MEC vai distribuir R$ 90 mil para ganhadores do Prêmio Vivaleitura | Gazeta Digital

Quinta, 12 de outubro de 2017, 19h08

MEC vai distribuir R$ 90 mil para ganhadores do Prêmio Vivaleitura


Agência Brasil

A edição deste ano do Prêmio Vivaleitura vai distribuir R$ 90 mil aos ganhadores. Dos 1.803 trabalhos inscritos, 201 estão na categoria bibliotecas públicas, privadas e comunitárias; 904 em escolas públicas e privadas; 698 em sociedade — empresas, organizações não-governamentais, pessoas físicas, universidades e instituições sociais. O vencedor de cada categoria receberá R$ 30 mil em dinheiro.

MEC/Wanderley Pessoa/Divulgação

Na edição deste ano, bibliotecas públicas, privadas e comunitárias concorrem com 201 projetos

De acordo com a coordenadora do prêmio, Telma Teixeira, da Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI), uma comissão de professores convidados analisará todos os projetos e selecionará cinco por categoria. Posteriormente, um grupo de especialistas avaliará os 15 projetos e escolherá os três vencedores, que serão conhecidos no momento da premiação.

Objetivos

A entrega do quarto Prêmio Vivaleitura está prevista para 22 de outubro, em São Paulo, com a participação dos 15 finalistas. Eles participação de uma série de atividades culturais. Entre elas, visita ao Museu da Língua Portuguesa.

Os objetivos do prêmio são ampliar e melhorar o acesso dos cidadãos à leitura, valorizar o livro como instrumento cultural e apoiar a criação e a produção de obras literárias. O prêmio é uma promoção conjunta dos ministérios da Educação e da Cultura, sob a coordenação da OEI e com patrocínio da Fundação Santillana, da Espanha.

O Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) apoiam a iniciativa.

Prêmios

De 2006, quando foi criado, a 2008, o prêmio distribuiu R$ 270 mil entre nove projetos vencedores. No ano passado, foram premiadas experiências com leitura desenvolvidas nas cidades de São Paulo e de Londrina (PR) e em comunidades rurais da Amazônia Legal — área que compreende os seis estados da região Norte e parte dos estados de Mato Grosso, Tocantins e Maranhão.

Foram vencedores em 2008, o projeto Ônibus Biblioteca, desenvolvido pelo sistema municipal de bibliotecas da Secretaria de Cultura de São Paulo, na categoria bibliotecas; Palavras Andantes, iniciativa de formação de leitores desenvolvida em 80 escolas públicas da rede municipal de Londrina, no item escolas; e Expedição Vaga Lume, projeto de formação de mediadores de leitura e de gestores de bibliotecas comunitárias em áreas rurais da Amazônia Legal, na categoria sociedade.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 15 de outubro de 2017

12:16 - Futuros professores falam do amor pela profissão e sonham com melhorias

08:54 - Carreira de professor desperta cada vez menos o interesse de jovens

Sexta, 06 de outubro de 2017

10:20 - Alunos ganhadores da Medalha Paulo Freire destacam história de Cuiabá

Quinta, 05 de outubro de 2017

13:33 - MEC libera R$ 1,2 bi para universidades e institutos federais

Quinta, 28 de setembro de 2017

09:57 - MEC autoriza criação de 127 cursos superiores em instituições privadas

Quarta, 13 de setembro de 2017

23:30 - Inep muda horários de aplicação do exame a estudantes do EJA

Terça, 12 de setembro de 2017

20:31 - Mais de 3,5 milhões de crianças refugiadas estão fora da escola

13:26 - Mais da metade dos adultos brasileiros não chegam ao ensino médio

Segunda, 11 de setembro de 2017

21:00 - MEC diz que não abrirá mão de antecipar alfabetização até o 2º ano

Quarta, 06 de setembro de 2017

11:24 - MEC estuda meios de ampliar formação docente


// leia também

Terça, 17 de outubro de 2017

13:18 - Justiça mantém preso comandante de UPP por porte de arma ilegal

13:05 - Polícia Civil deflagra operação para prender ladrões de carros no DF

10:35 - Sobe número de denúncias contra suspeito de estupro nos Jardins

09:57 - Igreja defende alimento granulado de Doria; entidade critica

09:34 - Planos rejeitam até 30% das indicações de cirurgia após reavaliação médica

Segunda, 16 de outubro de 2017

17:34 - Redação do Enem que desrespeitar direitos humanos pode receber nota zero

17:08 - Enfermeiros protestam no Rio contra decisão judicial que limita sua atuação

15:31 - Ministério da Saúde quer melhorar atendimento a pacientes indígenas

14:54 - MEC prorroga para novembro prazo de aditamento do Fies

10:12 - Quadrilha explode cofre de empresa, ataca quartel e mata policial


 veja mais
Cuiabá, Terça, 17/10/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 17/10/2017
D2bab0a64433d8a82c0d6ba1796fedd3 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Executivo não irá encaminhar um novo projeto de suplementação orçamentária à Câmara.




Logo_classifacil









Loja Virtual