Consumo de energia cresce 2,5% em março, diz ONS | Gazeta Digital

Quinta, 20 de abril de 2017, 14h49

Consumo de energia cresce 2,5% em março, diz ONS


Agência Brasil

A carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 2,5% em março em relação ao mesmo mês do ano passado. Em relação a fevereiro deste ano, no entanto, houve recuo de 1,2% no consumo de eletricidade. Os dados fazem parte do Boletim de Carga Mensal divulgado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

No acumulado dos últimos 12 meses, a carga de energia do SIN subiu 1,5% em relação ao período anterior.

De acordo com o ONS, o crescimento do consumo registrado em março reflete “a melhoria da confiança da indústria, que, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu em março o maior nível em quase três anos, apontando uma tendência de recuperação do setor”.

O ONS também destaca que o Índice de Confiança da Indústria (ICI) da FGV avançou 2,9 pontos em março de 2017, para 90,7 pontos, o maior nível desde maio de 2014.

“A melhora na confiança pode ser percebida na maioria dos setores das indústrias extrativa, de transformação e da construção. Ressalta-se que. em março/17, a balança comercial apresentou um superávit superior ao do mesmo período do ano anterior. Foi o melhor resultado para o mês desde o início da série histórica do governo, em 1989”, ressalta o ONS.

Subsistemas

Em março, o Subsistema Sul teve aumento de carga de 5,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior, “explicado pela ocorrência de elevadas temperaturas registradas principalmente em Porto Alegre e Florianópolis”, diz o boletim.

O crescimento da carga no Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que responde por cerca de 60% de toda a demanda energética do país, foi de 2,1% em março deste ano em relação ao mesmo mês de 2016. “Ressalta-se que a carga desse subsistema é fortemente influenciada pelo desempenho da indústria, cuja participação na carga industrial do SIN é de cerca de 60%”, destaca o ONS.

No Subsistema Norte, a carga de energia verificada em março subiu 3,4% em relação ao mesmo mês de 2016.

Já no Subsistema Nordeste, o crescimento da demanda de energia ao SIN em março foi de 0,3%. Neste caso, a variação bem menor é explicada, principalmente, pela ocorrência de temperaturas médias inferiores às ocorridas no mesmo mês do ano anterior, o que influenciou negativamente a demanda por energia elétrica na região.

No acumulado dos últimos 12 meses, o Nordeste apresentou uma variação positiva de 3,2%, em relação ao mesmo período anterior. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Terça, 23 de janeiro de 2018

16:15 - Aneel aprova reajuste preliminar em contas de luz de MT, MS, RS e SP

15:43 - Ex-secretário gastou US$ 7,7 mil de propina em lojas de grife de NY, diz MPF

14:06 - Confiança do empresário do comércio em janeiro sobe 15% comparado com 2017

13:53 - Privatização da Eletrobras chega ao Congresso em meio à batalha judicial

10:42 - Cármen suspende posse de Cristiane Brasil e expõe divisão jurídica no governo

10:41 - Brasil recebe mais investimento, mas cai em ranking

08:57 - Militar pesa 16 vezes mais que segurado do INSS

08:38 - Especialistas afirmam que rombo da Previdência foi 'manipulado' por reforma

Segunda, 22 de janeiro de 2018

21:30 - Meirelles avalia que visão de investidor sobre Brasil está mais positiva

20:00 - Taxas futuras de juros fecham de lado com espera por julgamento de Lula


 veja mais
Cuiabá, Terça, 23/01/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 23/01/2018
Ee7bba5599143b6808c910b7421e152b anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Na sua opinião, qual será o resultado do julgamento de Lula, no TRF-4, nesta quarta-feira?




Logo_classifacil









Loja Virtual