Santa Catarina tem onde de ataques; governo culpa facções | Gazeta Digital

Sábado, 02 de setembro de 2017, 13h15

Santa Catarina tem onde de ataques; governo culpa facções


Estadao

Santa Catarina registrou pelo menos 14 ataques a prédios públicos e unidades de segurança em 11 cidades, entre a tarde de anteontem e a madrugada de ontem. No caso mais ousado, a sede administrativa do governo de Santa Catarina, em Florianópolis, foi alvo de dez disparos. O Estado liga a série de ataques a facções, incluindo o Primeiro Comando da Capital (PCC).

As forças de segurança estão em alerta desde o início da semana, quando um policial militar foi morto em Joinville. Na quarta-feira, um policial da reserva também foi executado em Camboriú. A tensão aumentou na tarde de anteontem, quando um PM foi ameaçado com arma de fogo por dois homens na frente da residência em Joinville, por volta das 18h30.

Meia hora depois, uma viatura foi incendiada em Criciúma, no sul do Estado. Outros 13 ataques em seis cidades se sucederam até as 4h30 da manhã de ontem, quando um veículo Nissan Tiida foi incendiado no município de Navegantes, na região do Vale do Itajaí.

No caso mais grave, por volta da meia-noite, dois homens em uma motocicleta atiraram com uma pistola de 9 milímetros contra a guarita da PM que faz a guarda da sede do governo na SC-401. Havia um policial de plantão no momento, que não foi ferido.

Sobre as causas que teriam motivado as ações criminosas, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, disse tratar-se de um movimento nacional. ‘É uma situação que desafia o Brasil todo, um movimento nacional do crime organizado. A polícia está trabalhando em duas vertentes, todo o processo de inteligência está ativo 24 horas por dia, conduzindo todas as informações‘, afirmou o governador. ‘Temos uma estratégia de ação bem discutida, e esse trabalho é uma integração total, de todas as forças de segurança, em nível federal, estadual e municipal, agindo juntas, em todo o território. Vamos enfrentar isso com todo o rigor.‘

Organização - Colombo não detalhou se há indícios da ação de uma organização criminosa nesta que já é a quinta onda de atentados contra agentes de segurança desde 2012. O assunto é tratado com sigilo pela cúpula de Segurança Pública, mas a ligação com o PCC - em grau ainda indefinido - seria clara.

A Polícia Militar emitiu uma nota oficial para destacar que intensificou as operações policiais para o enfrentamento da criminalidade, ‘principalmente relacionados aos acontecimentos recentes, envolvendo membros e instalações dos órgãos de segurança‘. Além disso, destacou que ‘ataques aos órgãos de segurança pública afrontam a sociedade catarinense, a ordem pública e a paz social‘

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 30 de janeiro de 2018

11:36 - Bruno Henrique desfalca Santos em clássico e Victor Ferraz é dúvida

Domingo, 14 de janeiro de 2018

15:00 - Sobe para 25 número de municípios de Santa Catarina afetados por chuvas

Sexta, 12 de janeiro de 2018

14:21 - Assassinato de professor indígena foi por motivo fútil, diz delegado

Quinta, 11 de janeiro de 2018

17:00 - Santa Catarina registra três mortes após temporais; previsão é de mais chuva

Terça, 09 de janeiro de 2018

14:40 - Garoto morre após explosão de foguete em praia de Santa Catarina

14:13 - Casal é encontrado com vida 36 horas após veículo cair em ribanceira em SC

Quinta, 04 de janeiro de 2018

14:02 - Professor indígena é morto a pauladas em Santa Catarina

Sexta, 24 de novembro de 2017

10:15 - Operação República Velha da PF ataca corrupção eleitoral em SC

Domingo, 05 de novembro de 2017

08:52 - Casal perde guarda da filha de 7 meses com múltiplas fraturas

Sábado, 02 de setembro de 2017

09:48 - Ônibus escolar é incendiado em Santa Catarina


// leia também

Domingo, 17 de junho de 2018

15:13 - Menina Vitória Gabrielly é enterrada no município de Araçariguama

09:58 - Ministério da Saúde tenta identificar origem de surto de toxoplasmose

09:46 - Após intervenção, número de tiroteios cresceu 36% no RJ

Sábado, 16 de junho de 2018

17:00 - Brasil é país mais preocupado com notícias falsas, diz estudo global

16:30 - Cai percentual de estudantes que querem ser professores, diz OCDE

16:00 - Associação critica projetos para rádios comunitárias

14:00 - Atlas liga violência a indicadores sociais

09:09 - Jungmann sugere que intervenção continue por mais um ano no RJ

09:03 - Itamaraty acompanha casos de crianças separadas dos pais nos EUA

Sexta, 15 de junho de 2018

13:10 - Metade dos homicídios no Brasil ficou concentrada em 123 cidades em 2016


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/06/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/06/2018
4e47432e5d7c10f8cc440c97a233c10f anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Canarinho Pistola, mascote da seleção brasileira, foi vetado dos jogos da Copa




Logo_classifacil









Loja Virtual