Emanuel na caça | Gazeta Digital

Domingo, 07 de maio de 2017, 00h00

Emanuel na caça


Cumprindo agenda em São Paulo, o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB) afirma que está buscando investimentos para a cidade. “Estou trabalhando em projetos que me dediquei desde o início do mandato, que são importantes para o futuro da cidade. Tenho buscado atrair investimentos para Cuiabá, apresentar propostas para levar empresas e indústrias para a cidade, na área de TI, infraestrutura e desenvolvimento urbano, educação, entre outros. O objetivo é atrair negócios e criar um vínculo da prefeitura com os principais centros do país, abrir ambiente de negócios para fortalecer a economia da cidade, gerando emprego e renda”. Só o que podemos desejar é que tenha boa sorte e que a empreitada renda frutos o mais breve possível.

Posse

Na próxima quarta-feira (10), o juiz do trabalho André Araújo Molina, tomará posse como presidente da Associação dos Magistrados do Trabalho da 23ª Região. Atualmente a associação é comandada pelo juiz Aguinaldo Locatelli.

Esticou a corda

Engrossando o coro entoado pelo governador Pedro Taques (PSDB) em todas as oportunidades que tem, o senador José Medeiros (PSD) resolveu pressionar o governo federal no sentido de obter mais investimentos para Mato Grosso. Ameaça deixar a vice-liderança no Senado, caso não haja a duplicação da BR-163. Taques sempre ressalta que Mato Grosso faz muito pelo Brasil e chegou a hora do país olhar mais para o Estado.

Derrubada

Está suspensa, por decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, a concessão de benefícios fiscais para empresas que vierem a se instalar no município de Chapada dos Guimarães. Uma lei municipal em vigor desde 2012 garantia isenção do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) e outros tributos a fim de estimular e atrair investimentos para o Município de 18,9 mil habitantes. Porém, em decisão unânime, o Pleno do TJ declarou a inconstitucionalidade da norma.

Recuo

Depois de toda a polêmica instalada com a possibilidade de extinção do Parque Serra Ricardo Franco, o propositor do decreto legislativo que sustava o decreto que criou o Parque, deputado Adriano Silva (PSB), resolveu tirar a proposta de tramitação. O Ministério Público estadual teve um papel preponderante no processo, quando não se furtou de comprar a “briga” no sentido de manutenção do parque.

Ousado

O secretário de Cidades do Estado, Wilson Santos (PSDB), afirmou que a meta é até dezembro colocar o aeroporto Marechal Rondon entre os 10 melhores do país. O terminal aeroportuário foi considerado o pior do país, ocupando o 15º lugar no ranking. “É uma promessa ousada e vou cumprir. Peguei o aeroporto na 15ª posição, tido como pior aeroporto do Brasil. Já subimos para a 14ª posição e atingimos a nota mínima que é 8”

Poucas & Boas

Marcelo Duarte adiantou, ainda, que o governo do Estado pretende construir uma grande ponte de concreto sobre o Rio Cuiabá, conectando a região do bairro Parque Atalaia (Coxipó) ao município de Várzea Grande, facilitando o acesso ao Aeroporto Marechal Rondon. Outra também deve ser construída sobre o Rio Vermelho, na rua W-11 ligando à BR-364, em Rondonópolis (214 km ao Sul de Cuiabá). Já os R$ 130 milhões da segunda operação de crédito serão destinados para pavimentação e reconstrução de rodovias. Entre as obras, o Governo espera pavimentar a MT-322, no trecho entre Matupá e o distrito de União do Note, além da rodovia entre Araputanga e Reserva do Cabaçal, a MT-388, em Campos de Júlio, e os primeiros quilômetros da Estrada do Matão (MT-473), em Pontes e Lacerda.

***

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, apresentou mais informações sobre as operações de crédito que garantiram R$ 600 milhões para o governo de Mato Grosso. Deste montante, R$ 470 milhões são para construção de pontes de concreto e mais R$ 130 milhões para pavimentação e reconstrução de rodovias. Duarte confirmou que as obras devem começar a ser executadas ainda neste ano. ‘Realmente foi uma alegria muito grande a concretização destas duas operações de crédito, que a gente vinha lutando para conseguir‘, afirmou o secretário, em entrevista à rádio Capital FM.

***

‘A grande maioria dos projetos de pavimentação que estamos executando hoje não contempla pontes de concreto. Então, essa notícia das pontes vem em ótima hora‘, completou. As obras fazem parte do Pró-Concreto, que será o maior programa de substituição de pontes da história de Mato Grosso. O financiamento será de 20 anos. Os R$ 470 milhões serão repassados para o Estado em três parcelas. O secretário explicou também que houve uma significativa economia de recursos, com a reavaliação da real necessidade de construção de pontes. ‘A gente conseguiu avaliar previamente que 40 pontes que estavam na antiga lista já podem ser transformadas em bueiros, que custa uma fração do preço. Com isso, vamos economizar bastante‘, afirmou.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Sexta, 22 de setembro de 2017

00:00 - Bloqueio

Quinta, 21 de setembro de 2017

00:00 - Vem de longe

Quarta, 20 de setembro de 2017

00:00 - Cura gay

Terça, 19 de setembro de 2017

00:00 - Discrição

Segunda, 18 de setembro de 2017

00:00 - Inquéritos

Domingo, 17 de setembro de 2017

00:00 - Retratação

Sábado, 16 de setembro de 2017

00:00 - Tentáculos

Sexta, 15 de setembro de 2017

00:00 - Malebolge

Quinta, 14 de setembro de 2017

00:00 - Lentidão

Quarta, 13 de setembro de 2017

00:00 - Criminalização


 veja mais
Cuiabá, Sexta, 22/09/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Sexta, 22/09/2017
E92cf67fcd8c519c4958954f838c8798 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Muitos que aparecem nos vídeos das delações ainda não deram explicações à sociedade




Logo_classifacil









Loja Virtual