Mortos criminosos | Gazeta Digital

Terça, 25 de abril de 2017, 00h00

Mortos criminosos


Virou moda colocar a culpa de crimes supostamente cometidos em pessoas já falecidas. Primeiro foi o ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, atribuindo a Edemar Adams, Dante de Oliveira e Walter Rabello parte dos ilícitos cometidos na Casa de Leis. Na sequência, o ministro Blairo Maggi (PP), afirmou que o pagamento à Odebrecht foi feito pelo então secretário de Infraestrutura em sua gestão, Vilceu Marchetti. Mediante este pagamento é que teria sido feito um suposto pagamento de R$ 12 milhões a Maggi. A se confirmar a tese da Ressurreição, imagina o número de ex-mortos no Tribunal respondendo pelos seus supostos atos?

Em pauta

Os integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), presidida pelo deputado federal Nilson Leitão (PSDB), debatem hoje (25), na tradicional reunião-almoço das terças-feiras, a votação da reforma trabalhista, que está na pauta da Câmara desta semana. Também a reforma da Previdência será foco dos debates. Os parlamentares ainda vão dar atenção especial à questão do Funrural. De acordo com integrantes da Frente, é preciso definir uma solução para as pendências do passado e encaminhar uma proposta para o futuro. Houve chiadeira do setor produtivo depois da decisão do Supremo Tribunal Federal se posicionou pela constitucionalidade da contribuição ao Fundo de Assistência ao Trabalhadro Rural (Funrural).

Nova banca

A tendência é que Silval Barbosa (PMDB) opte por contratar os serviços do advogado Délio Lins, atuante em Brasília. O advogado já teria prestado assistência ao peemedebista nos recursos impetrados na capital federal, no âmbito das instâncias superiores. Embora o contrato não tenha sido fechado, a família de Silval já teria rondado Lins para a consultoria jurídica. Lins foi um dos defensores dos irmãos Antonio e Jacinto Lamas, no Mensalão.

Tô fora

Os advogados Valber Mello, Ulisses Rabaneda, Francisco Faiad, Artur Osti e Renan Serra renunciaram à defesa do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), depois do comunicado à imprensa feito pelo peemedebista de que adotaria nova estratégia, confessando os crimes praticados durante sua gestão no Palácio Paiaguás.

Atração

Neste domingo o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) anunciou o projeto Bora pra Orla, que visa oferecer mais uma opção de lazer aos cuiabanos aos domingos e feriados, na Orla do Porto. Segundo Pinheiro, uma das vias será interdita para que atividades sejam oferecidas às famílias cuiabanas, como futebol de sabão, vôlei de areia, postos com atendimento médico, parceria com a cozinha do Sesi, entre outras.

Interino

O servidor público Marcelo Roberto Klement passou a responder interinamente pela Secretaria Municipal de Saúde de Sinop, nesta segunda-feira (24), conforme portaria publicada no Diário Oficial dos Municípios e assinada pela prefeita, Rosana Martinelli (PR). Ele substitui o ex-secretário da pasta, Manoelito Rodrigues, que pediu exoneração na semana passada. Marcelo Klement é servidor efetivo da Prefeitura de Sinop desde 2009, quando trabalhou como enfermeiro na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Alto da Glória.

Poucas & Boas

No concurso realizado pela Fundação Carlos Chagas, 85 candidatos foram aprovados, entre as mais de 2.800 pessoas que se inscreveram. Dos 26 aprovados, 17 são homens e nove mulheres. Os candidatos aprovados e que não foram chamados agora ficarão no cadastro de reserva da PGE para eventual chamamento nos próximos dois anos, e que poderá ser prorrogado ainda por mais dois anos. O procurador geral do Estado, Rogério Gallo, comemora estas nomeações.

***

Segundo Gallo, os novos servidores serão lotados em várias áreas da PGE, mas três delas terão atenção especial: reforçar a Subprocuradoria Fiscal, em duas subprocuradorias regionais que devem ser instaladas ainda este ano, em Sinop e Rondonópolis, e a futura Subprocuradoria de Aquisições e Contratos. As ações atendem ao comando do chefe do Executivo, conforme explicitou o procurador-geral do Estado.

***

A Procuradoria Geral do Estado (PGE-MT) empossa hoje (25), 26 novos procuradores aprovados no concurso público realizado no ano passado. Eles irão integrar o quadro de 61 procuradores que atuam na instituição. A solenidade de posse ocorre às 10 horas, no Salão Cloves Vetoratto, do Palácio Paiaguás, em Cuiabá. O evento terá a presença do governador Pedro Taques (PSDB), que assinará os termos de nomeação.
 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Segunda, 18 de dezembro de 2017

00:00 - Recesso

Domingo, 17 de dezembro de 2017

00:00 - Foro privilegiado

Sábado, 16 de dezembro de 2017

00:00 - Perseguição?

Sexta, 15 de dezembro de 2017

00:00 - Adiado

Quinta, 14 de dezembro de 2017

00:00 - Atraso

Quarta, 13 de dezembro de 2017

00:00 - Artistas

Terça, 12 de dezembro de 2017

00:00 - Candidatura

Segunda, 11 de dezembro de 2017

00:00 - Clima natalino

Domingo, 10 de dezembro de 2017

00:00 - Motivos

Sexta, 08 de dezembro de 2017

00:00 - Salário


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/12/2017
2460d513a351119a678ad6c5220f2984 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Que presente de Natal a cidade de Cuiabá mereceria esse ano?




Logo_classifacil









Loja Virtual