Preocupações com o novo e o velho | Gazeta Digital

Quinta, 12 de julho de 2018, 00h00

Preocupações com o novo e o velho

da editoria


Mesmo que com muito atraso e bem lentamente, as obras do novo Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá avançam. Entretanto, antes dos pacientes, a unidade de saúde será usada exaustivamente por muitos políticos nas campanhas eleitorais que se aproximam. Todos os "pais", "tios", "sobrinhos" e "primos" desta obra vão aparecer e farão questão de enfatizar a importância da contribuição, algumas ainda nem efetivadas.

Imagem para programas de televisão ou folhetos, não importa. Que todos usem. O que a sociedade espera é que os eleitos em outubro assumam a responsabilidade de ajudar o Poder Executivo de Cuiabá a concluir a obra, que é extremamente importante para a sociedade e aguardada há anos.

A última previsão dada para inauguração é 8 de abril de 2019, quando Cuiabá completa 300 anos. Aí começam os problemas. Depois da Copa do Mundo de 2014 ficou um pouco difícil para cuiabanos e várzea-grandenses acreditarem em promessas para serem cumpridas em datas especiais. Toda a mobilidade prometida para a Copa, por exemplo, se resumia a muita terra e buracos nas duas maiores cidades de Mato Grosso por onde a comitiva dos times que jogaram na Arena Pantanal tiveram que passar. E, é claro, tem o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que não deixa as lembranças se apagarem.

Mas esta é apenas uma das questões que a sociedade está de olho. A outra, provavelmente, estará fora das campanhas políticas, ou se usada com promessas difíceis de serem cumpridas. Trata-se do uso do atual prédio do Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá, localizado no centro da cidade. Inaugurado há 36 anos, em 1982, nunca houve uma reforma geral. Os problemas são constantes. Não é raro, em época de chuva, teto de gesso caindo e molhando pacientes. Cantos com bolor, cheiro de mofo. As vistorias do Conselho Regional de Medicina sempre apontam o "caos", "cenário de guerra", mas só reformas paliativas são realizadas.

De toda forma, trata-se de um grande prédio, uma estrutura que não pode ser ignorada. A Secretaria de Estado de Saúde formou uma comissão para discutir uma destinação para a unidade. Já foi cogitada a instalação de um hospital infantil, mas é apenas uma ideia. A comissão é nova.

Na sociedade há o temor de acontecer o mesmo que ocorreu com a inauguração da Unidade de Pronto Atendimento do Pascoal Ramos e que já foi anunciado que vai ocorrer no Verdão. Com a abertura das UPAs, as policlínicas ao lado foram fechadas. E aí vem a pergunta: mas o papel da UPA não é diferente da policlínica?

Então, o medo é que quando a nova unidade começar a funcionar, a atual seja abandonada.

E pior, a população questiona se a nova unidade dará conta da demanda, já prevendo o aumento populacional dos próximos anos. Não é possível que em poucos anos pacientes comecem a ocupar macas nos corredores. Ou pior, que macas já sejam colocadas pois, com espaço maior e capacidade ampla, talvez revele-se uma demanda reprimida.

Cuiabá foi e continuará sendo referência na saúde para muitas pessoas no interior do Estado. Afinal, se na Capital a saúde já é complicada, imaginem nas cidades mais distantes. Pode-se dizer que em muitas cidades não existe caos, porque não existe saúde.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// leia também

Quarta, 18 de julho de 2018

09:16 - Dia do NÃO

00:00 - Adão sob pressão

00:00 - Uma agenda para os advogados

00:00 - Monstro da inadimplência

00:00 - Crianças podem desenvolver TOC

00:00 - Compliance na agricultura

Terça, 17 de julho de 2018

11:59 - Cuidados na compra de imóveis na planta

09:00 - Crescimento das mamas em homens pode ser tratado sem cirurgia

00:00 - País sem infraestrutura para a 5G

00:00 - Voto consciente


 ver todas as notícias
Cuiabá, Quarta, 18/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 18/07/2018
93ae6ae9690a2b7358a5399642de1263 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Qual sua opinião sobre o recesso dos parlamentares no mês de julho?




Logo_classifacil









Loja Virtual