Partidas da seleção pelas eliminatórias da Copa rendem R$ 70 milhões | Gazeta Digital

Quinta, 12 de outubro de 2017, 10h23

ESPORTE

Partidas da seleção pelas eliminatórias da Copa rendem R$ 70 milhões


Sucesso esportivo dentro de campo, a seleção brasileira também se consolidou como êxito comercial nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. Para alegria da CBF, acumulou uma receita bruta de R$ 70 milhões nas bilheterias nos nove jogos como mandante. Para alcançar esse valor expressivo, contou com a participação direta do torcedor do Sudeste, que pagou caro para ver a equipe, que recuperou a confiança dos fãs com a sequência de bons resultados com o técnico Tite.

Divulgação

O auge desse crescimento de arrecadação se deu na última partida do Brasil nas Eliminatórias, a vitória por 3 a 0 sobre o Chile, jogo que registrou renda de R$ 15.118.391,02 no estádio Allianz Parque, em São Paulo, a maior da história dos estádios brasileiros.

Os outros dois compromissos da seleção no Sudeste nas Eliminatórias ficaram entre três das quatro maiores rendas do País. Foi assim nas vitórias por 3 a 0 sobre a Argentina, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, com renda de R$ 12.726.250,00, e o maior público no classificatório (53.490), e o Paraguai, no estádio Itaquerão, em São Paulo, com arrecadação R$ 12.323.925,00.

Em comum entre todas essas partidas está o fato de elas terem sido disputadas no segundo turno das Eliminatórias, quando a seleção de Tite já havia recuperado o apoio até do torcedor mais exigente. Com isso, o maior clássico da América do Sul pôde ser, mais uma vez, disputado no Mineirão, enquanto tanto o jogo da classificação para a Copa como o que selou o fim da campanha foram realizados nos estádios de Corinthians e Palmeiras sem o temor de que a equipe recebesse vaias.

Isso representou uma mudança de direção da comissão técnica da seleção, antes dirigida por Dunga e agora sob o comando de Tite. Afinal, os cinco primeiros jogos do Brasil como mandante nas Eliminatórias foram realizados no Norte ou no Nordeste e os quatro restantes no Sudeste e no Sul, com preços mais elevados nos ingressos para arquibancadas, camarotes e áreas vip.

A partir disso, as receitas explodiram, apesar de a Arena Grêmio, em Porto Alegre, não ter lotado no jogo contra o Equador. Ainda assim, a renda foi de quase R$ 7,9 milhões, pouco mais de R$ 2 milhões maior que no duelo com maior arrecadação no Norte e no Nordeste - o confronto contra a Colômbia na Arena Amazônia, em Manaus (R$ 5.840.500,50).

Isso permitiu à seleção fechar os nove jogos como mandante com receita bruta de R$ 70.073.561,52, valor bem superior aos R$ 42,3 milhões auferidos pelo Palmeiras, o líder de renda no Brasileirão de 2016, nas 19 partidas em casa. ‘Só queria agradecer novamente o carinho do torcedor. A gente queria jogar em todos os polos do Brasil. Rio é exigente, São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas. O Nordeste é mais acolhedor‘, afirmou Tite após o triunfo do Brasil sobre o Chile, em São Paulo.

Os R$ 70 milhões arrecadados pela CBF não vão direto para os cofres da entidade, tanto que nos oito primeiro jogos em casa nas Eliminatórias as despesas foram de quase R$ 21 milhões - o borderô do confronto contra o Chile ainda não foi publicado. O restante, entre outras ações, ajuda a confederação a custear a estrutura da seleção.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 15 de dezembro de 2017

15:46 - Cuiabá anuncia lateral-direito revelado pelo Grêmio

15:28 - Copa do Brasil sorteio duelos e representantes de MT não terão dificuldades

15:05 - Copa do Brasil sorteia duelos e terá Madureira x São Paulo na primeira fase

Quinta, 14 de dezembro de 2017

18:30 - Lateral Reinaldo acerta renovação com o São Paulo até 2020

16:30 - Renato poupa Jael em treino e amplia mistério no Grêmio para a final

14:54 - STJD rejeita recurso e aumenta punição da Ponte Preta

14:40 - Nasce o quarto filho do goleiro Bruno

Domingo, 10 de dezembro de 2017

09:57 - Com uma vitória em 13 jogos, Borussia Dortmund demite técnico Peter Bosz

Terça, 05 de dezembro de 2017

14:52 - Presidente vê Corinthians perto de fechar com Renê Júnior e descarta Júnior Dutra

14:41 - Na Europa, Tite assistirá in loco a dois jogos do Manchester City nesta semana


// leia também

Domingo, 17 de dezembro de 2017

09:24 - Cristiano Ronaldo se diverte com comparação com Renato Gaúcho

09:13 - Palmeiras muda a tradição em 5 anos e passa a contratar goleiros

Sábado, 16 de dezembro de 2017

13:43 - Diretoria do Corinthians descarta utilizar Lucca e Jean na próxima temporada

11:33 - Teixeira disputará presidência do Conselho do Santos na segunda

09:48 - São Paulo acerta novo contrato com o volante Jucilei até 2021

08:40 - Del Nero nega irregularidades e desafia 'qualquer pessoa' a apresentar provas

08:29 - Williams confirma que vai anunciar substituto de Massa na F-1 apenas em janeiro

Sexta, 15 de dezembro de 2017

11:39 - Marco Polo Del Nero é suspenso pela Fifa por 90 dias

09:01 - Família Fittipaldi se torna esperança para o Brasil voltar ao grid da Fórmula 1

08:58 - PM do Rio de Janeiro confirma 16 detenções por tumultos no Maracanã


 veja mais
Cuiabá, Domingo, 17/12/2017
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Domingo, 17/12/2017
A8d779b2bd7ab2b00d41f7ea176ec574 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Quatro em cada dez crianças vivem abaixo da linha da pobreza no Brasil, segundo IBGE




Logo_classifacil









Loja Virtual