Prova de exatas do Enem 2017 foi mais conteudista, avaliam professores | Gazeta Digital

Domingo, 12 de novembro de 2017, 17h30

BRASIL

Prova de exatas do Enem 2017 foi mais conteudista, avaliam professores


Agência Brasil

As provas de matemática e ciências da natureza do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, realizadas hoje (12) foram consideradas menos interpretativas e com mais cobrança de conteúdo. Por tradição, mesmo na prova de exatas, o exame costumava incluir muitas questões interpretativas e com relação direta com o cotidiano. Na avaliação do professor de biologia Rubens Oda, do curso online Descomplica, a maior dificuldade que os candidatos enfrentaram na prova de hoje foi a presença de conteúdos esperados, mas cobrados com maior nível de detalhamento.

Ele cita como exemplo uma questão de genética que abordou um detalhe específico sobre o processo de espiralização do cromossomo X. Segundo o professor, isso é algo pouco conhecido dos estudantes do ensino médio. “Era esperado que cair alguma coisa de genética, mas não no grau de profundidade e detalhamento que foi cobrado”, diz.

Na avaliação do professor, um bom desempenho na prova de hoje dependeu muito mais da preparação do que da concentração do estudante. “O que acontece é que o Enem, historicamente, é uma prova que pesava bastante na interpretação, na busca de avaliar competências e habilidades. O que ocorreu neste ano, com os conteúdos que foram cobrados em ciências da natureza, parece que volta a cobrar conteúdos que eram mais pertinentes ao antigo modelo de vestibulares. Ou seja, a prova está deixando de ser um teste que busca a cobrança de competências e habilidades e está voltando a ser mais conteudista”, avaliou.

Segundo ele, houve questões interpretativas, como as que tratam de análise de gráficos. Mas o peso dado aos itens com mais foco no próprio conteúdo foi maior do que em edições anteriores. Para ele, essa mudança é considerada um retrocesso na avaliação. “Acho um retrocesso. Principalmente no momento em que se discute o novo ensino médio, a nova Base Nacional Comum Curricular, a gente voltar a pensar em uma avaliação de conteúdos e não de habilidades e competências é um retrocesso. Ainda mais se levarmos em conta um país continental como o Brasil, que tem realidades educacionais muito diferentes nos seus estados”, disse.

O diretor de Ensino do Anglo, Paulo Moraes, considerou que o nível do Enem 2017 subiu em relação ao ano passado e que, apesar de exigir mais conhecimento do conteúdo, a prova não chega a ser “conteudista”.

“Prova boa, bem feita. Bem técnica, em biologia e ciêncas da natureza. O candidato, assim como na semana passada, tem que saber conteúdo . Não é um aprova conteudista, mas precisa saber o contudo para responder. Não é contudo de rodapé de livro, sem importância, com decorebas”, disse.

Para Moraes, não houve “ruptura” em relação ao padrão da prova da semana passada. “Assim como no domingo anterior eles exigiram conteúdo, mas também as habilidades e não o conteúdo pelo conteúdo”.

Matemática

O professor de matemática Gabriel Miranda também considerou a prova mais conteudista e "matematicamente mais pesada". “Lógico que sempre foi a cara do Enem as questões de interpretação, mas este ano foi um pouco menos do que em anos anteriores. Essa foi uma mudança que achei interessante, em geral a prova estava mais direta e mais bem escrita”, avaliou.

Entre os assuntos abordados na prova de matemática caíram razão e proporção, logaritmo, análise combinatória e probabilidade. “Eles talvez perceberam que precisavam de uma prova mais robusta, e foi o que aconteceu neste ano. A prova continuou numa crescente de conteúdo, de dificuldade em relação aos anos anteriores”, apontou Miranda.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 23 de abril de 2018

09:27 - Resultado da isenção de taxa no Enem será divulgado às 10h desta segunda

Segunda, 16 de abril de 2018

18:12 - Mais de 3,8 milhões pedem isenção da taxa de inscrição do Enem

14:40 - Segurança da prova do Enem é a principal preocupação do MEC, diz ministro

Sexta, 13 de abril de 2018

09:23 - Enem - prazo para pedir isenção da taxa de inscrição termina domingo

Quarta, 11 de abril de 2018

14:38 - Mais de 2,5 milhões de candidatos já pediram isenção da taxa de inscrição

Segunda, 09 de abril de 2018

11:58 - Prazo para pedido de isenção da taxa de inscrição do Enem 2018 é ampliado

Sexta, 06 de abril de 2018

16:53 - Prazo para pedir isenção no Enem é ampliado para 15 de abril

Segunda, 02 de abril de 2018

16:36 - Solicitação de isenção na taxa do Enem começa nesta segunda-feira

Sábado, 31 de março de 2018

13:30 - Prazo para isenção da taxa de inscrição do Enem começa na segunda-feira

Terça, 27 de março de 2018

14:03 - Provas do Enem não serão mais difíceis este ano, garante Inep


// leia também

Segunda, 23 de abril de 2018

15:57 - Criança de 11 anos é estuprada por 14 homens em baile funk no litoral

15:48 - Agência brasileira levará pessoas ao espaço por 250 mil dólares em 2020

14:20 - Venezuelanos andam por 5 dias na estrada para chegar a Boa Vista

13:21 - Acidente entre caminhonete, carreta e ônibus deixa 6 mortos e 12 feridos

09:13 - Veja mitos e verdades sobre a gripe; vacinação começa nesta segunda-feira

Domingo, 22 de abril de 2018

18:00 - Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa nesta segunda

11:00 - Em fuga num campinho de futebol, adolescente morre com tiro no tórax

10:55 - Alertas por salmonella em produtos brasileiros sobem 1.400% na Europa

Sábado, 21 de abril de 2018

18:30 - Assalto a vereador acaba em tiroteio com a PM na zona sul do Rio

15:00 - Em situação financeira delicada, Corinthians ainda deve até para o técnico Tite


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 23/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 23/04/2018
341f42bd8a1ff7d0703a6e07e44980a2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Brasil deveria fechar a fronteira com a Venezuela?




Logo_classifacil









Loja Virtual