Tomate, batata e ovo estão caros; feijão baixou | Gazeta Digital

Quarta, 17 de maio de 2017, 10h13

Tomate, batata e ovo estão caros; feijão baixou

Keka Werneck, repórter do GD


Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) indica que, nas prateleiras dos supermercados do país, onde ficam alimentos e bebidas, houve baixa nos preços em 2017, de 0,82% até o mês de abril.

Mas com elevação de 0,34% em março para 0,58% em abril.

Alguns alimentos tiveram maior alta, como o tomate, batata e ovos e outros baixa de preços, como o óleo de soja, arroz e feijão.

Confira os preços e os benefícios destes alimentos.

Joao Vieira

Tomate

O preço do tomate foi o que mais subiu (+29,02%).

O quilo está custando cerca de R$ 4.

Benefícios

Tomates são antioxidantes. Contêm Vitamina C, vitamina A e beta-caroteno, além de boas quantidades de Manganês, vitamina E e potássio. Têm ainda licopeno, composto associado à redução de doenças cardíacas. Possui propriedades anti-inflamatórias e ainda ajuda na prevenção de doenças relacionadas com a idade. Sendo assim, é bom comer tomates contra ataques cardíacos, osteoporose, saúde dos olhos, contra diabetes e tem baixa caloria.

Batata-inglesa

Joao Vieira

Preço da batata-inglesa também subiu muito (+20,81%).

O quilo está custando em torno de R$ 3.

Benefícios

Consumidas em todas as partes do mundo, batatas podem ser encontrados em quase todas as refeições. Muito gostosa, é protagonista de diversas receitas. Mas um aviso: rica em amido e carboidratos, é calórica (80 calorias por 100 gramas). Contém água e fibra alimentar, vitamina-B, Vitamina C, Vitamina E e Vitamina K, Potássio e sais minerais como Cálcio, Ferro, Magnésio, Manganês e Zinco. Faz bem para pele e, se colocada encima da acne, pode ajudar a secá-la. Regula a pressão e dinamiza as funções cerebrais. É indicada também contra reumatismo, acalma os olhos e evita pedra nos rins.

João Vieira

Ovos

Preço dos ovos subiu (+4,03%).

A dúzia está saindo por R$ 4,98.

Benefícios

Ovo é rico em proteína e outros 13 nutrientes essenciais. Ácido fólico, Ferro, Zinco, Proteína, Fósforo, Manganês e Vitaminas do Complexo B. Estudos apontam que um ovo por dia ajuda a prevenir degeneração ocular e catarata com seus carotenóides, especialmente a luteína e zeaxantina. Regula o cérebro, sistema nervoso e sistema cardiovascular. Pesquisas atuais afirmam que o consumo moderado de ovos não tem impacto negativo sobre o colesterol. É um dos poucos alimentos que têm Vitamina D. Previne câncer de mama. Faz bem par ao cabelo e unhas porque tem elevado teor de enxofre e grande variedade de vitaminas e minerais. Dois por dia no máximo - é a indicação de nutricionistas.

Óleo de soja

João Vieira

O óleo de soja barateou (-4,17%).

Benefícios

É considerado mais saudável do que a maioria dos outros óleos vegetais, devido à sua boa variedade de ácidos graxos. Faz bem para saúde óssea, pele, cabelo e olhos. Também é antioxidante, porque contém Vitamina E, que reduz manchas, cicatrizes de acne, protege a pele contra queimaduras solares e estimulando o crescimento de novas células da pele para promover a cicatrização. O alerta vai no sentido de que é calórico e consumido em excesso pode levar à obesidade.

Arroz

O arroz está pouca coisa mais barato (-1,69%).

Benefícios

É rico em carboidrato que dá energia, proteínas, vitaminas e minerais essenciais ao organismo. Mas sozinho é fraco do ponto de vista nutricional, por isso deve ser associado ao feijão, carnes e leguminosas.

João Vieira

Feijão

Dois tipos de feijão estão com preços bem mais baixos.
O preço do preto caiu 8,29% e o do carioca 1,64%.

Benefícios

Feijão é uma das principais fontes de proteína da população brasileira. Tem fibra para baixar o colesterol, com isso ele evita que os níveis de açúcar no sangue subam muito rapidamente após uma refeição. Tem baixo teor de gordura e sódio. Previne câncer com a vitamina K, dinamiza o cérebro e o sistema nervoso, desintoxica das alergias, previne dor de cabeça e regula funação intestinal, aumentando o volume das fezes. Dá energia e é paixão nacional.

Gazeta Digital também está no Facebook, Twitter, YouTube e Instagram    



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sexta, 21 de julho de 2017

21:30 - Ministério investiga empresas aéreas por falta de assistência a passageiros

11:25 - Fiscalização encontra produtos vencidos em 2 supermercados no CPA

Quinta, 13 de julho de 2017

10:03 - Pai e filho são presos em Várzea Grande acusados de golpes no Dpvat

Terça, 11 de julho de 2017

16:02 - Cartão pré-pago para moradores de favelas é lançado no Rio de Janeiro

Quarta, 05 de julho de 2017

14:19 - Intenção de compra do consumidor cai para 38,6%

Sexta, 30 de junho de 2017

19:54 - Confira os postos não confiáveis de Cuiabá e VG

Quarta, 28 de junho de 2017

08:35 - Bayer é multada por vender remédio como se fosse 'bala'

Quinta, 22 de junho de 2017

11:06 - Polícia apreende produtos vencidos em supermercado de Cuiabá

Sábado, 17 de junho de 2017

09:07 - TJ mantém optometrista proibido de trabalhar

Domingo, 04 de junho de 2017

08:35 - Educador orienta a poupar 15% do salário


// leia também

Terça, 25 de julho de 2017

16:08 - Governo busca receitas com loteria para reverter corte no Orçamento

15:54 - CMN amplia renegociação de dívidas de produtores atingidos pela seca no Nordeste

11:33 - Sem reforma, INSS deixa de economizar R$ 18,6 bilhões

08:21 - Seis em cada dez já usaram aplicativos para fazer compras, afirma pesquisa

08:01 - Quase 5 milhões de trabalhadores ainda não sacaram o FGTS

Segunda, 24 de julho de 2017

23:00 - Saques de contas inativas do FGTS entram na última semana

22:30 - Ministro da Fazenda não descarta novos aumentos de impostos

21:00 - TV paga registra perda de 262 mil assinantes em 12 meses

20:00 - Aumento do etanol pode ser revisto, diz Henrique Meirelles

19:41 - Governo estuda plano de demissão voluntária para servidores federais


 veja mais
Cuiabá, Terça, 25/07/2017
 

GD Empregos

WhatsApp Twuitter
GDEnem

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 25/07/2017
D0ab83a68d9c5d64ce32d7f10e3cc4b2 anteriores

WhatsApp




Indicadores Econômicos

Indicadores Agropecuário

Mais Lidas Enquete

Quatro CPIs podem funcionar no Congresso após o recesso de julho.




waze

Logo_classifacil









Loja Virtual