Prova de vida; o que você precisa saber para receber aposentadoria | Gazeta Digital

Domingo, 04 de março de 2018, 09h46

Economia

Prova de vida; o que você precisa saber para receber aposentadoria


R7

Os aposentados e pensionistas que não fizeram a prova de vida há mais de um ano tinham até dia 28 de fevereiro para regularizar a situação com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e não ter o benefício suspenso. Com o término do prazo, é preciso tomar outras medidas para reativas a aposentadoria.

Veja tudo o que você precisa saber sobre a prova de vida:

O que é?

A prova de vida é uma exigência do governo federal para que os aposentados e pensionistas recebam a aposentadoria. Ela é necessária para todos os brasileiros que recebem por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético.

Quando é realizada?

Normalmente as agências bancárias determinam as datas que são mais convenientes. É possível que seja realizada no mês do aniversário do beneficiário, no do aniversário da conta ou um mês antes do vencimento da última Comprovação de Vida realizada. A única exigência é que seja realizada uma vez por ano.

Como é a prova de vida?

O beneficiário deve ir até a agência bancária em que recebe a aposentadoria e apresentar um documento original com foto. Algumas agências também podem utilizar o cadastro biométrico para comprovar a vida dos aposentados.

Em casos de doenças ou dificuldade de locomoção, a prova de vida deve ser realizada por um procurador, previamente cadastrado no INSS. As informações para realizar o cadastro estão no site oficial do INSS.

Qual é o prazo?

Os beneficiários que não fizeram a prova de vida há mais de um ano foram convocados até dia 28 de fevereiro de 2018.

Perdi o prazo. E agora?

Não comprovar a vida para o INSS implica na suspensão do pagamento do benefício. Neste caso, o aposentado e pensionista deve ir até uma agência do INSS para regularizar a situação. Lá, ele vai precisar apresentar um documento com foto e solicitar a reativação da conta, bem como o pagamento reatroativo do período que a conta está suspensa.

Temer

O presidente Michel Temer é uma das pessoas que já teve o benefício suspenso por não realizar a prova de vida. Temer é aposentado desde os 55 anos como procurador do Estado de São Paulo e recebe do INSS R$ 20 mil mensais. Em fevereiro deste ano o presidente regularizou a situação e voltou a receber a aposentadoria, bem como o valor reatroativo dos meses em que o benefício estava suspenso.

 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 14 de agosto de 2018

08:50 - Aposentados começam a receber este mês 1º parcela do décimo terceiro

Segunda, 13 de agosto de 2018

09:53 - Segurados convocados têm até hoje para agendar perícia médica

Quarta, 20 de junho de 2018

08:59 - INSS - saiba quando é possível pedir a aposentadoria por idade

Segunda, 21 de maio de 2018

09:17 - Começa hoje mudança no pedido da aposentadoria por idade

Domingo, 20 de maio de 2018

08:41 - Pedido de aposentadoria será feito por internet ou telefone

Quarta, 16 de maio de 2018

09:14 - Saiba quem tem direito a receber 25% a mais na aposentadoria

Segunda, 14 de maio de 2018

09:25 - Só 3 em cada 10 brasileiros na 3ª idade conseguem guardar dinheiro

Quinta, 10 de maio de 2018

08:39 - Entenda como funciona a aposentadoria por trabalho perigoso

Segunda, 07 de maio de 2018

09:44 - Fraudes põem em risco aposentadoria de servidores de 200 municípios do País

Sábado, 21 de abril de 2018

08:58 - Entenda quando é possível fazer pedido de revisão da aposentadoria


// leia também

Segunda, 20 de agosto de 2018

18:30 - Juros fecham em alta com cautela sobre pesquisas da corrida presidencial

14:58 - Brasileiros com contas atrasadas deixam de pagar água e luz

14:42 - Economia mantém trajetória de recuperação lenta, diz FGV

11:58 - Brasil bate recorde no número de inadimplentes em julho

09:08 - Demissão negociada avança após a reforma trabalhista no Brasil - veja vídeo

Domingo, 19 de agosto de 2018

10:41 - Quase 5 milhões perderam a esperança de achar trabalho

10:34 - Decreto proíbe cobrança por cadeira de roda em viagem rodoviária

Sábado, 18 de agosto de 2018

14:11 - Arrecadação de ICMS sobe 12,7%

13:45 - Consumidores estão pessimistas com economia do país

13:30 - BNDES terá novo procedimento para análise de crédito


 veja mais
GDEnem

Cuiabá, Segunda, 20/08/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 20/08/2018
96849b9a8773fb1eb28c450d5250fcb2 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

O VLT quase não aparece nos planos de governo dos candidatos




Logo_classifacil









Loja Virtual