Bando causa prejuízo de cerca de R$ 2 milhões a agências bancárias | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 09h58

polícia

Bando causa prejuízo de cerca de R$ 2 milhões a agências bancárias

Izabel Barrizon, repórter do GD


A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) cumpriu na manhã desta quinta-feira (20), 3 dos 4 mandados de prisão contra integrantes de quadrilha de assaltantes de bancos, em Cuiabá. Um dos criminosos, Jorge Marcelo de Souza Nazário, o "Naza" já preso no ano passado, é apontado novamente como um dos líderes do bando.

GCCO/MT

Jorge Marcelo de Souza Nazário, o Nazo, Antônio dos Santos e Everton Pereira Oliveira, Lebre

Delegado Diogo Santana de Souza, titular da GCCO, explica que o grupo é suspeito de praticar pelo menos 3 assaltos a agências bancárias na Capital nos últimos meses.

As investigações apontam que a quadrilha, liderada ainda por Everton Pereira Oliveira, 33, conhecido por "Lebre", roubou a agência do Banco do Brasil, no Distrito Industrial, em abril de 2016, além de serem suspeitos dos assaltos contra os bancos da cooperativa de crédito - Sicredi - na Barão de Melgaço, em janeiro do ano passado e do Bradesco, na avenida Carmindo de Campos, em 2015.

"Lebre" foi preso em Várzea Grande, com documento falso. "Ele apresentou uma CNH em nome de outra pessoa, mas como já o conhecíamos, cumprimos o mandado", relata Santana.

Ainda conforme o delegado, Antônio de Souza também teve mandado cumprido, sendo o terceiro detido na operação. O quarto integrante da quadrilha, Josemar Gomes Amado, o "Formiga", permanece foragido.
Ao todo, delegado aponta prejuízo de cerca de R$ 2 milhões para as agências, sendo que já pediu o bloqueio das contas bancárias dos suspeitos, para tentar reaver parte da quantia roubada.

GCCO/MT

Josemar Gomes Amado, o Formiga, ainda foragido

"Chegamos até eles depois das prisões do vigilante do Banco do Brasil, que passou as chaves da trava, e o Nazo, agia como olheiro, do lado de fora da agência".

Delegado explica que na ocasião do assalto contra o Banco do Brasil, no Distrito Industrial, Everton Pereira, o "Lebre", entrou vestido com a farda da Polícia Militar, para dar a impressão de normalidade no local durante o crime.

O ex-vigilante do banco, Jairo Garcia Boa Sorte foi preso em julho do ano passado, após descoberto que entregou o controle reserva da porta giratória do banco para o ex-policial militar, Uesdra de Souza, expulso da corporação.

Uesdra foi preso em Curitiba, no Paraná. Atualmente, os 2 respondem pela participação no assalto ao banco, com uso de tornozeleira eletrônica do sistema penitenciário.

Equipe pede apoio da população para denunciar pistas sobre o foragido "Formiga", e disponibilizou um disque denúncia, pelo número: 65 99323-0457.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 11 de maio de 2018

10:40 - Bandidos invadem Correios, fazem reféns e fogem com dinheiro

Terça, 08 de maio de 2018

07:40 - Ladrões destroem agência do Bradesco com explosivos

Sexta, 04 de maio de 2018

08:00 - Ladrões de banco são presos em operação da Polícia Civil

Terça, 24 de abril de 2018

08:20 - Ladrões quebram paredes do Itaú, arrombam cofre e fogem após alarme disparar

Segunda, 23 de abril de 2018

16:35 - Quadrilha arromba agência do Sicoob, pratica furto e 2 são presos

Quarta, 14 de março de 2018

08:45 - Três ladrões morrem em confronto com a PM durante assalto a cooperativa

Terça, 27 de fevereiro de 2018

07:45 - Membros do Comando Vermelho são condenados por crimes em bancos de MT

Sexta, 23 de fevereiro de 2018

19:06 - Polícia Militar prende 7 suspeitos de roubo a banco

16:25 - Ladrões invadem agência do Itaú e levam R$ 10 mil e arma de vigilante - veja fotos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

08:50 - Bandidos arrombam Banco do Brasil e fogem com alarme disparado


// leia também

Segunda, 21 de maio de 2018

12:01 - Jovem é morto com tiros na cabeça e no peito

10:59 - Adolescente é morto a facadas pelo padrasto após discussão entre família

09:32 - Suspeito de alta periculosidade oferece R$ 100 mil para não ser preso

09:15 - Ofensa racista durante campeonato brasileiro vai parar na polícia

08:26 - Mulher é morta com várias facadas e corpo deixado em matagal

07:52 - Homem acusado de matar o filho é amarrado e preso

Domingo, 20 de maio de 2018

15:40 - Ex-funcionário é preso por roubar R$ 16 mil da casa de patrão

10:56 - Homem morre durante confronto com polícia

10:33 - Jovem é preso depois de tentar roubar viatura da Polícia Militar

10:01 - Homem é preso no flagra por furtar tesouras da Drogasil em Cuiabá


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 21/05/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 21/05/2018
D1f041d7a04ba04c4ffc9a628f06da54 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Projeto reconhece como família união entre pessoas independente do gênero




Logo_classifacil









Loja Virtual