Delegado não interrogará médica para concluir inquérito sobre atropelamento | Gazeta Digital

Quinta, 26 de abril de 2018, 16h00

morte de verdureiro

Delegado não interrogará médica para concluir inquérito sobre atropelamento

Rayane Alves, repórter do GD


Divulgação

Letícia Bortolini não será intimada a comparecer á delegacia pois disse em ofício que só falará em juízo

A médica Letícia Bortolini, 37, acusada de atropelar e matar o vendedor de verduras Francisco Lúcio Maia, 48, não será interrogada pelo delegado Christian Cabral, titular da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), e responsável pelas investigações para concluir o inquérito policial que deve acontecer nos próximos dias. O acidente foi registrado no dia 14 de abril, na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, próximo do bairro Cidade Verde.

Além de estar supostamente embriagada, a possibilidade de que a condutora estivesse em alta velocidade também é investigada. Após o atropelamento, ela não parou para prestar socorro. Letícia estava acompanhada  do marido, que também é médico, após terem saído de um festival que acontecia na cidade.

Nesta quarta-feira (25), Letícia comunicou a Polícia Civil que se apresentaria para um novo interrogatório se lhe fosse assegurado "o resguardo de sua integridade física". Conforme o delegado, ela informou no documento que tinha pretensões de ajudar o trabalho das investigações, porém, iria manter o direito de se manifestar apenas na Justiça.

Gazeta Digital

Delegado Christian Cabral

Dessa forma o delegado decidiu não intimar a médica. "Não é que desisti, mas não tem porque gastar energia em uma coisa que sabemos que não irá render. Achei, inclusive, esse requerimento dela bem confuso, pois como ela fala que quer colaborar e ao mesmo tempo ficar calada? O acusado em uma investigação ele não pode contribuir contra si mesmo, mas ele tem o direito de falar em sua defesa e muitas vezes até provar sua inocência. Então vou aguardar a perícia e concluir o inquérito porque estou com as mãos atadas", disse Christian Cabral.

Agora, a investigação deverá ser finalizada com os laudos periciais, vídeos gravadas pelas câmeras de segurança dos pontos comerciais e depoimento de testemunhas.

O caso - No dia do acidente, a médica alegou não ter percebido que atropelou uma pessoa. Achou que fosse um animal e sequer parou o veículo. Uma testemunha que presenciou o acidente seguiu o veículo até o condomínio onde o casal de médicos mora e depois acionou a Polícia. Levada para a Central de Flagrantes, Letícia se negou a fazer o teste do bafômetro. Ao passar por audiência de custódia, ela teve prisão preventiva decretada pelos crimes de omissão de socorro, lesão corporal, homicídio doloso e direção perigosa.

A médica ficou detida no presídio feminino Ana Maria do Couto May por 3 dias até conseguiu um habeas corpus dado pelo desembargador Orlando de Almeida Perri do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. O magistrado considerou que Letícia não apresentava evidências de embriaguez, possui “bons predicados pessoais”, além de ter um filho de um ano de idade.

Por outro lado, o juiz Flávio Miraglia Fernandes, da 12ª Vara Criminal de Cuiabá, requereu que uma equipe de assistência social averigue se a criança depende exclusivamente da guarda e dos cuidados da mãe. A determinação foi feita com base no pedido do Ministério Público do Estado (MPE), que busca obter nova prisão da médica. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 03 de agosto de 2018

10:56 - Médica que atropelou verdureiro é indiciada por homicídio doloso e embriaguez

Segunda, 25 de junho de 2018

17:21 - Sindicato denuncia perito que assina laudo paralelo e cobra investigação

Sexta, 15 de junho de 2018

15:20 - Empresa emite 2º laudo que aponta Jeep a 118 km/h durante acidente

10:15 - Reconstituição de acidente utiliza áudio e vídeo para medir velocidade de Jeep - veja vídeo

Terça, 12 de junho de 2018

12:05 - Delegado Christian Cabral registra BO contra perito da Politec após coletiva

Segunda, 11 de junho de 2018

18:36 - Peritos acusam delegado de usar parecer plagiado em inquérito de atropelamento

Sexta, 08 de junho de 2018

19:16 - Laudo paralelo aponta que veículo conduzido por médica estava acima de 95 km/h

16:30 - Sindicato dos peritos defende laudos de acidente que matou verdureiro e detona delegado

Quarta, 06 de junho de 2018

11:02 - Laudo da Politec aponta que Jeep que matou verdureiro estava a 30 km/h

Terça, 05 de junho de 2018

17:02 - TJ revoga cautelares e autoriza médica que atropelou verdureiro a viajar para SP


// leia também

Terça, 21 de agosto de 2018

09:21 - Polícia investiga morte de Idosa que caiu dentro de residência em Cuiabá

09:00 - Estudante de medicina assassinada no Paraguai foi torturada e arrastada

08:43 - Homem fica ferido ao ser esfaqueado em boteco

Segunda, 20 de agosto de 2018

18:02 - Polícia Civil recebe fuzis para uso em combate ao tráfico de drogas

17:44 - Filho acusado de matar pai esganado é preso pela Polícia Civil

17:21 - Mais de 170 tênis apreendidos em fiscalização são doados à filantropia

16:52 - Menina de 8 anos morre em UPA de Cuiabá com suspeita de estupro

14:03 - Agentes impedem fuga e Bope apreende dinamites perto de muro de presídio - veja fotos

10:27 - Estudante de medicina de MT é morta com 15 facadas no Paraguai

09:35 - Filho mata pai com facada no peito durante bebedeira


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Terça, 21/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 21/08/2018
0135128071c39302ecab461e97c644d7 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Candidatos ao Palácio Paiaguás já divulgaram os planos de governo




Logo_classifacil









Loja Virtual