Quatro pessoas são presas em operação no camelódromo no centro do Rio | Gazeta Digital

Terça, 15 de maio de 2018, 11h39

Quatro pessoas são presas em operação no camelódromo no centro do Rio


Estadao

A Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (Draco/IE) prendeu na manhã desta terça-feira, 15, quatro pessoas acusadas de participar de uma organização criminosa que explora irregularmente boxes no camelódromo da Rua Uruguaiana, no centro do Rio, e de praticar extorsões. Também há indícios de que boxes foram comercializados por R$ 30 mil - a venda é proibida pela prefeitura. É investigada associação com milícia.

Um comerciante procurou a delegacia denunciando que foi cobrada dele uma taxa de R$ 5 mil para ter o boxe, além de uma outra, de R$ 120 por mês (R$ 30 por semana), a título de manutenção do espaço comum. O centro de comércio popular é localizado no coração da região central, área de enorme circulação de pessoas e de venda de produtos de baixo preço, como eletrônicos, roupas e acessórios para celular - parte dos itens, contrabandeada.

‘Ainda não temos prova concreta de participação de milícia, seria prematuro afirmar. Esse é o primeiro passo. Não havia interesse da associação apenas de administrar, mas também de auferir lucro. E existe uma forma de coação, fechando boxes de quem não paga. É uma ação policial que nunca foi desenvolvida aqui‘, afirmou o delegado Alexandre Herdy.

Os mandados foram expedidos pela 36Ð Vara Criminal da Capital contra o presidente da associação de comerciantes, o vice-presidente, o chefe da segurança e outros dois integrantes. Todos foram presos, à exceção do chefe da segurança, Sidney Nascimento dos Santos, o Grande, que não foi encontrado. A equipe da Draco foi para as ruas às 6h e cumpriu os mandados na capital e arredores. Foram apreendidos documentos da associação.

O presidente da entidade, João Lopes do Nascimento, um dos comerciantes fundadores do camelódromo e há dois anos na função, negou qualquer irregularidade. ‘Cobramos taxa associativa de manutenção para luz, água, limpeza, mas só 30% deles pagam. É uma única cobrança. Ninguém foi ameaçado‘, declarou à imprensa ao ser preso.

Comerciantes ouvidos pela reportagem disseram que a taxa semanal é justa, porque arca com custos de segurança (eles temem que boxes sejam roubados de madrugada) e limpeza. Eles contaram que luz e água são pagos à parte. Todos negaram a presença de milicianos no local.

A Draco investiga os crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, extorsão, venda de boxes por permissionários, além de venda e locação de espaços públicos.

Os boxes funcionam há mais de 20 anos num terreno entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Uruguaiana onde no passado havia um estacionamento. Os comerciantes são permissionários.  época da instalação do camelódromo, eles foram sorteados pela prefeitura, e ficou proibido o repasse de boxes.

O comerciante que denunciou o esquema à Draco disse que comprou nove boxes e que depois eles foram fechados pela associação. Os R$ 5 mil exigidos para que voltassem a funcionar foram cobrado para cada boxe, de modo que o montante somou R$ 45 mil. No dia 19 de abril, a prefeitura realizou uma ação no local e demoliu boxes construídos de forma irregular. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 19 de maio de 2018

11:17 - PF apreende 1 tonelada de maconha e mais 10kg de cocaína no Rio

10:09 - Polícia prende suspeitos de oferecer emprego falso no Rio

Domingo, 13 de maio de 2018

14:00 - Motociclista tenta furar bloqueio Militar e morre baleado por soldado no Rio

Quinta, 10 de maio de 2018

11:40 - Segurança é suspeito de assaltar agência bancária na zona norte do Rio

Quarta, 09 de maio de 2018

09:41 - Forças Armadas fazem operação em rodovias e comunidades do RJ

Sábado, 05 de maio de 2018

18:00 - Morrem policiais encontrados desacordados em viatura no Rio

09:13 - Ministro decreta prisão de Carlinhos Cachoeira por fraudes na loteria do Rio

Domingo, 29 de abril de 2018

08:50 - 131 presos em ação contra milícia já deixaram presídio no Rio

Sexta, 27 de abril de 2018

09:55 - Soltura de presos no Rio tem choro e revolta

Quarta, 25 de abril de 2018

11:53 - Polícia prende 12 pessoas em nova operação contra quadrilha de milicianos no Rio


// leia também

Quarta, 23 de maio de 2018

09:52 - Eduardo Azeredo já é considerado foragido pela Justiça de MG

09:46 - Pelo 3º dia, rodovias de 17 Estados têm bloqueios de caminhoneiros

09:41 - Termina nesta quarta-feira o prazo para pagamento da taxa do Enem

Terça, 22 de maio de 2018

14:49 - Dois militares do Exército são presos em carro com armamento pesado

14:41 - Dinheiro recuperado pela Lava Jato vai para escolas públicas do Rio

14:30 - Jornalista Alberto Dines morre aos 86 anos

13:00 - Nevoeiro atrapalha voos no aeroporto de Cumbica

11:14 - Quatro em cada 10 paulistanos são contra beijos entre LGBTs em público

10:01 - Ensino a distância cresce mais que presencial, mas gera desconfiança

09:45 - Protestos de caminhoneiros bloqueiam estradas de 14 estados


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 23/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 23/05/2018
C00a5c77f5135796e2f638a16979bea8 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Alta no preço dos combustíveis vem pesando no bolso do brasileiros




Logo_classifacil









Loja Virtual