Oposição faz protestos nas ruas da Venezuela contra Maduro e Constituinte | Gazeta Digital

Segunda, 15 de maio de 2017, 15h43

Oposição faz protestos nas ruas da Venezuela contra Maduro e Constituinte


Agência Brasil

Centenas de venezuelanos foram mais uma vez às ruas do país hoje (15), em uma manifestação convocada pela oposição para protestar contra o governo do presidente Nicolás Maduro e contra a convocação de uma nova Constituinte no país. As informações são da agência EFE.

Os críticos do governo começaram a se reunir desde a madrugada em pontos estipulados pela Mesa de Unidade Democrática (MUD), principal aliança de oposição. A previsão é que a atividade de prolongue por 12 horas como forma de mostrar uma "resistência pacífica".

Os deputados da MUD publicaram imagens nas redes sociais mostrando venezuelanos nas ruas nas principais cidades do país. Eles também recomendam que os opositores não fechem as artérias que não foram incluídas no planejamento da atividade de hoje.

Bombas de gás

Apesar do caráter pacífico da manifestação, a polícia de Carabobo, estado na região central da Venezuela, e a Guarda Nacional Bolivariana dispersaram com bombas de gás lacrimogêneo um protesto na principal avenida da cidade de Valência.

Os opositores ocuparam a Autoestrada do Leste, único ponto de manifestação marcado pela MUD na cidade. Imagens de uma emissora local mostram os agentes reprimindo o protesto com bombas e balas de borracha quando os opositores de Maduro tentaram interromper a circulação na via por completo.

Em Caracas, os manifestantes se concentram em dois locais: em um trecho da Autopista Francisco Fajardo, a mais importante da cidade, e também na Avenida Victoria, no oeste da capital.

Golpe de Estado

O protesto, chamado de "grande plantão nacional", faz parte da agenda de manifestações que tiveram início depois que o Tribunal Supremo de Justiça, acusado de servir ao chavismo, retirou as prerrogativas do Parlamento, controlado pela oposição.

A pressão nas ruas aumentou ainda mais quando Maduro anunciou, no último dia 1º de maio, a convocação de uma assembleia Constituinte para redigir um novo ordenamento jurídico como “a única" maneira de conseguir a paz. A oposição vê a medida como um golpe de Estado, e acusa o presidente de tentar se perpetuar no poder.

Algumas das manifestações, iniciadas há 45 dias, têm terminado em violência. Segundo o último balanço oficial, 39 pessoas já morreram e centenas ficaram feridas desde o início dos protestos. A polícia da Venezuela já prendeu no período mais de 2.000 suspeitos. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 26 de setembro de 2017

10:42 - Cresce número de pedidos de asilo de venezuelanos na União Europeia

Segunda, 25 de setembro de 2017

13:38 - Venezuela classifica como 'irracional' decreto de Trump contra o país

Quinta, 14 de setembro de 2017

09:25 - Chavismo e oposição se reúnem na República Dominicana para retomar diálogo

Segunda, 11 de setembro de 2017

13:52 - ONU diz que podem ter sido cometidos 'crimes contra humanidade' na Venezuela

Quarta, 06 de setembro de 2017

23:40 - Sanções de Trump põem em risco envio de petróleo aos EUA

Terça, 05 de setembro de 2017

10:47 - Maduro desiste de ir à abertura do Conselho de Direitos Humanos da ONU

Quarta, 30 de agosto de 2017

10:19 - Entidade da ONU diz que democracia está 'à beira' da morte na Venezuela

Sábado, 26 de agosto de 2017

15:00 - Governo da Venezuela determina fechamento de duas emissoras de rádio

Quinta, 24 de agosto de 2017

17:27 - Venezuela prepara exercícios militares para fazer frente à 'ameaça imperial'

11:18 - Denúncias de Luisa Ortega contra cúpula chavista têm efeito jurídico limitado


// leia também

Terça, 26 de setembro de 2017

14:40 - Em Porto Rico, cenário de 'Despacito' foi arrasado por furacão Maria

14:31 - Terrorista que participou dos atentados em Paris quer assistir ao próprio julgamento

09:42 - Coreia do Norte mobiliza aviões após o envio de bombardeiros dos EUA

08:10 - China bloqueia WhatsApp antes de congresso do Partido Comunista

Segunda, 25 de setembro de 2017

17:58 - Trump não é contra ninguém, diz porta-voz dos EUA sobre protesto da NFL

17:12 - ONU apoia unidade do Iraque e diz que referendo curdo pode desestabilizar região

13:57 - Após avanço nas eleições, extrema-direita alemã enfrenta divisões internas

13:48 - Coreia do Norte acusa Trump de 'declarar guerra' a Pyongyang

13:05 - Rússia teme protestos financiados pelos EUA em campanha presidencial

10:13 - Mais um corpo é encontrado na escola que desmoronou em terremoto


 veja mais
Cuiabá, Terça, 26/09/2017
 
Facebook Instagram
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 26/09/2017
783754c3175812cdf62663a53916e7cd anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Divulgação de novas gravações pode anular acordo de delação de Silval Barbosa




Logo_classifacil









Loja Virtual