Universidade tem um mês para concluir investigação sobre fraude em cotas raciais | Gazeta Digital

Quarta, 27 de setembro de 2017, 15h10

até o fim de outubro

Universidade tem um mês para concluir investigação sobre fraude em cotas raciais


Agência Brasil

O Comitê Permanente de Controle para Acesso à Reserva de Cotas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) tem até o fim de outubro para apresentar os resultados das investigações sobre supostas fraudes nas cotas raciais da instituição.

O prazo de 30 dias para a entrega das conclusões foi definido em audiência pública realizada na última semana, no campus-sede da instituição, em Cruz das Almas, na Bahia.

Reprodução/Facebook

O prazo de 30 dias para a entrega das conclusões foi definido em audiência pública realizada na última semana, no campus-sede da instituição, em Cruz das Almas, na Bahia.

Em março de 2016, estudantes da universidade denunciaram ao Ministério Público Federal (MPF) que alguns alunos haviam ingressado no curso de medicina por meio de fraude no sistema de cotas raciais. No mesmo mês, a UFRB criou um grupo de trabalho para propor mecanismos de acompanhamento e controle da aplicação da Lei de Cotas e a instituição abriu processos internos para apurar as denúncias.

De acordo com o MPF, a universidade recebeu a recomendação dirigida ao reitor, em outubro de 2016, para que fossem apresentadas as conclusões das apurações. No entanto, o MPF informou que até o momento a UFRB não enviou as conclusões.

Procurada pela Agência Brasil, a universidade não se pronunciou.

Criado no final de agosto, o Comitê Permanente de Controle para Acesso à Reserva de Cotas da instituição deve investigar e acompanhar a aplicação da Lei de Cotas e apurar suspeitas ou denúncias.

Audiência pública

A partir das denúncias feitas em março de 2016, o procurador da República na Bahia, Fábio Conrado Loula, abriu inquérito para fazer a apuração. Na semana passada, com o inquérito ainda em andamento, foi realizada a audiência pública que debateu o processo de preenchimento de vagas e as supostas fraudes praticadas por estudantes de medicina. Na audiência foi definido o prazo para a conclusão dos trabalhos do comitê.

De acordo com a Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis da instituição – criada em 2006 – a UFRB tem 12.345 estudantes, sendo que 83,4% são negros. Das vagas oferecidas pela universidade, 50% são para alunos de escolas públicas. As vagas se distribuem, ainda, de acordo com a renda familiar, deficiências físicas e etnias (pretos, pardos e indígenas). 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 02 de agosto de 2018

14:56 - Ministério Público da Bahia investigará caso de jovem desaparecido em 2014

Sexta, 22 de junho de 2018

11:21 - Morre aos 91 anos o ex-governador da Bahia e ex-ministro da Defesa Waldir Pires

Terça, 19 de junho de 2018

18:30 - Governador da Bahia adia anúncio de chapa majoritária

Terça, 12 de junho de 2018

09:46 - Segurança proíbe comida a menino em shopping e vídeo gera revolta

Quinta, 10 de maio de 2018

15:42 - Exame detecta edema e Diego Souza desfalca o São Paulo contra o Bahia

Terça, 17 de abril de 2018

18:00 - Ibama apreende 7,7 mil litros de agrotóxicos ilegais no oeste da Bahia

Quarta, 04 de abril de 2018

12:50 - Técnico do Esporte Clube Bahia é hospitalizado após sofrer arritmia cardíaca

Domingo, 28 de janeiro de 2018

14:00 - TSE nega retirada de outdoors de Bolsonaro no interior da Bahia

Terça, 23 de janeiro de 2018

17:16 - Negligência e imprudência motivaram naufrágio de barco na Bahia, diz investigação

Quarta, 08 de novembro de 2017

12:14 - Prefeita de Porto Seguro se apresenta à PF


// leia também

Quinta, 16 de agosto de 2018

17:00 - Mulher é condenada a 6 anos de prisão por matar homem que a assediou

15:21 - Celular roubado levou à prisão de assassinos de funkeiro no Rio

15:08 - Erros e infecções em hospitais matam 6 a cada hora no Brasil

13:20 - PF e CGU investigam contratação de transporte escolar em Sergipe

13:00 - Unicamp apura pichações racistas e de apologia à violência

12:30 - Banqueiro é preso no Rio em operação da Lava Jato

09:11 - MP e polícia cumprem 72 mandados de prisão contra traficantes no Rio

08:58 - PF deflagra ação contra tráfico de pessoas e trabalho escravo em SP

Quarta, 15 de agosto de 2018

15:07 - Explosão em universidade do Rio de Janeiro fere três pessoas

14:57 - Sobe para 6 mortes e 1.237 número de casos de sarampo no Brasil


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Quinta, 16/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 16/08/2018
7d0914d59343b99cfc78f130aba8eeb9 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Cuiabá é uma cidade acolhedora para ciclistas?




Logo_classifacil









Loja Virtual