Quinta, 13 de abril de 2017, 11h23

Governo cancela quase 85 mil auxílios-doença e economiza R$ 1,6 bilhão


Estadao

O governo federal cancelou quase 85 mil auxílios-doença que vinham sendo pagos indevidamente, o que trouxe uma economia de R$ 1,6 bilhão aos cofres da União. O pente-fino nesses benefícios começou em julho do ano passado, após o governo identificar 1,7 milhão de pessoas que estavam recebendo o benefício por determinação judicial sem que tivessem passado por avaliação médica nos últimos dois anos.

Até agora, foram realizadas 87.517 perícias, o que resultou no cancelamento de 73.352 benefícios, 84% do total. O índice é bastante superior ao anunciado inicialmente pelo governo, que disse trabalhar com uma expectativa de reversão de 30% dos benefícios. Essa previsão, no entanto, poderia ser ‘facilmente seria superada‘ segundo os técnicos.

Além disso, foram cancelados outros 11.502 auxílios-doença devido à ausência dos convocados. O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) constatou que 1,7 milhão de pessoas estavam recebendo o benefício sem a devida avaliação médica. Na primeira etapa, foram chamados 530 mil beneficiários - praticamente metade já recebeu carta de convocação.

Os dados do MDSA mostram ainda que cerca de 9 mil benefícios foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 1.141 em auxílio-acidente, 415 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício e 3.614 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional.

A estimativa do governo federal é que a revisão de todos os benefícios concedidos por incapacidade gere uma economia anual de R$ 8 bilhões aos cofres da União. Depois do pente-fino nos auxílios-doença, a segunda etapa será a realização de perícias em aposentados por invalidez com menos de 60 anos e que estão há mais de dois anos sem avaliação médica.

‘O objetivo é colocar no devido lugar o gasto público. Há pessoas que deveriam ficar três meses com o auxílio, mas recebem há dois, três anos. Falta dinheiro para quem realmente precisa, sobrecarregando o sistema‘, explicou o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra.

‘Há casos curiosos sendo descobertos, como de mulheres que passaram a receber o benefício de auxílio-doença por causa de uma gestação de risco, mas que continuaram como beneficiárias por anos após o nascimento do bebê. Quem recebe o auxílio-doença indevidamente está lesando a poupança dos trabalhadores que pagam os benefícios‘, avaliou o secretário-executivo do MDSA, Alberto Beltrame.

Para dar conta da força-tarefa, o governo instituiu um bônus aos médicos peritos do INSS de R$ 60,00 por perícia realizada dentro do pente-fino. Para fazer jus ao valor, as avaliações devem ser realizadas além do horário dedicados às perícias periódicas do INSS. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 22 de abril de 2017

11:50 - Em entrevista, Temer descarta risco de perder mandato

11:47 - Na TV Espanhola, Temer elogia Moro

Quinta, 20 de abril de 2017

15:32 - Temer faz apelo contra imagem de que Brasil é 'paiseco'

Terça, 18 de abril de 2017

10:49 - Temer diz ter tido nome usado por muita gente para prática de equívocos

Segunda, 17 de abril de 2017

11:08 - Temer segue nas articulações para não atrasar calendário de reformas

Quarta, 12 de abril de 2017

16:36 - Governo avalia idade mínima de 50 anos para mulher e 55 para homem

Sexta, 07 de abril de 2017

15:59 - Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para o ano que vem

08:00 - Atuação de base na Câmara dos Deputados ameaça reformas de Michel Temer

Quarta, 05 de abril de 2017

11:07 - Temer assinará acordo de visto de estudantes da comunidade de língua portuguesa

Terça, 04 de abril de 2017

08:34 - Após 32 anos, teste de DNA comprova troca de bebês em Goiás


// leia também

Quarta, 26 de abril de 2017

18:55 - Indústria de máquinas fecha primeiro trimestre com menor resultado desde 1999

17:27 - Aeroviários e funcionários dos Correios aderem à greve de sexta-feira

17:20 - Mudanças na reforma da Previdência reduzem economia da proposta em R$ 189 bi

17:05 - Arrecadação de março é pior resultado para o mês desde 2010, diz Receita

14:41 - O que acontece se não declarar o Imposto de Renda 2017 - Confira

12:12 - Confaz aprova convênios que beneficiam Mato Grosso

10:29 - Dólar sobe e atinge R$ 3,18 com plano fiscal dos EUA e reformas de Temer no radar

08:07 - Entregar o Imposto de Renda com antecedência evita erro e chance de cair na malha fina

07:57 - Relatório do TCU indica favorecimento do BNDES à JBS

Terça, 25 de abril de 2017

17:08 - Pecuaristas iniciam no próximo dia 1º a vacinação de 30 milhões de animais


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 27/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quinta, 27/04/2017
32d16ba8179c555dc6f723de0bbcff0d anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Centrais sindicais marcam para a sexta-feira uma greve geral, com paralisação de serviços essenciais em todo o país. Na sua opinião:



Logo_classifacil









Loja Virtual