Israel seria fonte de dados passados por Trump à Rússia | Gazeta Digital

Terça, 16 de maio de 2017, 17h07

mundo

Israel seria fonte de dados passados por Trump à Rússia

ANSA


Reuters

As informações confidenciais passadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, teriam sido fornecidas por Israel.

A notícia foi publicada em primeira mão pelo jornal "The New York Times" e pode comprometer as relações entre Washington e seu aliado histórico, com quem Trump vinha promovendo uma reaproximação após os anos de tensão bilateral com o democrata Barack Obama.

Além disso, o republicano visitará o país no início da semana que vem. "Israel tem completa confiança no compartilhamento de inteligência com os Estados Unidos e quer reforçar essa relação nos anos sob presidência de Trump", minimizou o embaixador israelense nos EUA, Ron Dermer, citado pelo "NYT".

Já o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, se recusou a comentar a notícia. As informações secretas foram reveladas durante um encontro com Lavrov na semana passada, e o próprio Trump admitiu o fato. "Como presidente, eu quis compartilhar com a Rússia, o que eu tenho o direito absoluto de fazer, fatos relativos ao terrorismo e à segurança aérea", escreveu o presidente no Twitter.

Segundo reportagem do jornal "The Washington Post", Trump deu ao chanceler russo detalhes sobre os motivos de seu governo ter proibido o uso de notebooks, câmeras fotográficas e tablets em voos provenientes de países do norte da África e do Oriente Médio.

O republicano também teria revelado de onde partira a informação de que o grupo terrorista Estado Islâmico estava testando bombas em laptops (supostamente Israel) e o nome do colaborador estrangeiro que fizera a denúncia. A informação era tão secreta que nem mesmo membros do governo norte-americano tinham acesso a ela, já que a nação de origem do espião cobrara sigilo por parte da Casa Branca.

O caso arrisca provocar repercussões nas relações entre os EUA e seus principais aliados ocidentais. Fontes da União Europeia disseram nesta terça-feira que podem parar de compartilhar segredos de inteligência com Washington caso fique comprovado que Trump passou dados secretos para a Rússia. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 16 de dezembro de 2017

08:45 - Vaca foge duas vezes de presépio nos EUA e é capturada por policiais

Terça, 12 de dezembro de 2017

09:41 - Embaixador dos EUA no Reino Unido diz esperar visita de Trump no próximo ano

Segunda, 11 de dezembro de 2017

14:25 - Reforma tributária nos EUA pode distorcer o comércio internacional

11:22 - Vítima de bullying recebe apoio de celebridades

11:00 - Polícia de Nova York confirma explosão em terminal de ônibus

Quarta, 06 de dezembro de 2017

11:00 - Trump reconhecerá Jerusalém como capital de Israel e levará embaixada para lá

Segunda, 04 de dezembro de 2017

08:30 - EUA e Coreia do Sul fazem exercício militar, em momento de tensão regional

Quinta, 30 de novembro de 2017

09:03 - Herói de massacre no Texas é a favor do controle de armas

Quinta, 23 de novembro de 2017

10:36 - Após sair do coma, mulher descobre que o marido e a irmã morreram

Terça, 21 de novembro de 2017

11:09 - Morre o garoto que pediu cartões para antecipar o seu último Natal


// leia também

Segunda, 18 de dezembro de 2017

09:46 - Três semanas após o pleito, presidente de Honduras é declarado reeleito

09:23 - Presidente do Peru diz que ganhou 'algum dinheiro' com a Odebrecht

08:25 - Macron assume papel de líder da Europa em reunião de cúpula da UE

06:19 - Sebastián Piñera vence segundo turno e volta à presidência do Chile

Domingo, 17 de dezembro de 2017

09:34 - Sem favorito, chilenos decidem em segundo turno novo presidente do país

09:29 - Morales é confirmado como candidato do MAS à reeleição em 2019

Sábado, 16 de dezembro de 2017

09:56 - Congresso do Peru dá primeiro passo para impeachment do presidente Kuczynski

09:16 - Exército nigeriano prende mais de 400 pessoas ligadas ao Boko Haram

Sexta, 15 de dezembro de 2017

16:09 - Turismo internacional cresce e registra mais de 1,1 bilhão de viajantes

15:57 - Empresas americanas prometem recorrer contra o fim da neutralidade de rede


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/12/2017
2460d513a351119a678ad6c5220f2984 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Que presente de Natal a cidade de Cuiabá mereceria esse ano?




Logo_classifacil









Loja Virtual