Chuva forte causa alagamentos e queda de árvores na Grande Cuiabá


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 19/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 19/02/2018
Dd6fa8cdd5651354f34e2d8507b62f0f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Mais uma operação policial tem como alvo deputados estaduais




Logo_classifacil









Loja Virtual