Sexta, 07 de abril de 2017, 15h59

ECONOMIA

Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para o ano que vem


R7
Divulgação

Como em 2016 houve contração de 3,6% do PIB, o salário mínimo será corrigido exclusivamente pela variação do IPCA de 2017

O governo propôs salário mínimo de R$ 979 para o próximo ano. O valor consta do projeto da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2018, apresentado nesta sexta-feira (7) pelos ministros anunciaram os ministros do Planejamento, Dyogo Oliveira, e da Fazenda, Henrique Meirelles.

Atualmente, o salário mínimo é R$ 937. De acordo com Oliveira, a equipe econômica seguiu a regra atual, que determina a correção do mínimo pela inflação do ano anterior pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) — soma dos bens e dos serviços produzidos no País — de dois anos anteriores.

Como em 2016 houve contração de 3,6% do PIB, o salário mínimo será corrigido exclusivamente pela variação do IPCA de 2017. Para chegar a estimativa, o governo considerou a estimativa de 4,48% para o IPCA que consta do boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

O projeto da LDO aumentou em R$ 50 bilhões, de R$ 79 bilhões para R$ 129 bilhões, a meta de déficit primário (resultado negativo nas contas do governo sem o pagamento dos juros da dívida pública) para 2018. De acordo com os ministros, a nova meta leva em conta a queda de arrecadação decorrente da recessão de 2015 e de 2016, que se manifesta nas receitas do governo com certo tempo de defasagem.

“Em 2018 ainda sofreremos um processo de atraso da resposta na receita. As empresas ainda estarão acumulando muitos créditos fiscais decorrentes de prejuízos anteriores. A recuperação da economia em 2018 não impacta imediatamente na arrecadação. Do lado das receitas ainda teremos em certa medida efeitos da recessão”, disse Oliveira.

De acordo com o ministro do Planejamento, mesmo com crescimento de 2,5% no PIB para o próximo ano, a arrecadação federal ainda vai demorar a recuperar-se. Segundo ele, a partir de 2019, o governo espera uma recomposição da receita, mas ainda sem voltar aos níveis de 2011, quando a receita era dois pontos percentuais do PIB acima do nível atual. 



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Sábado, 22 de abril de 2017

11:50 - Em entrevista, Temer descarta risco de perder mandato

11:47 - Na TV Espanhola, Temer elogia Moro

Quinta, 20 de abril de 2017

15:32 - Temer faz apelo contra imagem de que Brasil é 'paiseco'

Terça, 18 de abril de 2017

10:49 - Temer diz ter tido nome usado por muita gente para prática de equívocos

Segunda, 17 de abril de 2017

11:08 - Temer segue nas articulações para não atrasar calendário de reformas

Quinta, 13 de abril de 2017

11:23 - Governo cancela quase 85 mil auxílios-doença e economiza R$ 1,6 bilhão

Quarta, 12 de abril de 2017

16:36 - Governo avalia idade mínima de 50 anos para mulher e 55 para homem

Sexta, 07 de abril de 2017

08:00 - Atuação de base na Câmara dos Deputados ameaça reformas de Michel Temer

Quarta, 05 de abril de 2017

11:07 - Temer assinará acordo de visto de estudantes da comunidade de língua portuguesa

Terça, 04 de abril de 2017

08:34 - Após 32 anos, teste de DNA comprova troca de bebês em Goiás


// leia também

Quarta, 26 de abril de 2017

18:55 - Indústria de máquinas fecha primeiro trimestre com menor resultado desde 1999

17:27 - Aeroviários e funcionários dos Correios aderem à greve de sexta-feira

17:20 - Mudanças na reforma da Previdência reduzem economia da proposta em R$ 189 bi

17:05 - Arrecadação de março é pior resultado para o mês desde 2010, diz Receita

14:41 - O que acontece se não declarar o Imposto de Renda 2017 - Confira

12:12 - Confaz aprova convênios que beneficiam Mato Grosso

10:29 - Dólar sobe e atinge R$ 3,18 com plano fiscal dos EUA e reformas de Temer no radar

08:07 - Entregar o Imposto de Renda com antecedência evita erro e chance de cair na malha fina

07:57 - Relatório do TCU indica favorecimento do BNDES à JBS

Terça, 25 de abril de 2017

17:08 - Pecuaristas iniciam no próximo dia 1º a vacinação de 30 milhões de animais


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 27/04/2017
 

WhatsApp Twuitter
WhatsApp

Fogo Cruzado waze

titulo_jornal Quinta, 27/04/2017
32d16ba8179c555dc6f723de0bbcff0d anteriores




Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Centrais sindicais marcam para a sexta-feira uma greve geral, com paralisação de serviços essenciais em todo o país. Na sua opinião:



Logo_classifacil









Loja Virtual