Gripe H1N1 mata 137 pessoas este ano em São Paulo | Gazeta Digital

Sexta, 05 de agosto de 2016, 15h23

Brasil

Gripe H1N1 mata 137 pessoas este ano em São Paulo


R7

Entre 1º de janeiro e 23 de julho deste ano, 137 pessoas morreram na cidade de São Paulo em decorrência da gripe Influenza A H1N1. No mesmo período de 2015, nenhuma morte por Influenza A H1N1 foi registrado na cidade. Em todo o ano passado, houve 12 casos de H1N1, sem nenhum óbito. Os dados foram divulgados hoje (5) pela Secretaria Municipal de Saúde.

Neste ano, segundo a secretaria, foram registrados 4.871 casos de Srag (Síndrome Respiratória Aguda Grave) na cidade, sendo que, do total, 1.351 foram confirmados para vírus Influenza. Dentre os casos de Influenza, a grande maioria (1.182 casos) era de Influenza A H1N1.

No mesmo período de 2015, 733 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave foram notificados na cidade. Deste total, 119 foram confirmados para Influenza e três de Influenza A H1N1. Entre janeiro e julho do ano passado, 69 pessoas morreram por Srag, mas não houve o registro de nenhum óbito por Influenza A H1N1.

Segundo a secretaria, o registro de casos do vírus H1N1 vem caindo na cidade desde abril, com o início da campanha antecipada de vacinação. O pico de notificação ocorreu entre os dias 13 de março e 16 de abril, quando foram registrados 77% do total de casos (912) e 73% do total de óbitos (100 mortes). “A vacinação foi efetiva para prevenir óbitos, uma vez que somente 8,8% destes ocorreram após o período médio de resposta imunológica e proteção”, informou a prefeitura de São Paulo.

Ela diz que a atividade do vírus causador da Influenza pode ser “variável e imprevisível” e que, nos últimos anos, observou-se na cidade que a atividade do vírus tem começado mais cedo, com pico no mês de maio, antes do inverno.

Prevenção

Para prevenir a doença, as recomendações são lavar frequentemente as mãos com água e sabão; não compartilhar utensílios como copos e talheres; cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar; utilizar lenços descartáveis e jogá-los no lixo após o uso; manter os ambientes ventilados e tomar a vacina contra a gripe, especialmente se fizer parte dos grupos de risco como gestantes, crianças e idosos. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 18 de maio de 2018

12:48 - Confirmada vacinação da gripe para este sábado em Cuiabá e VG

Quinta, 17 de maio de 2018

14:29 - Prefeitura investigará morte de criança de dois anos por suspeita de H1N1

Sexta, 11 de maio de 2018

15:55 - Dia D de vacinação contra a gripe será neste sábado em todo o país

15:29 - Saúde confirma mais 2 mortes por influenza em Mato Grosso

Sexta, 04 de maio de 2018

10:04 - Morte de bebê por suspeita de H1N1 em Alta Floresta é investigada

Sexta, 27 de abril de 2018

14:03 - Casos suspeitos de influenza sobem para 102 em uma semana no Estado

Quarta, 25 de abril de 2018

17:34 - Prefeitura confirma morte de professora por H1N1 em Sorriso

Terça, 24 de abril de 2018

16:05 - Exames confirmam morte de mulher pelo vírus influenza em Tangará

Segunda, 23 de abril de 2018

14:54 - Mulher morre em VG com suspeita de H1N1 e homem segue internado

Terça, 17 de abril de 2018

16:18 - UPA é fechada após caso suspeito de gripe H1N1 em VG


// leia também

Domingo, 20 de maio de 2018

14:00 - Bope fere dos homens e apreende armamento pesado em Santa Teresa

09:11 - Caso da morte de Marielle joga luz sobre milícia em alta

09:04 - Tempo gasto em computadores afeta bem-estar de jovens, diz pesquisa

Sábado, 19 de maio de 2018

17:30 - Imunização contra gripe só atinge 40% do previsto em SP

11:17 - PF apreende 1 tonelada de maconha e mais 10kg de cocaína no Rio

10:09 - Polícia prende suspeitos de oferecer emprego falso no Rio

Sexta, 18 de maio de 2018

17:30 - Ministério descredencia 5% dos estabelecimentos ligados ao Farmácia Popular

17:00 - Queda de aeronave com R$ 1,5 mi em barras de ouro mata 2 no AM

13:22 - Denúncias de homicídios contra LGBTs mais que dobram em 2017

13:16 - Analfabetismo recua, mas Brasil ainda tem 11,5 mi sem ler e escrever


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 20/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 20/05/2018
Af7895dd5d44ae30a0df41bad44cfd58 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Entre as novidades nos tratamentos de saúde, qual o mais importante?




Logo_classifacil









Loja Virtual