CNI aponta índice do medo do desemprego acima da média histórica | Gazeta Digital

Segunda, 09 de julho de 2018, 14h10

ECONOMIA

CNI aponta índice do medo do desemprego acima da média histórica


Agência Brasil

Poucas vezes nos últimos 22 anos os brasileiros ficaram tão preocupados com o emprego quanto agora, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Índice do Medo do Desemprego subiu para 67,9 pontos em junho, valor que está 4,2 pontos acima do registrado em março, e está entre os maiores da série histórica iniciada em 1996. Só em maio de 1999 e em junho de 2016, o indicador alcançou 67,9 pontos, informa a pesquisa divulgada hoje (9).

Agência Brasil

Segundo a CNI, o índice está 18,3 pontos acima da média histórica de 49,6 pontos. O indicador varia de zero a 100 pontos. Quanto maior o índice, maior o medo do desemprego.

De acordo com a pesquisa, o medo do desemprego cresceu mais para os homens e as pessoas com menor grau de instrução. Entre março e junho, o indicador subiu 5,6 pontos para os homens e 2,8 pontos para as mulheres. Para os brasileiros que têm até a quarta série do ensino fundamental, o índice subiu 10,4 pontos entre março e junho e alcançou 72,4 pontos. Entre os que tem educação superior, o índice subiu 0,6 ponto e passou de 59,9 para 60,5 pontos.

Satisfação com a vida

O levantamento mostra ainda que a satisfação com a vida também diminuiu. O índice de satisfação com a vida caiu para 64,8 pontos, o menor nível desde junho de 2016, quando alcançou 64,5 pontos. O indicador varia de zero a 100 pontos. Quanto menor o indicador, menor é a satisfação com a vida.

Conforme a pesquisa, a queda do índice de satisfação com a vida foi maior na Região Sul, onde o indicador caiu 5,3 pontos entre março e junho e ficou em 63,8 pontos. Nas demais regiões, a retração foi inferior a 2,3 pontos. Nos estados do Sul, o índice é menor do que o das demais regiões.

O levantamento ouviu 2 mil pessoas em 128 municípios entre os dias 21 e 24 de junho. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 06 de julho de 2018

10:24 - Indústria de petróleo do Rio teve perda de postos de trabalho em 2017

Sexta, 29 de junho de 2018

14:37 - Desemprego fica estável, mas informalidade cresce em maio

Terça, 29 de maio de 2018

08:33 - Desemprego cresce e chega a 13,4 milhões de pessoas desocupadas

Quinta, 17 de maio de 2018

09:15 - Falta trabalho para 27,7 milhões de pessoas, revela IBGE

Domingo, 29 de abril de 2018

14:00 - Procura por emprego demora quase um ano

Sexta, 27 de abril de 2018

11:02 - Construção demite 280 mil empregados em 1 ano, revela IBGE

09:17 - Desemprego sobe mais de 11% em 3 meses e atinge 13,7 milhões

Quinta, 29 de março de 2018

11:26 - Construção demite 280 mil empregados em 1 ano, diz IBGE

08:49 - Desemprego aumenta e atinge 13,1 milhões brasileiros, diz IBGE

Quarta, 07 de março de 2018

11:54 - Metade dos jovens brasileiros tem futuro ameaçado, alerta Banco Mundial


// leia também

Domingo, 15 de julho de 2018

08:51 - Tráfego deve manter expansão anual de 4,5% nos próximos 20 anos

08:40 - Dólar ficou R$ 0,13 mais caro e Bovespa saltou 6% durante a Copa

Sábado, 14 de julho de 2018

17:00 - Apesar de custo alto, procura por seguro para celular dispara no Brasil

11:37 - Após acordo, Incertezas sobre fusão com a Boing fazem ação da Embraer cair 4,62%

10:35 - Governo propõe salário mínimo de R$ 998 no Brasil em 2019

08:59 - Saldo da balança do agronegócio em junho é de US$ 8,17 bilhões

Sexta, 13 de julho de 2018

18:00 - Dólar cai para R$ 3,8497 e acumula queda de 0,43% na semana

17:32 - Mais um sindicato declara apoio ao empresário Kennedy Sales

17:31 - Brasileiro é o que mais se preocupa com perda de benefícios da aposentadoria

14:21 - Confiança do consumidor recuou 6,1% em junho, aponta SPC


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 16/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 16/07/2018
9f9f40805dad392c56e3de9c5f02d729 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Trabalhadores seguem sendo encontrados em situação similar à escravidão




Logo_classifacil









Loja Virtual