Prefeito é preso por depositar lixo em aterro interditado no interior paulista | Gazeta Digital

Quinta, 14 de junho de 2018, 11h02

Prefeito é preso por depositar lixo em aterro interditado no interior paulista


Estadao

O prefeito da cidade paulista de Murutinga do Sul, Gilson Pimentel (PSDB), foi preso no fim da tarde desta quarta-feira, 13, acusado de crime ambiental. Ele teria autorizado depositar o lixo da cidade num aterro sanitário interditado pela Cetesb, a agência ambiental do Estado de São Paulo.

Um fiscal e três funcionários da limpeza pública da prefeitura também foram presos. A assessoria do prefeito diz que a cidade não tem onde depositar o lixo e luta há anos para regularizar a situação do aterro. O prefeito e os outros presos serão levado à audiência de custódia na tarde desta quinta-feira, 14, e a defesa espera que eles sejam libertados.

As prisões aconteceram após uma denúncia anônima de que um caminhão descarregava o lixo no aterro interditado. Uma equipe da delegacia seccional da Polícia Civil em Andradina (SP) foi ao local e flagrou o crime ambiental. O motorista do veículo informou que havia recebido a ordem do fiscal de posturas que, por sua vez, alegou que a determinação era do prefeito.

O fiscal, o motorista do caminhão de lixo e dois lixeiros também foram presos. O delegado Marcelo Zompero, que fez as prisões, não arbitrou fiança porque os crimes dos quais o prefeito e os servidores são acusados têm pena superior a quatro anos. Pimentel tem curso superior e passou a noite numa sala da delegacia.

De acordo com o assessor de comunicação da prefeitura, Reinaldo Aro, desde que o aterro foi interditado, no fim do ano passado, a cidade ficou sem ter onde depositar o lixo, que é coletado duas vezes por semana. ‘O prefeito pegou o município com dívida de R$ 6 milhões e não tinha condições de mandar o lixo para aterro particular. Houve pedido à Cetesb para depositar em valas, ao lado do lixão atual, mas o órgão ambiental não concordou. A cidade não pode ficar sem coleta, então é uma situação complicada‘, disse.

Conforme Aro, emergencialmente o município vai alugar contêineres de uma empresa de Três Lagoas (MS) para estocar o lixo, até que a situação do aterro seja resolvida. Com 4,8 mil habitantes, Murutinga do Sul é um dos 24 municípios paulistas que têm aterros sanitários - ou lixões a céu aberto - interditados pela Cetesb.

Na maioria dos casos, as prefeituras estão ‘exportando‘ o lixo para aterros de outras cidades. A agência ambiental da Cetesb em Dracena informou que a prefeitura de Murutinga já foi multada por depositar lixo de forma irregular no aterro interditado. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 16 de agosto de 2018

08:58 - PF deflagra ação contra tráfico de pessoas e trabalho escravo em SP

Quarta, 15 de agosto de 2018

08:45 - PF deflagra 2º fase da Operação Rosa dos Ventos contra sonegação de R$ 5 bi

Terça, 14 de agosto de 2018

17:30 - Operação prende 31 policiais militares em Campinas

10:38 - Quadrilha atira em seguranças e explode carro-forte na Anhanguera

Sábado, 11 de agosto de 2018

10:33 - Acusado por duplo feminicídio, homem é condenado a 35 anos de prisão

Sexta, 10 de agosto de 2018

14:45 - Mulher pula de carro em movimento após estupro na zona leste de SP

Quinta, 09 de agosto de 2018

12:08 - PF deflagra operação contra tráfico internacional de transexuais

11:16 - Polícia prende mais um suspeito pela morte da policial Juliane

10:59 - Em segundo dia de ataques, quadrilhas explodem mais 4 bancos no interior de SP

Terça, 07 de agosto de 2018

14:51 - São Paulo confirma contratação do meia Everton Felipe, do Sport


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

17:00 - Mulher é condenada a 6 anos de prisão por matar homem que a assediou

15:21 - Celular roubado levou à prisão de assassinos de funkeiro no Rio

15:08 - Erros e infecções em hospitais matam 6 a cada hora no Brasil

13:20 - PF e CGU investigam contratação de transporte escolar em Sergipe

13:00 - Unicamp apura pichações racistas e de apologia à violência

12:30 - Banqueiro é preso no Rio em operação da Lava Jato

09:11 - MP e polícia cumprem 72 mandados de prisão contra traficantes no Rio

Quarta, 15 de agosto de 2018

15:07 - Explosão em universidade do Rio de Janeiro fere três pessoas

14:57 - Sobe para 6 mortes e 1.237 número de casos de sarampo no Brasil

13:10 - Ataque com explosivos destrói agência bancária em Elias Fausto


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quinta, 16/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 16/08/2018
7d0914d59343b99cfc78f130aba8eeb9 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Cuiabá é uma cidade acolhedora para ciclistas?




Logo_classifacil









Loja Virtual