Não existe juiz na política, diz Nilson Leitão ao rebater Selma Arruda | Gazeta Digital

Quinta, 12 de julho de 2018, 16h50

Não existe juiz na política, diz Nilson Leitão ao rebater Selma Arruda

Celly Silva e Pablo Rodrigo, repórteres do GD


Diante de restrições que a pré-candidata ao Senado, a juíza aposentada Selma Arruda (PSL), vem apresentando nas conversas para formação de chapa, como não se aliar a investigados ou processados por corrupção, o também pré-candidato ao Senado, deputado federal Nilson Leitão (PSDB), disse que “não existe juiz na política, existe político na política”, defendendo que a magistrada assuma postura de política.

Otmar de Oliveira

Deputado Nilson Leitão

“Ela agora é política, ela não é mais juíza. Como juíza, ela julga, na política, você não pode ficar julgando muito. Você tem que fazer política, conviver com os diferentes, compreender que tem uma regra pra ser candidato e todos os candidatos que passarem por essa regra não podem mais ser julgados por qualquer um que seja”, disse ao Gazeta Digital nesta quinta-feira (12).

Leia também - Galli pede que Selma Arruda não 'radicalize' restrições a políticos

Leitão ponderou que Selma é livre para ter suas convicções, mas também apontou seu direito em criticar. “A opinião dela em relação a comportamento e a caráter é um direito que ela tem, assim como eu tenho o direito de criticar quem eu quiser, se eu não concordar com aquele comportamento. O que não pode fazer é pré-julgamento”, cutucou, apontando que a postura da pré-candidata pode prejudicá-la na política.

Aliança

Questionado se não teria o receio de perder espaço para Selma Arruda, caso ela aceite o convite do governador Pedro Taques (PSDB) para compor uma aliança, já que ambos concorrem à mesma vaga, ou seja, uma cadeira no Senado, Nilson Leitão se mostrou pouco preocupado com a popularidade adquirida pela juíza aposentada, quando atuava no combate à corrupção.

Chico Ferreira

Juíza Selma Arruda

Leia também - Selma descarta aliança com PR e ameaça retirar candidatura ao Senado

“Não tenho veto a nenhum nome. Quem não tem competência não se estabelece. Eu sou candidato a senador pela minha história, pelos meus serviços prestados, pelo que eu já consegui ocupar de espaço no Congresso Nacional e hoje sou líder de uma bancada nacional que tem candidatura a presidente da República importante. E acho que só consigo me candidatar a alguma coisa em 2018 com a história do meu trabalho, do meu serviço prestado”, afirmou.

Confiante, o tucano asseverou que não tem que provar o que vai fazer, pois segundo ele, o mais importante é ser eleito. “Já fiz e vou continuar fazendo. E qualquer um pode compor essa chapa, eu não tenho nenhum problema em relação a isso. Eu não tenho que ser o principal ou o menos principal, eu tenho que ser o mais votado, apenas isso”.  

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 17 de julho de 2018

16:20 - Taques diz que ex-aliados já o conheciam e terão que explicar rompimento

13:55 - Zé do Pátio assume coordenação da campanha de Pedro Taques

10:00 - MDB fecha com Mauro e 'culpa' Wellington Fagundes por mudança de palanque

09:16 - Ninguém consegue enganar tanta gente por muito tempo, diz Pivetta sobre governador

07:40 - Lucimar critica Pedro Taques e cita promessas não cumpridas

07:31 - Assembleia quer mais dinheiro e deixa LDO para depois do recesso

Segunda, 16 de julho de 2018

19:26 - Juiz manda Taques retirar publicidade em seu Instagram em 3 dias

13:30 - Tem que fechar a Assembleia, dispara Botelho sobre vedações eleitorais

10:32 - Silval escolhe Pedro Taques como alvo principal

07:04 - Antero assume a 10ª disputa para eleger Mauro Mendes e Jayme Campos


// leia também

Terça, 17 de julho de 2018

07:15 - Ninguém bate em cachorro morto, rebate Taques contra denúncias

Segunda, 16 de julho de 2018

17:27 - Prefeito assume Saúde para dar 'choque de gestão' e nomeia adjunto

13:12 - Dnit entrega anteprojeto de obra do Rodoanel e assegura R$ 500 milhões

12:41 - Emanuel Pinheiro anuncia Júnior Leite na Secretaria de Comunicação

10:03 - Preso há dois meses, Mauro Savi recebe salários como deputado

09:21 - Maia promete votação do projeto que altera a Lei Kandir

Domingo, 15 de julho de 2018

11:57 - Financiamento de campanhas será com dinheiro público

11:01 - Justiça manda governador Pedro Taques explicar gastos em reuniões com servidores

Sábado, 14 de julho de 2018

11:49 - Adilton Sachetti insiste em aliança com Mauro Mendes

Sexta, 13 de julho de 2018

17:08 - Taques terá que explicar sobre dinheiro usado para eventos com comissionados


 veja mais
Cuiabá, Terça, 17/07/2018
 

Facebook Instagram

Fogo Cruzado
titulo_jornal Terça, 17/07/2018
B3fcf61667c84b61119bf5837cdaaf38 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

A apreensão de material do jogo do bicho e a liberdade de Arcanjo têm alguma ligação?




Logo_classifacil









Loja Virtual