Oposição faz protestos nas ruas da Venezuela contra Maduro e Constituinte | Gazeta Digital

Segunda, 15 de maio de 2017, 15h43

Oposição faz protestos nas ruas da Venezuela contra Maduro e Constituinte


Agência Brasil

Centenas de venezuelanos foram mais uma vez às ruas do país hoje (15), em uma manifestação convocada pela oposição para protestar contra o governo do presidente Nicolás Maduro e contra a convocação de uma nova Constituinte no país. As informações são da agência EFE.

Os críticos do governo começaram a se reunir desde a madrugada em pontos estipulados pela Mesa de Unidade Democrática (MUD), principal aliança de oposição. A previsão é que a atividade de prolongue por 12 horas como forma de mostrar uma "resistência pacífica".

Os deputados da MUD publicaram imagens nas redes sociais mostrando venezuelanos nas ruas nas principais cidades do país. Eles também recomendam que os opositores não fechem as artérias que não foram incluídas no planejamento da atividade de hoje.

Bombas de gás

Apesar do caráter pacífico da manifestação, a polícia de Carabobo, estado na região central da Venezuela, e a Guarda Nacional Bolivariana dispersaram com bombas de gás lacrimogêneo um protesto na principal avenida da cidade de Valência.

Os opositores ocuparam a Autoestrada do Leste, único ponto de manifestação marcado pela MUD na cidade. Imagens de uma emissora local mostram os agentes reprimindo o protesto com bombas e balas de borracha quando os opositores de Maduro tentaram interromper a circulação na via por completo.

Em Caracas, os manifestantes se concentram em dois locais: em um trecho da Autopista Francisco Fajardo, a mais importante da cidade, e também na Avenida Victoria, no oeste da capital.

Golpe de Estado

O protesto, chamado de "grande plantão nacional", faz parte da agenda de manifestações que tiveram início depois que o Tribunal Supremo de Justiça, acusado de servir ao chavismo, retirou as prerrogativas do Parlamento, controlado pela oposição.

A pressão nas ruas aumentou ainda mais quando Maduro anunciou, no último dia 1º de maio, a convocação de uma assembleia Constituinte para redigir um novo ordenamento jurídico como “a única" maneira de conseguir a paz. A oposição vê a medida como um golpe de Estado, e acusa o presidente de tentar se perpetuar no poder.

Algumas das manifestações, iniciadas há 45 dias, têm terminado em violência. Segundo o último balanço oficial, 39 pessoas já morreram e centenas ficaram feridas desde o início dos protestos. A polícia da Venezuela já prendeu no período mais de 2.000 suspeitos. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Segunda, 18 de junho de 2018

15:51 - Líderes do Mercosul assinam declaração para pressionar a Venezuela

Segunda, 04 de junho de 2018

13:27 - Estados Unidos pedem suspensão da Venezuela da OEA

Quinta, 24 de maio de 2018

19:12 - Contestado, Maduro toma posse para novo mandato na Venezuela

Quarta, 23 de maio de 2018

10:14 - Funcionários públicos relatam ameaças por não terem votado na Venezuela

Segunda, 21 de maio de 2018

16:09 - Maduro convoca todos que participaram da eleição a montar 'agenda construtiva

10:33 - Brasil e mais 13 países não reconhecem resultado das eleições na Venezuela

09:36 - Maduro vence eleição em que menos da metade votou; opositor denuncia fraude

Domingo, 20 de maio de 2018

10:10 - Venezuela escolhe presidente em meio a crise e boicote da oposição

Sábado, 19 de maio de 2018

13:30 - Países latino-americanos contestam Maduro e dizem ter recebido 1,5mi de migrantes

Quinta, 17 de maio de 2018

15:13 - Pesquisas eleitorais indicam que Maduro será reeleito


// leia também

Quarta, 20 de junho de 2018

15:24 - Proposta para encerrar separação de famílias imgirantes irá a voto nos EUA

15:00 - Homem tenta espantar cobra e coloca fogo na própria casa na Finlândia

11:14 - Ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli cumprirá pena em uma penitenciária

10:36 - Jornalista dos EUA chora ao vivo ao noticiar separação de crianças dos pais

Terça, 19 de junho de 2018

19:30 - Líder republicano diz apoiar lei que deixa famílias imigrantes juntas nos EUA

14:29 - Merkel e Macron se unem por orçamento do euro e combate à imigração ilegal

14:16 - Tailândia cumpre primeira pena de morte em nove anos

13:30 - Crime cresce na Alemanha desde que país passou a aceitar imigrantes, diz Trump

12:00 - Temer vincula impopularidade à crise de governos passados

09:36 - Norte-americanos têm dificuldade para diferenciar fatos de opiniões


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 21/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 21/06/2018
993364e9a9f5ce444d02868cc0a18565 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual o futuro de Neymar nessa Copa do Mundo?




Logo_classifacil









Loja Virtual