Estratégia | Gazeta Digital

Sexta, 12 de maio de 2017, 00h00

Estratégia


Em que pese o PT de Cuiabá afirme que o juiz federal Sérgio Moro tem pretensões políticas, em razão da forma como se comporta nos processos nos quais Lula figura como réu, o analista político, jornalista Onofre Ribeiro afirma que a estratégia adotada pelo partido tem como objetivo desqualificar Moro, a exemplo do que foi feito com o então ministro Joaquim Barbosa, à época do julgamento do Mensalão. Muito se falou que Barbosa almejava disputar a presidência da República, tese que não vingou após sua saída do Supremo Tribunal Federal.

Crítica

Com a saída de Paulo Taques da Casa Civil, os comentários nos bastidores começaram a fervilhar. Um deles foi o seguinte: “Muitas vezes troca-se seis por meia dúzia. Outras vezes, seis por zero”, em relação ao nome escolhido para substituí-lo na função, o até agora secretário-adjunto da Casa Civil, José Adolpho de Lima Avelino Vieira. A frase veio de uma pessoa muito próxima ao Governo e que conhece bem os meandros do Executivo estadual.

Opinião

Para o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Dilmar Dal’ Bosco (DEM), a saída de Paulo Taques da Casa Civil não pode afetar o funcionamento do Executivo. “O Estado não pode parar. Ele fez um bom trabalho. Não sei por qual razão sai, mas vai continuar ajudando da mesma maneira”, declarou. Dilmar ainda ressaltou que Taques conseguiu manter um bom relacionamento com os Poderes.

De volta

Wilson Santos (PSDB) enfim retornou ao comando da Secretaria Estadual de Cidades. O tucano passou um mês exercendo mandato como deputado estadual na tentativa de evitar que a CPI das Obras da Copa prejudicasse a retomada do VLT em Cuiabá e Várzea Grande. Com isso, Jajah Neves (PSDB) retomou a vaga na Casa de Leis.

RGA

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), assinou decreto retroativo a 1º de maio, concedendo Revisão Geral Anual integral de 3,99% aos servidores ativos e inativos da Prefeitura de Cuiabá. A recomposição salarial foi uma das promessas de campanha do peemedebista, que venceu o segundo turno das eleições, na disputa contra Wilson Santos (PSDB).

Mais uma baixa

Paulo Taques não integra mais o secretariado do governador Pedro Taques (PSDB). Exonerado a pedido nesta quinta-feira (11), Paulo Taques afirma que voltará a se dedicar ao seu escritório de advocacia. A saída de Paulo Taques da Casa Civil é cogitada desde o ano passado. No entanto, só se confirmou neste momento. Com mais esta troca, o Governo soma mais de 20 substituições na equipe, em três anos de gestão. Assume a vaga José Adolpho de Lima Avelino Vieira, que já atuava no Governo.

Poucas & Boas

O secretário executivo do PSD-MT, Stephano Carmo, afirmou que é consenso dentro do partido de que as candidaturas em 2018 acontecerão naturalmente e de que o partido tem o compromisso com a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB). Stephano alerta que é muito cedo para se apontar este ou aquele nome como candidato para qualquer cargo político e de que o momento é de mostrar trabalho.

***

“O PSD tem como meta eleger o maior número de deputados estaduais e federais, além de pleitear espaço na eleição majoritária dentro do arco de alianças. Somos a segunda maior força política em representatividade. É legítimo trabalharmos essa meta. Temos bons nomes e todos terão a oportunidade de construir bases e de se consolidarem até 2018”. “O que vai definir os cargos é o poder de aglutinação dentro do partido e no seio da sociedade. É preciso ter base eleitoral. É preciso ter capilaridade e base política”, reforçou Carmo.

***

O PSD hoje é a segunda maior sigla do Estado, sendo que tem como filiado e presidente, o vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro; o senador da República, José Medeiros e a maior bancada de deputados estaduais na Assembleia Legislativa. Além disso, o partido possui 44 prefeitos e vice-prefeitos, 238 vereadores, bem como ampliou em 57% o número de filiados no último ano, conforme os dados do TRE.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Segunda, 19 de fevereiro de 2018

00:00 - Fundos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

00:00 - Decisões

Sábado, 17 de fevereiro de 2018

00:00 - Vaquinha

Sexta, 16 de fevereiro de 2018

00:00 - Fim do prazo

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

00:00 - Guerra à vista

Terça, 13 de fevereiro de 2018

00:00 - Nada de mágica

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

00:00 - Concurso

Domingo, 11 de fevereiro de 2018

00:00 - A todo vapor

Sábado, 10 de fevereiro de 2018

00:00 - Salvo por Momo

Sexta, 09 de fevereiro de 2018

00:00 - Festival de ofensas


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 19/02/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 19/02/2018
Dd6fa8cdd5651354f34e2d8507b62f0f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Mais uma operação policial tem como alvo deputados estaduais




Logo_classifacil









Loja Virtual