Canal aberto | Gazeta Digital

Sábado, 29 de abril de 2017, 00h00

Canal aberto


A ida do PSD para a base do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) abriu mais uma porta para que o chefe do Executivo municipal pleiteie benefícios para a cidade. Depois da aproximação, o peemedebista já teria feito um pedido ao presidente estadual do PSD, vice-governador Carlos Fávaro, para que o Estado não deixe de cumprir com rigor os repasses para a saúde. O atraso no encaminhamento de recursos para este setor tem sido o calcanhar de Aquiles na gestão Pedro Taques (PSDB)

Infiel não

O deputado federal Fábio Garcia, destituído da presidência do PSB por votar a favor da reforma trabalhista, não vai aceitar o título de ‘infiel‘.Ele promete apresentar, na terça-feira (2), recurso ao Diretório Nacional para reaver a função de dirigente do partido em terras mato-grossenses

De mãos dadas?

Tal qual um mediador de conflitos, o presidente da ALMT, Eduardo Botelho, assume a tarefa de apaziguar a rusga entre o governador Pedro Taques e o presidente do TCE, Antonio Joaquim. Botelho acha que ambos precisam sentar, conversar e negociar, porque o momento é difícil e o Estado precisa estar “de mãos dadas” para sair desta crise. “Então vamos conversar e apaziguar os ânimos para todos ajudarem o Estado”, afirmou

Vaias

Ontem, durante o protesto organizado pela CUT contra as reformas Previdenciária e Trabalhista no centro de Cuiabá, os manifestantes não esqueceram da bancada federal de Mato Grosso. Um a um, os 6 deputados federais mato-grossenses que votaram favoráveis à Reforma Trabalhista, foram anunciados pelo som e vaiados em alto e bom som. Cartazes com a foto dos deputados foram exibidos com a expressões como “Traidor do povo”, “golpista”.

Anulado

Após a repercussão, em parte negativa, acerca da homenagem que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso fez ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condecorando-o com um título de cidadão mato-grossense, o presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho anulou a sessão que havia concedido a honraria. Alegou que cometeu um erro na condução da sessão pois fez um resumo e não leu os nomes de todos os homenageados fazendo com que os parlamentares aprovassem as homenagens sem saber que Lula era um dos agraciados.

Alfinetou

Ex-secretária do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC), Adriana Vandoni, alfinetou o governo do antigo chefe, Pedro Taques, no imbróglio entre o governador e o presidente do TCE, Antonio Joaquim. Em sua página no Facebook, Vandoni disse que ‘não deve ou não poderia existir dados sigilosos para órgãos fiscalizadores quando se pretende ser transparente.’ E ainda usou uma metáfora para marcar sua opinião: ‘O meio termo disso seria como estar meio grávida. Ou se é transparente ou não é’.

Poucas & Boas

Como forma de ajudar a promover o desenvolvimento do futebol no interior do país, o senador Wellington Fagundes (PR-MT) cobrou uma maior participação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nos Estados considerados periféricos. O pedido foi feito durante pronunciamento, esta semana, para  destacar a confirmação do clube União de Rondonópolis como segunda equipe a representar Mato Grosso no Campeonato Brasileiro da Série D e o esforço que será feito pela diretoria.

***

Campanha publicitária da Associação Mato-grossense dos Municípios - AMM lançada esta semana defende mudança na Lei Kandir, por meio da aprovação do Projeto de Lei Complementar nº 288/2016.
A alteração da Lei Kandir é uma das principais bandeiras municipalistas da AMM em 2017. A iniciativa visa à compensação integral aos entes federados das perdas de receita causada pela desoneração das exportações, estabelecida pela lei. A elaboração do Projeto de Lei 288 foi articulada pela AMM, que trabalhou em conjunto com a equipe do senador Wellington Fagundes, autor do projeto.

***

O ex-prefeito de Tapurah, Luiz Umberto Eickhoff, foi multado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso pela prática de nepotismo durante sua gestão à frente do Executivo daquele município.
A 5ª Relatoria apontou que a prática de nepotismo, que é uma falha classificada como gravíssima, foi identificada a partir da nomeação do servidor Elias Tanaju Borges, então assessor técnico IV daquela prefeitura, para o cargo de diretor de Pavimentação, no período de 05/10/15 a 16/05/16, enquanto sua irmã, Cláudia Maria Borges, ocupava a função de coordenadora de Planejamento e de secretária municipal de Educação, Esporte, Lazer e Cultura.
 



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Domingo, 25 de junho de 2017

00:00 - Na berlinda

Sábado, 24 de junho de 2017

00:00 - Horário reduzido

Sexta, 23 de junho de 2017

00:00 - Folha no dia 10

Quinta, 22 de junho de 2017

00:00 - Foi denúncia

Quarta, 21 de junho de 2017

00:00 - Gazeta deu o alerta

Terça, 20 de junho de 2017

00:00 - 3 anos, 4 partidos

Segunda, 19 de junho de 2017

00:00 - Luto 1

Domingo, 18 de junho de 2017

00:00 - Sem dinheiro

Sábado, 17 de junho de 2017

00:00 - Suspeita

Quinta, 15 de junho de 2017

00:00 - De volta ao começo


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/06/2017
F4efb389ae02fa6550d2b881ed704c83 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual