PM é acionada para expulsar vereador de secretaria em Cuiabá - veja vídeo | Gazeta Digital

Quinta, 07 de junho de 2018, 13h35

durante fiscalização

PM é acionada para expulsar vereador de secretaria em Cuiabá - veja vídeo

Pablo Rodrigo, repórter do GD


Marcus Vaillant

Vereador Abílio Brunini

Atualizada às 14h11 - O vereador Abílio Brunini Junior (PSC) denunciou nesta quinta-feira (7), uma tentativa de "obstrução de fiscalização" na Secretaria municipal de Saúde de Cuiabá. O parlamentar gravou um vídeo na tarde desta quarta-feira (6), onde policiais militares aparecem dentro da secretaria informando que foram atender uma ocorrência.

"Estou aqui aguardando o jurídico da secretaria de Saúde de Cuiabá e alguém chamou a polícia pra mim na secretaria durante uma fiscalização", diz o vereador.

Nas imagens, os 2 militares informam que foram acionados para atender uma ocorrência na secretária porque haveria um problema com um vereador.

Abílio Junior afirma que estava buscando informações para averiguar uma denúncia que recebeu, sobre um levantamento que estaria ocorrendo sobre as indicações políticas que estaria ocorrendo na Pasta.

Na gravação, Abílio ainda solicita que uma funcionária acesse a Lei Orgânica do Município para ler o artigo que permite os vereadores de "Fiscalizar e controlar os atos do Poder Executivo, incluindo os da Administração indireta, sendo garantido, inclusive, livre acesso e trânsito aos vereadores, durante o horário de expediente, em todos os órgãos ou repartições do Município, podendo diligenciar-se pessoalmente junto aos responsáveis no momento da diligência para fiscalizar, coletar ou copiar no local ou em outro que vier a ser autorizado pela autoridade administrativa competente informações ou documentos de interesse público".

O vereador alega que ficou quase 4 horas na Pasta para buscar as informações. Porém, afirma que após a saída da Oolícia o secretário-adjunto da Pasta proibiu que o vereador tivesse acesso a documentos e o expulsou.

Os vídeos foram mostrados aos demais parlamentares na sessão de hoje. O presidente da Câmara, vereador Justino Malheiros (PV), disse que o assunto será tratado no Colégio de Líderes, convocada para a próxima segunda (11). 

Confira nota divulgada pela Secretaria de Saúde:

Vereadores são pessoas eleitas pelo povo e, por meio da legitimidade do voto, tem suas funções e atribuições. Em visita realizada nesta quarta-feira, 06, à Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá, o vereador Abílio citou um artigo da Lei Orgânica do Município para justificar sua presença no local, a fim de fiscalizar o exercício de atividades do poder público.

O vereador foi convidado a comparecer ao gabinete do Secretário Municipal de Saúde, que se prontificou a recebê-lo prontamente e disponibilizar as informações que ele requeria, mas o convite não foi atendido. Ele foi recebido na sala de Recursos Humanos da Secretaria pelo responsável pela assessoria jurídica e o responsável do RH, que responderam suas dúvidas.

O vereador solicitou documentos da Secretaria, aos quais ele tem todo o direito de ter acesso desde que tenha autorização da autoridade local, de acordo com a Lei Orgânica. Mas neste caso, como não atendeu ao convite do Secretário, que estava à sua espera, os documentos não foram disponibilizados.

Em relação à presença dos policiais, a Secretaria Municipal de Saúde informa que não tem conhecimento sobre a pessoa que fez o chamado à polícia e que, pelo nome que foi informado, a pessoa não é servidora da Secretaria.

 

          

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Terça, 19 de junho de 2018

19:52 - Wellaton volta ser o alvo na Casa dos Horrores

Segunda, 18 de junho de 2018

07:15 - Emanuel quer base unida para eleição da Mesa Diretora na Câmara

Quinta, 14 de junho de 2018

11:24 - TJ mantém suspensa reeleição sucessiva para presidência da Câmara

Terça, 12 de junho de 2018

16:47 - Câmara autoriza Prefeitura emprestar R$ 51 milhões para construir viadutos

16:22 - Defaz investiga 'devolução' de verba indenizatória após denúncia contra Wellaton

Segunda, 11 de junho de 2018

18:40 - Ex-assessor de vereador revela mais um escândalo

17:43 - Vereador cogita pedir CPI da Saúde em Cuiabá

Segunda, 04 de junho de 2018

20:00 - Vereadores são suspeitos de exigir VI de suplentes

Quarta, 23 de maio de 2018

11:12 - Misael busca apoio para derrotar Justino na Câmara

Sexta, 18 de maio de 2018

16:57 - Diego reage contra suplente que quer sua vaga


// leia também

Terça, 19 de junho de 2018

17:09 - Wellington diz que não veta ninguém para secretariado e que 'sabe perdoar'

17:00 - Taques diz que ex-aliados queriam fazer dele um fantoche

13:00 - Mauro Mendes e Otaviano Pivetta terão Antero como marqueteiro em 2018

09:45 - Taques diz que Mauro Mendes não tem moral e 'comunga' com roubalheira

09:06 - Governador afirma que equipamentos do Pronto Socorro já estão sendo negociados

06:55 - Parecer do TCE é pela aprovação das contas de Pedro Taques

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado

16:20 - Taques diz que vai cancelar escolta de Selma, mas nega ilegalidade

15:43 - CPI da Saúde terá vereadores da base do prefeito como relator e membro

13:30 - Selma Arruda ganha escolta de empresa de segurança privada


 veja mais
Cuiabá, Quarta, 20/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quarta, 20/06/2018
845f3eba647f5498546cb197c3e58484 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Por que a vacinação de crianças no país atingiu o índice mais baixo em 16 anos?




Logo_classifacil









Loja Virtual