Rede de zoofilia passa ser alvo de investigação | Gazeta Digital

Terça, 25 de abril de 2017, 19h30

Rede de zoofilia passa ser alvo de investigação

Silvana Ribas, repórter do GD


Após prisão do estudante universitário que fez vídeo fazendo sexo com cadela, Polícia Civil intensifica investigação para identificar membros de uma rede de zoofilia (adeptos da prática de sexo com animais), da qual ele faria parte.

Divulgação/PJC

"Branquinha" foi localizada na manhã de terça-feira

Na manhã desta terça-feira (25), o estudante Emerson Fernandes Pedroso, 30, levou os policiais até o endereço onde foi localizada a cadela “Branquinha”, vítima dos maus tratos. O animal, depois de submetido a exame veterinário, foi encaminhado para uma entidade de proteção aos animais, para onde já foram encaminhados outros dois cães do suspeito, entregues à Polícia no sábado (22). Emerson disse que Branquinha foi recolhida por ele há quatro meses das ruas e passou a morar com a família.

A investigação é comandada pelo delegado Gianmarco Paccola Capoani, titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema). Ele interrogou Emerson na noite de segunda-feira (24), quando foi cumprido contra ele o mandado de prisão temporária de cinco dias, decretado pelo Juízo da Vara Especializada de Meio Ambiente.

Emerson foi preso ao se apresentar na Dema, por maus tratos de animais e associação criminosa. Estava acompanhado dos pais e do advogado. O teor do depoimento não foi revelado pela Polícia Civil, nem pela defesa dele. Capoani diz que só irá se pronunciar após a conclusão das investigações e disse que segue em diligências.

O advogado Rodrigo Lázaro de Souza, ingressou nesta terça-feira com um pedido de revogação da prisão do estudante. Argumenta que a partir da apresentação espontânea dele, que prestou todas as informações à Polícia e ainda indicou o paradeiro da cadela (objeto do crime), não existe justificativa para a manutenção da prisão.

A expectativa é que o pedido seja apreciado na quarta-feira (26) com parecer favorável. O advogado que atua na área criminal há dois anos, concorda que a situação é atípica, mas que não deve fazer julgamento de valores em relação ao cliente, mas usar seu conhecimento em sua defesa.

Acredita que o jovem está arrependido e nega que ele integre um grupo de zoofilia, como argumenta o delegado. Depois que o vídeo ganhou as redes sociais, o jovem disse que já sofreu ameaças e seu veículo foi alvo de disparos de arma de fogo, naquele mesma noite em que pretendia se apresentar à Polícia. Coincidente ou não, a casa dele, no bairro Pedra 90, também foi invadida e vários objetos roubados após as denúncias.

Emerson informou que faz curso de odontologia na Universidade de Cuiabá, mas a assessoria da instituição informou que ele trancou o curso no ano de 2015 e não frequenta mas as aulas. Ele frequenta o local or atuar em comércio de venda de lanches, pertencente a família que funciona na instituição. Após a postagem do vídeo na página dele, nas redes sociais, passou a ser hostilizado pela comunidade estudantil.

Caso- Postado na página do Facebook na quarta-feira (19) ele afirmava que vídeo era destinado aos “amigos que ainda não viram”. As imagens foram feitas com o celular do acusado, dentro do banheiro de casa.

Depois de apresentar “Branquinha” diz que ela já está acostumada e gosta do sexo. Salienta que a cadela está no cio e que a relação é muito prazerosa. Afirma que iria dar banho nela mas acabou não resistindo e cometeu o ato.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, Twitter, YouTube e Instagram    



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 12 de maio de 2017

15:57 - Grupos de zoofilia serão investigados pela Polícia Federal

Sexta, 28 de abril de 2017

21:14 - Justiça solta estudante que fez sexo com cadela

16:37 - Delegado quer manter abusador de cadela preso

Terça, 25 de abril de 2017

13:52 - Polícia localiza cadela abusada por estudante

Segunda, 24 de abril de 2017

20:01 - Estudante que fez sexo com cadela depõe e vai preso

18:23 - Estudante que fez sexo com cadela se apresenta

12:42 - Delegacia do Meio Ambiente resgata dois cães de estudante zoófilo

Domingo, 23 de abril de 2017

10:28 - Polícia aguarda decreto de prisão para continuar 'caça' a estudante zoófilo

Sexta, 21 de abril de 2017

09:29 - Denúncia contra zooófilo repercute no mundo

Quinta, 20 de abril de 2017

20:55 - MP dá parecer favorável à prisão de estudante que divulgou vídeo abusando de cadela


// leia também

Terça, 25 de julho de 2017

11:46 - Esposas de presos denunciam marmita servida com pouca comida no presídio

11:23 - Amaggi alega que fazenda não é improdutiva

10:00 - Réplica fiel de Aparecida peregrina por 9 cidades de MT

06:54 - MST ocupa fazenda do Grupo Amaggi em Mato Grosso

Segunda, 24 de julho de 2017

18:54 - Patrulhamento aéreo completa 11 anos de atuação no Estado

15:19 - Batalhão ambiental apreende 300 kg de pescado irregular e três embarcações

14:56 - Seduc tem 8 licitações abertas para construção e reforma de escolas

14:46 - Estado encaminha dívidas de mais de 37 mil contribuintes para protesto

14:41 - Governo tem oito licitações abertas para construção e reforma de escolas

12:43 - Em seis meses, Mutirão da Limpeza chega a 36 bairros contemplados


 veja mais
Cuiabá, Terça, 25/07/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 25/07/2017
D0ab83a68d9c5d64ce32d7f10e3cc4b2 anteriores

WhatsApp




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Quatro CPIs podem funcionar no Congresso após o recesso de julho.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual