Governistas entregam ao presidente ordem para que ele renuncie na África do Sul | Gazeta Digital

Terça, 13 de fevereiro de 2018, 10h37

mundo

Governistas entregam ao presidente ordem para que ele renuncie na África do Sul


Estadao

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, se aferrava ao poder nesta terça-feira, apesar de uma ordem do partido governista, o Congresso Nacional Africano (ANC, na sigla em inglês), para que deixe o posto, em meio a múltiplas alegações de corrupção. O secretário-geral da ANC e seu vice visitaram a residência presidencial em Pretória na manhã da terça-feira. Segundo a televisão oficial, eles entregaram uma carta a Zuma que ordenava sua saída do posto.

Business Live

No Parlamento, uma reunião de lideranças de todos os partidos está marcada para a manhã da quarta-feira, em uma aparente preparação para uma moção de censura contra o presidente. O ANC tem ampla maioria na Casa, por isso pode retirar Zuma mesmo sem o apoio da oposição. Os oposicionistas, de qualquer modo, já haviam pedido a queda do presidente.

Representantes de Zuma e o ANC não responderam os pedidos de entrevista. O partido agendou entrevista coletiva para mais tarde nesta terça-feira para atualizar o país sobre sua decisão a respeito do futuro do presidente.

A pressão pela saída de Zuma aumentou em dezembro, quando a ex-mulher e candidata favorita dela perdeu a disputa para ser a líder do ANC. Zuma passou dez anos na prisão junto com Nelson Mandela por seus esforços para derrotar o apartheid, mas agora é pressionado a deixar o partido antes da eleição geral do próximo ano, para melhorar a imagem da sigla, após várias acusações de corrupção contra ele, sua família e alguns de seus aliados mais próximos. Ele garante ser inocente.

Pelas regras internas da ANC, o Comitê Executivo Nacional do partido, que se reuniu no início desta terça-feira, tem o direito de retirar do posto quem não cumprir as regras. Na prática, porém, depende do funcionário seguir as ordens. Pela Constituição sul-africana, um presidente pode ser removido com uma moção de censura do Parlamento ou um processo de impeachment. Isso forçaria Zuma e seu gabinete a sair e a presidente do Parlamento, Baleka Mbete, assumiria o posto por até 30 dias, até que os legisladores escolhessem um novo presidente.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

10:25 - Cyril Ramaphosa é eleito presidente pelo Parlamento da África do Sul

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

11:43 - Sou injustiçado por meu partido e não dizem por que devo sair, diz Zuma

Terça, 16 de janeiro de 2018

16:11 - Metade da população da República Centro-Africana precisa de ajuda humanitária

Segunda, 18 de dezembro de 2017

16:00 - Cyril Ramaphosa é eleito presidente do principal partido da África do Sul

Segunda, 29 de maio de 2017

11:49 - Presidente da África do Sul sobrevive a nova moção de desconfiança

Sexta, 21 de abril de 2017

11:44 - Acidente com transporte escolar mata 18 crianças e 2 adultos na África do Sul

Sexta, 25 de novembro de 2016

09:45 - Pastor usa inseticida para 'curar' pessoas

Segunda, 31 de outubro de 2016

10:26 - Promotoria arquiva acusação contra ministro da África do Sul

Segunda, 12 de setembro de 2016

15:50 - Presidente da África do Sul devolve parte do dinheiro público usado em reforma


// leia também

Terça, 24 de abril de 2018

15:55 - Youtuber que ensinou saudação nazista a cachorro pagará multa

15:41 - Motorista de atropelamento em Toronto é acusado de assassinato

12:58 - OMS defende vacinação universal na Semana Mundial da Imunização

11:09 - Conservador eleito no Paraguai dependerá da oposição para governar

10:41 - Polícia canadense evita ligar atropelamento a terrorismo; mortes chegam a 10

Segunda, 23 de abril de 2018

17:39 - Polícia confirma 9 mortos e 16 feridos em atropelamento

17:15 - Suspeito de atacar restaurante no Tennessee é preso

15:10 - Van atropela pedestres em Toronto, Canadá

13:10 - Mario Benítez vence eleição no Paraguai e promete país sem divisões

09:33 - Acordo entre México e UE são sinal para o mundo, diz autoridade do bloco


 veja mais
Cuiabá, Terça, 24/04/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 24/04/2018
F07df325ee82be3e6dacdf41b9f307dc anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Você confia nos resultados de pesquisas eleitorais?




Logo_classifacil









Loja Virtual