Trump ordena 'cercar e aniquilar' Estado Islâmico em todos os lugares | Gazeta Digital

Sexta, 19 de maio de 2017, 14h51

secretário de Defesa dos EUA

Trump ordena 'cercar e aniquilar' Estado Islâmico em todos os lugares


Agência Brasil

O secretário de Defesa dos EUA, general James Mattis, anunciou nesta sexta-feira (19) que o presidente Donald Trump ordenou a adoção da estratégia de "cercar e aniquilar" o Estado Islâmico (EI) em todas as zonas onde o grupo jihadista opera. As informações são da agência EFE.

Em uma coletiva de imprensa no Pentágono, Mattis assegurou que o objetivo é que o EI não escape das zonas onde resiste, a fim de eliminá-lo. Junto ao chefe do Estado Maior, general Joseph Dunford, Mattis anunciou uma "mudança tática" que não buscará deslocar os jihadistas de suas posições, mas "cercá-los".

Impedir a fuga

A nova estratégia - que não se restringirá à Síria e ao Iraque apenas, mas também alcançará outros lugares onde há presença do grupo jihadista, como Líbia e Afeganistão - pretende fazer com que os combatentes estrangeiros que se juntaram ao EI não possam fugir e retornar a seus países.

"Os combatentes estrangeiros são uma ameaça estratégica", apontou Mattis, dizendo que "aniquilará" essa ameaça para que não ponham em risco outros países.

Ele disse que as regras de combate não mudarão e que continuará tentando fazer o possível para minimizar as vítimas civis nos bombardeios e operações americanas de apoio às forças locais na Síria e no Iraque.

O anúncio da nova estratégia ocorre na véspera do início da primeira viagem internacional de Trump como presidente à Arábia Saudita, Israel e Europa, onde a luta contra o terrorismo jihadista será tema central das conversas, especialmente na capital saudita Riad e na reunião de cúpula da Otan, em Bruxelas.

Recuperação

As forças iraquianas estão a ponto de libertar totalmente a cidade iraquiana de Mosul, que há três anos marcou o início da rápida expansão do Estado Islâmico na Síria e Iraque. Além disso, forças curdas e árabes, aliadas da coalizão contra o grupo terrorista, estão preparando uma ofensiva contra a cidade de Al Raqqa, na Síria, tida como a capital de fato do grupo jihadista. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 23 de junho de 2017

11:58 - Suspensão de importação de carne pelos EUA não afeta aves e suínos, diz ABPA

Quinta, 22 de junho de 2017

15:33 - Trump diz que não tem gravações de suas conversas com ex-diretor do FBI

Quarta, 21 de junho de 2017

14:04 - Aeroporto dos EUA é evacuado após agente ser esfaqueado

Terça, 20 de junho de 2017

13:51 - Vazam na web dados pessoais de 60% da população dos EUA

Quarta, 14 de junho de 2017

14:51 - Funcionário abre fogo contra empresa e mata pelo menos 2

Terça, 13 de junho de 2017

11:30 - Nos EUA, epidemia das drogas levou a 900 mil detenções

09:38 - O resgate de uma mulher encontrada 'presa como um cachorro' em contêiner

Segunda, 12 de junho de 2017

15:11 - Tribunal de apelações dos EUA mantém veto a decreto anti-imigração de Trump

09:37 - Trump será processado por receber verbas do exterior em suas empresas

Sexta, 09 de junho de 2017

16:02 - Trump pode processar ex-diretor do FBI por 'mentir' em audiência


// leia também

Sábado, 24 de junho de 2017

09:59 - Política de Trump produz menos deportações e mais prisões de imigrantes

09:48 - Deslizamentos deixam pelo menos 120 desaparecidos na China

Sexta, 23 de junho de 2017

16:22 - Líderes da UE apoiam avanços em negociações comerciais com México e Mercosul

15:50 - Político republicano baleado em tiroteio de Virginia, nos EUA, deixa a UTI

14:47 - Rússia dispara mísseis contra Estado Islâmico na Síria

12:04 - Coreia do Norte nega que tenha torturado americano detido no país

09:00 - Ex-dona de casa onde Hitler nasceu luta contra desapropriação

08:57 - Polícia diz que incêndio em prédio residencial de Londres começou em um freezer

Quinta, 22 de junho de 2017

16:09 - França aprova polêmico projeto de lei antiterrorista

16:01 - Cerca de 5% da população mundial consumiu drogas em 2015, diz ONU


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 25/06/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 25/06/2017
F4efb389ae02fa6550d2b881ed704c83 anteriores




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Segundo a ONU a população mundial chegará a 8,6 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual