Deputado pede vista e adia votação para criar Fundo de Estabilização | Gazeta Digital

Quarta, 06 de junho de 2018, 19h36

Deputado pede vista e adia votação para criar Fundo de Estabilização

Karine Miranda, repórter do GD


Otmar de Oliveira

Deputado pede vista e adia votação do fundo

A votação do projeto que cria o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF), elaborado pelo governo do Estado, foi adiada após ser colocado para análise dos deputados estaduais em sessão plenária nesta quarta-feira (6). O adiamento ocorreu após o pedido de vista do deputado estadual Allan Kardec (PDT).

O projeto cria o fundo a fim de alavancar a arrecadação de recursos para o Tesouro Estadual por meio da contribuição de diversos setores da economia.  A expectativa é de que o governo estadual consiga arrecadar R$ 183,7 milhões, que serão destinados exclusivamente à saúde.

Leia mais - Projeto que cria Fundo Emergencial chega na AL - veja quem terá que contribuir

De acordo com o deputado Allan Kardec, o pedido se dá em razão de dúvidas quanto às empresas que devem contribuir com a arrecadação e a aplicabilidade dos recursos arrecadados, uma vez que não há descritos os setores da saúde que devem receber os valores.

“Será que mais um fundo, mais uma tributação em cima do setor produtivo, atacadista, lojista vai conseguir ampliar essa arrecadação? Vai impulsionar ou reduzir a produção? Acabamos de sair de uma crise relacionada à greve dos caminhoneiros. Então, peço vista do projeto para melhor análise, inclusive, sobre a aplicabilidade do recurso”, disse.

O deputado Oscar Bezerra (PV) aproveitou para apresentar uma emenda ao projeto no que diz respeito à contribuição dos atacadistas. “Nós já debatemos esse tema, então só estou formalizando”, justificou. O pedido de vista foi acatado pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), que concedeu 5 dias para a vista.

Após a concessão da vista, o deputado Wilson Santos (PSDB), líder do governo na AL, informou que a demora na aprovação do projeto vai impactar na arrecadação dos recursos e fez um apelo para que a votação não passe da próxima semana.

“Estamos perdendo aproximadamente R$ 15 milhões, pois o projeto estabelece a cobrança a partir de 1º de junho, o que não é mais possível. Se nós atrasarmos mais, vamos impor aos hospitais filantrópicos e sistemas de saúde do Estado outra perda de mais R$ 15 milhões”, disse.

Ele propôs ainda que uma reunião seja realizada na próxima terça-feira (19) para discutir novamente o projeto e colocá-lo definitivamente para votação. Para aprovação do projeto, é necessário o voto da maioria em duas votações.

Gazeta Digital também está no Facebook, YouTube e Instagram   



Aguarde! Carregando comentários ...


// matérias relacionadas

Quinta, 14 de junho de 2018

15:35 - Deputados aprovam criação do fundo fiscal para arrecadar R$ 183 milhões

12:21 - Deputados aprovam Fábio Calmon para presidência da Ager

09:10 - AL pediu investigação em estacionamento milionário

Terça, 12 de junho de 2018

17:53 - Estacionamento da AL foi superfaturado em R$ 16 mi

Quinta, 07 de junho de 2018

17:58 - Botelho admite boicote e Taques vence na canseira

16:08 - Ex-petista surpreende ao virar apoiador de Taques

14:58 - Atraso para aprovar contas de Taques foi pressão por emendas, admite Botelho

Quarta, 06 de junho de 2018

20:17 - Contas de Taques são aprovadas na AL; apenas 2 votam contra

15:40 - Contas do governo e criação de fundo serão votadas hoje na Assembleia

14:10 - Dois servidores perdem estabilidade na Assembleia Legislativa


// leia também

Quinta, 21 de junho de 2018

10:32 - Bancada do PSD vai ao Palácio, desconversa sobre eleições e trata sobre FEEF

09:35 - Até pouco tempo atrás me queriam como vice ou candidato ao senado, ironiza Mauro Mendes

08:38 - PF prende marido de prefeita e cumpre mandados contra secretários - veja vídeos

07:21 - Botelho promete cortar salários de quem faltar sessões na Assembleia Legislativa

07:00 - DEM estabelece prazo até dia 30 para oficializar candidaturas - veja vídeo

Quarta, 20 de junho de 2018

18:15 - Projeto quer diminuir número de vereadores na Câmara de Várzea Grande

17:00 - Taques debocha de Silval Barbosa ao apontar 'avião símbolo de quadrilha'

16:38 - Medeiros aciona Ministério Público para barrar cobrança de pedágio na BR-163

07:15 - Wellington Fagundes critica Taques e diz que ele só continuou programas de Silval

Terça, 19 de junho de 2018

17:09 - Wellington diz que não veta ninguém para secretariado e que 'sabe perdoar'


 veja mais
Cuiabá, Quinta, 21/06/2018
 

Facebook Instagram


Fogo Cruzado
titulo_jornal Quinta, 21/06/2018
993364e9a9f5ce444d02868cc0a18565 anteriores



Indicadores Econômicos

Mais Lidas Enquete

Deputados que faltarem às sessões terão o salário cortado




Logo_classifacil









Loja Virtual