Linha dura | Gazeta Digital

Sexta, 13 de julho de 2018, 00h00

Linha dura


Com condições reais de ser eleita, de acordo com o que estariam revelando algumas pesquisas de intenção de voto, Selma Arruda precisa tomar de verdade as rédeas das negociações sobre as alianças do PSL.
Mais do que ficar descartando determinadas coligações e ameaçando abandonar sua pré-candidatura, a ex-juíza tem que dar início ao diálogo com quem acha que seria uma melhor opção e bater o martelo dentro do partido, mostrando que não entrou na política para ser massa de manobra.


Suspeita...

Não importa quantas vezes ele repita que não vai interferir, a primeira suspeita no meio político quando uma mudança drástica de rumo acontece é que teve o dedo de Blairo Maggi (PP). Não foi diferente no caso da articulação que está prestes a levar o MDB para o grupo que apoia a pré-candidatura ao governo de Mauro Mendes (DEM), ainda mais porque o caso veio à tona dias após o ministro e o ex-prefeito se reunirem, no último final de semana.
 

...tirada a limpo

E as suspeitas foram tão fortes que levaram a outra reunião. Pré-candidato ao governo prestes a ser abandonado, Wellington Fagundes (PR) chamou o presidente do PP, Ezequiel Fonseca, e foi tirar o assunto a limpo com Blairo Maggi. Ouviu o que o ministro vem falando desde fevereiro: que ele não vai interferir na eleição deste ano e que o PP está livre, leve e solto para fazer o que bem entender que seja melhor para o partido.

Isca

Preocupada (legitimamente, vale destacar) com coligações que possam manchar sua imagem de juíza linha dura, Selma Arruda parece ainda não ter percebido que está sendo vítima de outra ‘armadilha’ do meio político: tem sido usada como ‘isca’ para atrair aliados que beneficiem apenas o presidente do PSL, deputado federal Victório Galli, que, não é segredo para ninguém, está mais preocupado com a própria reeleição.

Desinformado...

Durante a audiência do caso, aliás, Jânio Calistro deu a entender que nem faria tanta falta assim na Câmara de Várzea Grande, caso tivesse o mandato cassado. Disse que não sabia que a lei o obrigava a devolver a arma de uso restrito da polícia quando se aposentou da profissão. Estava esperando que a instituição o ‘provocasse’ para fazer isso.

...desnecessário

Como bem destacado pelo juiz Eduardo Calmon logo em seguida, nenhum cidadão pode alegar desconhecer a lei, muito menos um policial. À fala do magistrado esta coluna acrescenta: menos ainda, um vereador. Se não conhece as regras que regem a instituição onde trabalhou até a aposentadoria, como esperar que faça direito o trabalho de vereador?

Preso e, talvez, cassado

Preso em flagrante nesta semana por estar com uma arma de uso restrito da polícia militar em um bar, o vereador Jânio Calistro (PSD) agora corre o risco de perder o mandato. É que o juiz Eduardo Calmon de Almeida, que determinou a prisão do parlamentar antes de ele ser solto por outro magistrado, resolveu encaminhar o caso para a Câmara de Várzea Grande. O entendimento de Calmon é que Calistro pode ser cassado por quebra de decoro parlamentar.

 

 

"Nada que um cafuné e uma
cerveja gelada não resolva"


Deputado Romoaldo Júnior sobre a resistência
do prefeito Emanuel Pinheiro o possível apoio do
MDB à candidatura ao governo de Mauro Mendes (DEM).

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

00:00 - Inconveniência

Terça, 17 de julho de 2018

00:00 - Aliança

Segunda, 16 de julho de 2018

00:00 - Opinião em comum

Domingo, 15 de julho de 2018

00:00 - Opções

Sábado, 14 de julho de 2018

00:00 - Problemas

Quinta, 12 de julho de 2018

00:00 - Ladeira abaixo

Quarta, 11 de julho de 2018

00:00 - Marketing

Terça, 10 de julho de 2018

00:00 - Síndrome de estocomo?

Domingo, 08 de julho de 2018

23:48 - O amor está no ar

00:00 - Insegurança


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 18/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/07/2018
93ae6ae9690a2b7358a5399642de1263 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o recesso dos parlamentares no mês de julho?




Logo_classifacil









Loja Virtual