Oposição venezuelana convoca novas manifestações para esta quinta-feira | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 09h14

Mundo

Oposição venezuelana convoca novas manifestações para esta quinta-feira

Ansa


R7

A oposição venezuelana convocou para hoje (20) mais um protesto contra o governo do presidente Nicolás Maduro, apesar dos confrontos e das mortes nas manifestações das últimas semanas, que já somam sete vítimas.

Um dos líderes opositores, Henrique Capriles, confirmou que a marcha desta quinta-feira (20) partirá de vários pontos da capital, Caracas, assim como já ocorreu nas manifestações anteriores, como a de ontem, que foi a maior até o momento.

"Saimos às ruas em milhões de pessoas e agora devemos ser maiores ainda", disse Capriles, acusando a polícia de "provocar a violência".

Reuters

Milhares de venezuelanos aderiram ontem a vários protestos em 26 diferentes zonas do país para exigir novas eleições e a libertação do opositor Leopoldo López, mantido em prisão pelo regime de Maduro. Em contrapartida, apoiadores do presidente também organizaram uma manifestação em Caracas para demonstrar suporte ao sucessor de Hugo Chávez.

Uma das imagens mais emblemáticas do protesto de ontem em Caracas foi a de uma mulher encarando, sozinha, um carro blindado da Guarda Nacional Bolivariana. Segurando a bandeira da Venezuela nas mãos, ela conseguiu fazer o veículo recuar.

Outras fotos dos dois jovens mortos ontem pela polícia, Paola Ramirez, de 23 anos, e Carlos José Moreno, de 17 anos, também circularam nas redes sociais e provocaram reações da oposição.

Os dois foram atingidos na cabeça por tiros de agentes e apoiadores do governo. Um policial acabou morrendo nos protestos também. A crise política na Venezuela dura há anos e se intensificou após a morte do ex-líder Hugo Chávez, em março de 2013.

Desde que assumiu a Presidência, Nicolás Maduro enfrenta situações de desabastecimento, instabilidade econômica, inflação e descontentamento de parte da população. Para conter a oposição, o governo de Maduro prendeu opositores e enfraqueceu a Assembleia Nacional, retirando imunidades dos parlamentares e reduzindo os poderes da Casa.

A Igreja Católica, sob aval do papa Francisco, tenta mediar negociações entre governo e oposição para solucionar a crise política. Países da América Latina também já demonstraram preocupação com a escalada da tensão no país.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 12 de dezembro de 2017

09:34 - Mortes violentas na Venezuela superam as de países em guerra

Domingo, 10 de dezembro de 2017

10:06 - Venezuela tem eleições municipais

Segunda, 04 de dezembro de 2017

09:29 - Venezuela anuncia criação de uma criptomoeda para contornar sanções dos EUA

Sábado, 02 de dezembro de 2017

11:03 - Na Venezuela, primo de ex-ministro do petróleo é preso em investigação de corrupção

Quinta, 30 de novembro de 2017

16:17 - Venezuela prende dois ex-presidentes da estatal petrolífera PdVSA

Quarta, 29 de novembro de 2017

15:34 - Nicolás Maduro tentará a reeleição na Venezuela em 2018

Sexta, 17 de novembro de 2017

10:00 - Credores internacionais anunciam calote da Venezuela em títulos da dívida

Segunda, 06 de novembro de 2017

15:56 - Deputados opositores são impedidos de entrar no Parlamento da Venezuela

Sexta, 03 de novembro de 2017

19:43 - Preços dos bônus da Venezuela recuam após Maduro anunciar reestruturação

Segunda, 16 de outubro de 2017

21:37 - EUA questionam eleições estaduais na Venezuela


// leia também

Segunda, 18 de dezembro de 2017

16:00 - Cyril Ramaphosa é eleito presidente do principal partido da África do Sul

14:39 - May defende caminho adotado pelo governo britânico nas negociações do Brexit

14:29 - Greve geral contra reformas na Argentina cancela voos e atinge brasileiros

09:46 - Três semanas após o pleito, presidente de Honduras é declarado reeleito

09:23 - Presidente do Peru diz que ganhou 'algum dinheiro' com a Odebrecht

08:25 - Macron assume papel de líder da Europa em reunião de cúpula da UE

06:19 - Sebastián Piñera vence segundo turno e volta à presidência do Chile

Domingo, 17 de dezembro de 2017

09:34 - Sem favorito, chilenos decidem em segundo turno novo presidente do país

09:29 - Morales é confirmado como candidato do MAS à reeleição em 2019

Sábado, 16 de dezembro de 2017

09:56 - Congresso do Peru dá primeiro passo para impeachment do presidente Kuczynski


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 18/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 18/12/2017
2460d513a351119a678ad6c5220f2984 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Que presente de Natal a cidade de Cuiabá mereceria esse ano?




Logo_classifacil









Loja Virtual