Emanuel Pinheiro quer senador da baixada e diz que apoia Jayme Campos | Gazeta Digital

Quinta, 14 de junho de 2018, 09h45

independente de coligação

Emanuel Pinheiro quer senador da baixada e diz que apoia Jayme Campos

Karine Miranda, repórter do GD


O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que, independentemente da composição partidária, vai apoiar o nome do ex-senador Jayme Campos (DEM) na disputa por uma vaga ao Senado nas eleições deste ano. Segundo ele, é preciso que a baixada cuiabana tenha um candidato que a represente no Senado.

Otmar de Oliveira

Emanuel diz que do DEM só apoia Jayme

Jayme foi lançado para a disputa ao Senado na última segunda-feira (11), após uma pesquisa interna que o teria apontado com boas chances de vencer a disputa. Além dele, também foi lançado o nome do ex-prefeito da Capital, Mauro Mendes (DEM), na disputa ao Governo do Estado.

Leia mais - Mauro Mendes será candidato ao governo e Jayme ao Senado pelo DEM

De acordo Emanuel Pinheiro, é importante que a coligação em torno do nome do senador Wellington Fagundes (PR) ao governo comtemple um candidato ao Senado que seja da baixada cuiabana, em razão de sua representatividade. Além do Senado, a expectativa dele é que o vice-governador também seja da baixada.

“Está um clima de muita harmonia na construção da candidatura do senador Wellington Fagundes. Eu mesmo defendo que a capital indique o vice e que ele seja da baixada cuiabana e que uma vaga do Senado também seja da baixada cuiabana”, disse Emanuel.

“Todos os nomes são bem vistos e de peso, mas caso Jayme Campos saia candidato a senador, independentemente da coligação, eu, Emanuel Pinheiro, vou discutir com a coligação a possibilidade de apoiá-lo, porque me dou por contemplado na baixada cuiabana”, completou.

Ainda segundo Emanuel, Jayme tem condições de contribuir para o crescimento da Capital e região. Porém, o seu apoio ao DEM se resumiria apenas a Jayme, uma vez que a coligação possui outros nomes importantes que podem ocupar a segunda vaga ao Senado.

“A coligação tem vários nomes. Inclusive, outros podem surgir. São nomes de peso e que podem fechar. São duas vagas ao Senado. O Juarez [Costa] é um nome de peso do norte do Estado na composição para a vaga do Senado”, exemplificou.

Questionado sobre quem deverá ser a indicação do vice que represente a baixada, Emanuel foi categórico em dizer que não será a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, cujo nome foi aventado nos bastidores. Ele explicou ainda que a indicação é uma vontade particular e que ainda não houve essa garantia de que a indicação seja do MDB.

“Não há nenhum compromisso nesse sentido. São posicionamentos das lideranças. Depois vamos sentar à mesa e discutir dentro de uma agenda positiva para o Estado”, encerrou. 

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Domingo, 24 de junho de 2018

17:02 - Mauro Mendes sinaliza que respaldo popular está viabilizando sua candidatura

15:25 - Taques reúne 7 partidos e manda recado aos rivais

14:45 - Petistas de MT lançam candidatura de Lula

09:00 - Taques tenta reaproximação e oferece vaga de vice ao PSD

08:30 - Deputado alerta que candidatos devem estar dispostos a ter vida vasculhada

07:30 - Rui Prado defende parlamentarismo no Brasil para evitar 'traumas políticos'

Sábado, 23 de junho de 2018

08:15 - Ninguém quer ver bate boca de lavadeira, diz Jayme Campos

08:00 - Taques vê complô entre Mendes e Fagundes e não aceitará ser 'esculhambado'

Sexta, 22 de junho de 2018

13:15 - PSB quer eleger 2 deputados e busca aliança com grupo de Pedro Taques

07:25 - Pedro Taques se prepara para receber verba do PSDB e iniciar campanha


// leia também

Segunda, 25 de junho de 2018

07:12 - Pré-candidato à presidência, Henrique Meirelles se reúne com lideranças em Cuiabá

07:06 - Siglas miram em chapa majoritária nas eleições de 2018

Domingo, 24 de junho de 2018

09:30 - Wilson Santos apresenta cronograma para votação da LDO na Assembleia

Sábado, 23 de junho de 2018

08:30 - Emanuel sanciona lei que o autoriza fazer empréstimo de R$ 51 milhões

Sexta, 22 de junho de 2018

10:15 - Guerra de CPIs na Câmara pode atingir a campanha de Mauro Mendes

Quinta, 21 de junho de 2018

17:09 - Por falta de documento, vereador devolve LDO à prefeitura de Cuiabá

16:20 - Câmara cria 2ª CPI para investigar 'caixa preta' dos hospitais filantrópicos

15:23 - Vereador de Cuiabá cria CPI para investigar obras 'fantasmas' de escolas

15:10 - Governo não desistirá de licitação de R$ 202 milhões para construir pontes

13:30 - Taques diz ser favorável à restrição de foro a governadores


 veja mais
Cuiabá, Segunda, 25/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Segunda, 25/06/2018
Afeda58f8fad104f8a7e7e0d17408684 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Transsexualidade deixa de ser considerada uma doença mental




Logo_classifacil









Loja Virtual